Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10478
Title in Portuguese: Responsabilidade e heurística do temor: acerca da ética de Hans Jonas
Title: Responsibility and Heuristics of fear: about Hans Jonas ethics
Author: Fortes, Esmelinda Silva
Advisor(s): Aguiar, Odílio Alves
Keywords: Ethics
Responsibility
Jonas, Hans, 1903-1993 - Crítica e interpretação
Bioética
Biotecnologia – Aspectos morais e éticos
Issue Date: 2014
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: FORTES, Esmelinda Silva. Responsabilidade e heurística do temor: acerca da ética de Hans Jonas. 2014. 81 f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Fortaleza (CE), 2014.
Abstract in Portuguese: Assumimos como objeto de trabalho a proposta de uma nova teoria ética elaborada pelo filósofo alemão Hans Jonas(1903-1993). Preocupado com o rumo catastrófico que a civilização tecno-científica parece estar tomando, Jonas em seu Principio Responsabilidade (1979) desvela os problemas engendrados pelo uso desmedido da técnica. Desta forma, tal obra se revela aqui como reflexão fundamental para o desenvolvimento deste trabalho. No primeiro momento, nos deteremos a abordar a questão da técnica imbricada à sociedade tecnológica, passando pela figura alegórica do Prometeu desacorrentado, percorremos as implicações do programa baconiano de dominação da natureza assumido na era moderna, retornando à influência do estoicismo, até uma reformulação do imperativo kantiano, dada as modificações pelas quais a ética contemporânea é submetida. No segundo momento, a questão da ontologia da vida evidencia a necessidade do reconhecimento do valor intrínseco do ser orgânico, pensando uma ética para além do antropocentrismo; ao reconhecer o homem não só como agente modificador da natureza, mas também, como objeto de sua própria invenção, refletir até que ponto o homem da sociedade tecnológica ainda mantém sua essência humana. Por fim, o terceiro momento abriga a heurística do temor assumida como método, pensando a responsabilidade como um princípio político, ético e coletivo, mas sobretudo, um compromisso para com as gerações futuras.
Abstract: We assume, as object of work, a new proposal ethical theory developed by the German philosopher Hans Jonas(1903-1993). Concerned about the catastrophic direction that techno-scientific civilization seems to be taking Jonas in his Principle Responsibility (1979) unveils the problems engendered by excessive use of the technique. Thus, this work reveals itself as crucial to the development of this work reflection. At first, we will consider in addressing the issue of imbricated technique technological society, through the allegorical figure of Prometheus unchained, traveled the implications of baconian program assumed domination of nature in the modern era, returning to the influence of estocisimo, to a reformulation of Kantinian impertive given the changes for which contemporary ethics is submitted. On the second point, the question of life ontology highlights the need to recognize the intrinsic value of being organic, ethical thinking beyond anthropocentrism; to recognize the man not only as modifier of nature, but also as an object of their own involvement, reflecting the extent to which the man of the technological society still retains his human essence. Finally, the third phase houses the heuristic method assumed as fear, thinking the responsibility as a political, ethical and collective principle, but above all, a commitment to future generations
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10478
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGFILO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_dis_esfortes.pdf1,03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.