Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1090
Título: Cosmologias do rock em Fortaleza
Título em inglês: Cosmologías de rock en Fortaleza
Autor(es): MEDEIROS, Abda de Souza
Orientador(es): RODRIGUES, Lea Carvalho
Palavras-chave: Heavy metal - Aspectos sociais - Fortaleza(CE)
Fãs de heavy metal - Fortaleza(CE) - Usos e costumes
Música e juventude - Aspectos sociais - Fortaleza(CE)
Grupos de rock - Aspectos sociais - Fortaleza(CE)
Músicos de rock -Aspectos sociais - Fortaleza(CE)
Cidade,Juventude, Rituais
Ciudad, Juventud y Rituales
Data do documento: 2008
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: MEDEIROS, A. S. ; RODRIGUES, L. C.
Resumo: Este trabalho tem como objetivo tomar os shows de rock, mais especificamente os shows de Metal, sob a perspectiva dos rituais a fim de identificar e compreender as diferentes linguagens que ordenam e expressam as cosmologias (partes que em conjunto formam um todo dotado de sentidos de acordo com o contexto no qual estão inseridos, Tambiah, 1985) que configuram os referidos shows em determinados espaços na cidade. Do ponto de vista conceitual, algumas definições podem ser consideradas a fim de que compreendamos porquê os shows de Metal podem ser analisados sob a perspectiva dos rituais. Vejamos: a) é algo ordenado, sistemático, cuja lógica obedece a certos princípios em sintonia com o universo do Rock e o contexto social; b) o show se apresenta como um momento de diferenciação das atividades cotidianas e onde se compartilha assuntos de interesses comuns no que se refere a bandas, músicos, instrumentos; c) é um momento de encontros, trocas simbólicas e materiais, circulação e efetivação de espaços; d) e revelam os mecanismos de aceitação e de conflitos inerentes ao universo no qual os participantes seja organizados como banda ou platéia, estão inseridos. Os shows são protagonizados por grupos juvenis e que se denominam metaleiros/metalheads/headbangers, cujo significado é batedores de cabeça. Além disso, esses eventos configuram-se e realizam-se seguindo os princípios da filosofia denominada por eles underground,ou seja, orientam-se pela idéia “faça você mesmo” independente de patrocinadores, apoios institucionais públicos e/ou privados, seguindo uma lógica de mercado diferenciada da difundida pela “cultura de massa”; ainda que em certos ocasiões, na busca por espaços, apoios financeiros para a realização dos eventos, como também nas formas de divulgação e difusão dos trabalhos produzidos pelas bandas e consumidos pela platéia e por outras bandas ligadas ao estilo, recorram às formas de organização, produção, difusão e distribuição características da indústria cultural para o estabelecimento de trocas simbólicas, materiais e novos laços de sociabilidade, o que provoca, na maioria das vezes, um enriquecimento cultural por meio desses contatos, embora antagonismos de interesses venham a surgir. Entre as questões que esta proposta pretende responder, indago se os shows de rock contribuem ou não para o fortalecimento e diferenciação dos “metaleiros” em relação a outros agrupamentos que se ligam à música. E mais, que significados os shows expressam para os participantes e se esses significados permitem repensar as dinâmicas juvenis e mudanças culturais na contemporaneidade. O interesse por esse campo empírico advém de minhas experiências com pesquisa desde 2002, quando então, dediquei-me aos estudos de grupos e manifestações juvenis que se utilizam da música do Rock e do corpo como instrumentos para contarem a si mesmos e aos “outros” suas estórias (Geertz,1978) focando sempre os mecanismos de aceitação e de conflitos inerentes ao universo no qual estão inseridos. Os caminhos traçados por esta pesquisa se utilizaram da observação de palco e platéia, entrevistas realizadas entre os jovens "metaleiros", sites, jornais e revistas referentes aos shows.
Descrição: MEDEIROS, Abda de Souza. Cosmologias do rock em Fortaleza. 2008. 124f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Ciências Sociais, Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Fortaleza-CE, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1090
Aparece nas coleções:PPGS - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_Dis_ASMedeiros.pdf901,64 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.