Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10530
Title in Portuguese: Avaliação da prática de enfermagem no processo de administração de medicamento intravenoso na pediatria
Title: Nursing practice assessment in the process of pediatrics intravenous drug administration
Author: Matias, Erica Oliveira
Advisor(s): Lima, Francisca Elisângela Teixeira
Keywords: Cuidados de Enfermagem
Segurança do Paciente
Issue Date: 2015
Citation: MATIAS, E. O. Avaliação da prática de enfermagem no processo de administração de medicamento intravenoso na pediatria. 2015. 100 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
Abstract in Portuguese: O processo de administração de medicamento por via intravenosa (IV), uma das atividades mais importante da equipe de Enfermagem, possui alta incidência na assistência à criança em situação de urgência e emergência. Tal processo é considerado de alta complexidade e, quando não planejado, controlado e monitorado por meio de indicadores, fica exposto à imprevisibilidade de seus resultados, interferindo na qualidade da assistência. Objetivou-se avaliar a prática de enfermagem no processo de administração de medicamento por via IV na criança. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, observacional, de natureza quantitativa, desenvolvido no setor de urgência e emergência de um hospital pediátrico de referência da esfera municipal de Fortaleza-CE. A população do estudo foi constituída por 69 profissionais de enfermagem que participaram do processo de administração de medicamento pela via IV e que estavam nas escalas de trabalho durante o período do estudo na unidade investigada. A amostra dos profissionais foi composta por 36 técnicos de enfermagem e 2 enfermeiros. Para o número de observações, considerou-se o cálculo para população finita, com um total de 327 observações do processo de administração de medicamento por via IV. Para a coleta de dados realizou-se entrevista com a equipe de enfermagem e observação sistemática do processo de administração de medicamento por via IV na criança, considerando sete etapas, quais sejam: leitura da prescrição médica, higienização das mãos, preparo do material e medicação, orientação acerca do procedimento, técnica de punção e administração do medicamento. Tais etapas possuem ao total 47 ações. Os dados foram armazenados em um banco de dados produzidos no Excel do Windows 2010, analisados estatisticamente e de acordo com a literatura pertinente. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética sob parecer N0 805.953. Constatou-se que em 15% das observações o profissional de enfermagem não compreendeu a prescrição médica devido à letra ilegível do profissional. Em 78,0% das observações não houve a higienização das mãos. Identificou-se que todos os profissionais utilizaram equipamento de proteção individual (gorro e máscara), entretanto nenhum utilizou luvas. Dentre as 327 observações destacaram-se como dispositivo intravenoso periférico mais utilizado o scalp n° 21 (63,3%); escolha das veias do arco dorsal da mão (83,9%); êxito na primeira tentativa da punção venosa (82,6%); orientação sobre o procedimento para criança e/ou responsável (5,5%); acalma a criança (82,6%); realização de antissepsia da pele no local a ser puncionado com algodão embebido com álcool a 70% (100%); aguarda a evaporação do antisséptico para em seguida dar prosseguimento ao procedimento (45,6%); descarte adequado dos materiais utilizados durante o procedimento (89,3%); checou a prescrição imediatamente após a administração do medicamento (86,8%). Concluiu-se desempenho insatisfatório em 23 ações do processo de administração de medicamento por via IV. Portanto, sugere-se o desenvolvimento de capacitação para os profissionais de enfermagem acerca do processo de administração de medicamento.
Abstract: The delivery process of the intravenous (IV) medication, one of the activities of greater responsibility of the nursing team, has a high incidence in child care in urgent and emergency situation. This process is considered highly complex and when not planned, controlled and monitored through indicators is exposed to unpredictable results affecting the quality of care. The objective was to evaluate the nursing practice in drug administration in child trough IV. Exploratory, descriptive, observational, quantitative study. It was developed in the urgency and emergency department in a pediatric referral hospital of the municipal sphere of Fortaleza. The study population consisted of 69 nurses whom participated in the drug administration via IV process that was in work schedules during the study period in the investigated unit. The sample of professionals was composed by 36 licensed practice nurses and 2 nurses. For the number of observations, it was considered the calculation for finite population with a total of 327 observations of intravenous medication delivery process. Interviews were carried out for data collection with the nursing staff and systematic observation of drug delivery process in children via IV. For data collection interviews were performed with the nursing staff and systematic observation by IV drug delivery process in children, considering seven stages, namely: medical prescription reading, hand hygiene, preparation of material and medication , guidance on the procedure, puncture technique and administration of the drug. Such steps have the total 47 shares. The data was stored in a database produced on the Windows Excel 2010 and analyzed according to the literature. The study was approved by the Ethics Committee under CAAE protocol 34651314.7.0000.5054. It was found that in 15% of the observations nursing professionals did not understand the prescription due to illegible handwriting professional. In 78.0% of the time there was no hand hygiene. It was found that all professionals used personal protective equipment (cap and mask), but none used gloves. Among the 327 observations included: peripheral intravenous device most commonly used was the scalp 21 (63.3%); selection of dorsal hand veins arc (83.9%); success on the first attempt of venipuncture (82.6%); explains the procedure for child and /or guardian (5.5%); calms the child (82.6%); performs antisepsis of the skin at the site to be punctured with a swab with 70% alcohol (100%); awaits antiseptic evaporation to then continue the procedure (45.6%); proper disposal of the materials used during the procedure (89.3%); checks the prescription immediately after drug administration (86.8%). It was found unsatisfactory performance in 23 actions by IV drug administration process. Therefore, we suggest the development of training for nursing professionals about medication delivery process.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10530
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_dis_eomatias.pdf1,39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.