Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10988
Título: Coccidioides posadasii de origem clínica e ambiental : um estudo da diversidade genética
Título em inglês: Coccidioides posadasii, clinical and environmental strains: study of genetic diversity
Autor(es): Lima, Rita Amanda Chaves de
Orientador(es): Brilhante, Raimunda Sâmia Nogueira
Palavras-chave: Coccidioidomicose
Reação em Cadeia da Polimerase
Filogenia
Data do documento: 2010
Citação: LIMA, R. A. C. (2010)
Resumo: A coccidioidomicose é uma infecção sistêmica, predominantemente pulmonar, causada pelos fungos dimórficos e geofílicos, Coccidioides immitis e Coccidioides posadasii. No Brasil, a coccidioidomicose está associada a locais situados na zona semi-árida da região Nordeste, considerada uma das áreas endêmicas da doença na América do Sul. Estes patógenos consistem em espécies morfologicamente indistinguíveis, mas que exibem diferenças moleculares peculiares. O DNA ribossômico nuclear (rDNA) de Coccidioides spp. tem sido apontado como importante marcador molecular utilizado na identificação, taxonomia e filogenia. Atualmente, ainda há escassez de mapas de abordagens epidemiológicas para direcionar a correlação entre as populações de Coccidioides spp. com os surtos de coccidioidomicose. Diante do exposto, este estudo teve por objetivo, realizar a identificação molecular de 18 isolados clínicos e ambientais de C. posadasii, oriundos do Nordeste brasileiro, mantidos na Micoteca do Centro Especializado em Micologia Médica (CEMM), através da técnica de PCR, bem como, analisar a diversidade genética destes isolados por meio do seqüenciamento das regiões 18S-28S do rDNA nuclear. A identificação dos isolados foi realizada por PCR utilizando os primers específicos Coi9-1F e Coi9-R. O sequenciamento das regiões 18S-28S rDNA foi realizado pelo método da terminação da cadeia pelo didesoxinucleotídeo, usando-se o kit DYEnamicTM ET terminators cycle sequencing (GE Healthcare). Os resultados confirmaram a identificação de todas as cepas incluídas neste estudo, como pertencentes à espécie C. posadasii. A árvore filogenética, baseada na região 18S-28S rDNA de C. posadasii do CEMM, juntamente com sequências de Coccidioides spp. depositadas no Genbank. revela a formação de um cluster exclusivo englobando as cepas CEMM 05-2-063, CEMM 05-2-064, CEMM 05-2-065 e CEMM 05-2-066, em um ramo adequadamente sustentado, que aparentemente parece agrupar estes isolados segundo sua origem geográfica. As cepas de C. posadasii apresentaram menor índice de divergência genética nas regiões ITS1 e ITS2, quando comparadas às cepas de C. immitis A análise não detectou diferenças entre as cepas de origem clínica e as de origem ambiental. Estudos posteriores envolvendo a análise de marcadores de evolução mais rápida, os microssatélites, podem fornecer evidências para determinar se os agrupamentos encontrados neste estudo são resultantes de uma linhagem de reprodução clonal.
Abstract: Coccidiodomycosis is a systemic infection, predominantly pulmonary, caused by the geophilic and dimorphic fungi, Coccidioides immitis and Coccidioides posadasii. In Brazil, coccidioidomycosis is associated with semi-arid areas in the Northeastern region of this country, which is considered one of the endemic areas of this disease in South America. These pathogens are morphologically indistinguishable species, but they exhibit molecular differences. Different molecular techniques have been described for the characterization of these species. The nuclear ribosomal DNA (rDNA) from Coccidioides spp. has been described as an important molecular marker for the identification, taxonomy and phylogeny. Currently, there are still shortages of maps for epidemiological approaches in order to direct the correlation between populations of Coccidioides spp. and the outbreaks of coccidiomycosis. Given the above, this study aimed at performing the molecular identification of 18 clinical and environmental isolates of C. posadasii, from Northeastern Brazil, maintained in the fungal collection of the Specialized Medical Mycology Center (CEMM), through PCR, as well as, to analyze the genetic diversity of these isolates by sequencing of 18S-28S regions of nuclear rDNA. The identification of the isolates was performed through PCR, using specific primers Coi9-1F and Coi9-R. The sequencing of the 18S-28S rDNA regions was performed through the method of chain termination by dideoxynucleotides, using the kit DYEnamicTM ET terminators cycle sequencing (GE Healthcare). The results confirmed the identification of all strains included in this study as belonging to the species C. posadasii. The phylogenetic tree based on 18S-28S rDNA region of C. posadasii from CEMM and Coccidioides spp. from Genbank. reveals the formation of a unique cluster encompassing the following strains CEMM 05-2-063, CEMM 05-2-064, CEMM 05-2-066 and CEMM 05-2-065, in a properly sustained branch, which apparently seems to group these isolates according to their geographical origin. The strains of C. posadasii showed lower genetic divergence in the ITS1 and ITS2 regions, when compared to strains of C. immitis. Analyses did not detect differences between strains of clinical origin and those of environmental origin. Further studies involving the analysis of fast evolving markers, such as microsatellites, can provide evidences to determine whether the groups found in this study are derived from a lineage of clonal reproduction.
Descrição: LIMA, Rita Amanda Chaves de. Coccidioides posadasii de origem clínica e ambiental : um estudo da diversidade genética. 2010. 91 f. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Médica) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10988
Aparece nas coleções:DPML - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_raclima.pdf1,98 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.