Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10930
Título: Templos de civilização no Pará: a institucionalização dos grupos escolares (1890-1910)
Título em inglês: Civilization of temples in Pará: the institutionalization of school groups (1890-1910)
Autor(es): LOBATO, Ana Maria Leite
Orientador(es): ANDRADE, Francisco Ari de
Palavras-chave: Educação – História – Pará
Grupo escolar – História – Pará
Ensino primário – História – Pará
Institucionalização dos Grupos Escolares
Republican Primary Education
Institutionalization of School Groups
Data do documento: 2014
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: LOBATO, A. M. L.; ANDRADE, F. A. (2014)
Resumo: A presente tese tem como objeto a institucionalização dos Grupos Escolares no Estado do Pará a partir de 1890 até 1910, tendo como enredo o republicanismo e o modelo escolar. O estudo tem suas bases na história cultural e contou com a abordagem da Micro-história de Ginzburg (1987) e Espada (2006). No âmbito dos estudos da história da educação foi problematizado em relação à escola moderna, dentro dos moldes do projeto civilizador traçado pela República, através das categorias: Republicanismo e modelo escolar em Souza (2012). Mediante os aportes sobre o conceito de “compreensão e de apropriação”; além do neologismo “representância”, para a definição de représentance em Ricoeur (1997/ 2010), no sentido de compreender o que foi dito e como foi narrada a experiência do tempo, destacando o significado do que foi atribuído, por diferentes sujeitos em diferentes situações; com centralidade às ações dos sujeitos (WEBER, 2001). Respondendo, assim, à seguinte questão-problema: Como ocorreu a criação do Grupo Escolar na Educação Primária no Estado do Pará (1890-1910), a partir do republicanismo e do modelo escolar, em suas articulações com o ideário pedagógico, religioso e político? Com ênfase à análise nas narrativas expressas, nas fontes documentais primárias: relatórios, regulamentos, decretos, livros, diário oficial, cartas e jornais; ancorada em Schütze (2010), Ricoeur (2010), Creswell (2007) e Strauss e Corbin (2008). Os resultados expressam que o Pará foi o terceiro Estado a implantar os grupos escolares, a institucionalização dos mesmos iniciou por um município do interior, em Alenquer em 1899, a partir da necessidade da reorganização do ensino primário através do regulamento de 1899 e no início do século XX foram criados os grupos na capital, num cenário de modernização da cidade de Belém, mediante a urbanização, Bellé Époque e o apogeu do ciclo da borracha.
Abstract: This thesis has the purpose of institutionalization of School Groups in the State of Pará from 1890 to 1910, and republicanism as plot and the school model. The study has its basis in cultural history and had the approach of Micro-history of Ginzburg (1987) and Sword (2006). Within the study of the history of education has been questioned in relation to modern school, along the lines of the civilizing project outlined by the Republic, through the categories: Republicanism and scholastic model Souza (2012). Through the contributions on the concept of "comprehension and appropriation"; beyond the neologism "representância", for defining représentance in Ricoeur (1997/2010), in order to understand what was said and how it was narrated the experience of time, highlighting the significance of what has been ascribed by different subjects in different situations; centrality with the actions of individuals (Weber, 2001). Responding, thus the question-problem: How did the creation of the Group in Primary School Education in the State of Pará (1890-1910), from republicanism and of the school model, in its articulations with the educational, religious and political ideas? With emphasis on the analysis in the narratives expressed, in the primaries documentary sources: reports, regulations, decrees, books, official gazette, letters and newspapers; anchored in Schütze (2010), Ricoeur (2010), Creswell (2007) and Strauss and Corbin (2008). The results show that the Para was the third state to implement school groups, the institutionalization of them started by a municipality in in Alenquer in 1899, from the necessity of reorganization of primary education by 1899 Council Regulation and early twentieth century groups were created in the capital, in a scenario of modernization of the city of Belém, through urbanization, Belle Epoque and the height of the rubber boom.
Descrição: LOBATO, Ana Maria Leite. Templos de civilização no Pará: a institucionalização dos grupos escolares (1890-1910). 2014. 307f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10930
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_tese_amllobato.pdf20,89 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.