Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10365
Title in Portuguese: Introdução da abelha coletora de óleo (Centris analis) para polinização e aumento de produtividade de cultivos comerciais de acerola (Malpighia emarginata D.C.)
Author: Magalhães, Celso Braga
Advisor(s): Freitas, Breno Magalhães
Keywords: Abelha
Polinização por inseto
Produtividade agrícola
Issue Date: 2012
Citation: MAGALHÃES, C. B.; FREITAS, B. M. (2012)
Abstract in Portuguese: Objetivou-se com este trabalho conhecer a diversidade e freqüência das abelhas visitantes florais em dois núcleos de cultivo orgânico de acerola (Malpighia emarginata D.C.) e estudar o efeito da introdução de ninhos povoados da abelha coletora de óleo, Centris (Heterocentris) analis Fabricius, na produtividade desta cultura. A pesquisa foi realizada de agosto a outubro de 2010, em Ubajara, Ceará, Brasil. A metodologia constou do monitoramento, coleta e identificação dos visitantes florais em dois núcleos com quatro variedades de acerola sem e com a introdução de 242 ninhos povoados por C. analis, estimativa da diversidade, freqüência, equabilidade e análise da produção de frutos entre os núcleos. As abelhas foram contadas e coletadas com rede entomológica em transectos entre as fileiras dos plantios. Para estimar a diversidade de espécies de abelhas visitantes das flores da acerola, utilizou-se o índice de Shannon-Weaner (H’), a frequência foi determinada pela quantidade de cada espécie de abelha presente ao longo do dia e a equabilidade pelo índice de Pielou (J’). Oito espécies de abelhas foram coletadas visitando as flores da acerola, quatro comuns aos dois núcleos (Apis mellifera, C. (Centris) aenea, C.(Centris) flavifrons e Trigona spinipes) e quatro exclusivamente no núcleo onde foram introduzidas as abelhas (C. analis, C. (Trachina) fuscata, C. (Ptilotops) sponsa e Xylocopa cearensis). As abelhas do gênero Centris foram os visitantes florais mais frequentes e representaram 64% no núcleo com introdução dos ninhos povoados e 11% no núcleo sem introdução, estando presentes nos pomares das 6:00 as 15:00h, mas em grandes quantidades somente até as 9:00h. As demais espécies de abelhas, além de estarem presentes em pequenos números só visitavam as flores entre 6:00 e 9:00h. Os índices de diversidade e equabilidade diferiram entre os núcleos (p<0,05), tendo o núcleo com abelhas apresentado valores significativamente maiores (1,85 e 0,89, respectivamente) do que o núcleo onde não foram introduzidos abelhas (0,92 e 0,66, respectivamente). Durante os três meses de experimento, a quantidade de ninhos povoados por C. analis aumentou 38%, chegando a outubro com 391ninhos. No que se refere à produção, houve aumentos significativos (p<0,05) na produção de frutos tanto por área, quanto por variedade e por planta no núcleo que recebeu os ninhos de C. analis em relação aquele sem a introdução de abelhas. Concluiu-se ser possível usar cultivos de acerola para multiplicar populações de C. analis para uso na polinização; aumentar a quantidade de abelhas C. analis e reduzir déficits de polinização em pomares de acerola por meio da introdução de ninhos povoados; e que a introdução destes ninhos de C. analis para polinização em áreas de cultivo comercial da acerola pode proporcionar ganhos reais de produção.
Description: MAGALHÃES, C. B. Introdução da abelha coletora de óleo (Centris analis) para polinização e aumento de produtividade de cultivos comerciais de acerola (Malpighia emarginata D.C.). 2012. 64 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10365
Appears in Collections:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_dis_cbmagalhaes.pdf850,18 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.