Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10991
Título: Avaliação do uso do etanol como pré-tratamento da dentina na resistência de união de um adesivo simplificado de condicionamento total
Título em inglês: Evaluation of the use of ethanol as a pre-treatment of dentin on the bond strength of a total-etch adhesive simplified
Autor(es): Silva, Francisco Cláudio Fernandes Alves e
Orientador(es): Saboia, Vicente de Paulo Aragão
Palavras-chave: Etanol
Cimentos Dentários
Corantes
Data do documento: 2014
Citação: SILVA, C. F. A. (2014)
Resumo: O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito do pré-tratamento da dentina com etanol na resistência de união de um sistema adesivo simplificado de condicionamento total. Para isso, foram realizados estudos in vitro e in vivo. O primeiro estudo “Different concentrations of ethanol as dentin pre-treatment to bonding of an etch-and-rinse adhesive”, avaliou a resistência de união à dentina com a aplicação de etanol anterior à aplicação de um adesivo simplificado de condicionamento total (Single Bond 2) e analisou as características morfológicas da interface resina-dentina. Materiais e Métodos: Vinte e quatro terceiros molares foram distribuídos aleatoriamente em quatro grupos (n=5) de acordo com a concentração de etanol: controle (sem etanol, técnica convencional), 50%, 70% e 100%. Nos grupos experimentais, o etanol foi aplicado durante 20 segundos. Em seguida o adesivo (Adper Single Bond 2) foi aplicado e platôs de resina composta foram construídos de forma incremental. Os dentes foram seccionados e submetidos ao teste de microtração (1 mm/min). ANOVA one-way e teste post hoc Tukey foram aplicados para analisar os dados estatísticos (α=0,05). Microscopia ótica (MO) utilizando coloração Tricrômio de Masson foi usado para observar as características das interfaces resina-dentina. Resultados: o grupo 50% não apresentou diferença do grupo controle (p>0,05). No entanto, os grupos 70% e 100% apresentaram um aumento na resistência de união (p<0,001 e p=0,003 respectivamente), sem diferença entre estes dois grupos. MO mostrou uma diminuição discreta de fibras colágenas expostas na interface adesiva dos espécimes dos grupos tratados com etanol 70% e 100%. Conclusão: O pré-tratamento da dentina utilizando etanol aumenta a resistência de união da interface resina-dentina quando aplicado em concentrações de 70% ou 100%. No segundo estudo “The use of ethanol as pre-treatment of dentin on bond strength of a two-step etch-and-rinse adhesive - an in vivo study”, vinte terceiros molares sadios, em função oclusal e indicados para exodontia, foram divididos aleatoriamente em 4 grupos e tiveram cavidades Cl I preparadas e restauradas aplicando-se ou não etanol 70% por 20 s. Os dentes foram extraídos imediatamente (24 h) ou após 18 meses. Quatro dentes de cada grupo (n=4) foram submetidos ao teste de micro tração e um foi seccionado para análise em MO, utilizando a técnica de coloração Tricrômio de Masson. Análise estatística (ANOVA two way e Holm Sidak post hoc, α=0,05) mostrou que os grupos tratados sem etanol (24 h e 18 meses) e o grupo imediato tratado com etanol (24 h) apresentaram resistência de união semelhantes (p>0,05) e estatisticamente superiores ao grupo que teve tratamento com etanol e extraídos com 18 meses (p<0,05). A análise em MO mostrou áreas pigmentadas em vermelho, indicando presença de fibras de colágeno expostas nos grupos imediatos (24 h) e a ausência dessas áreas nos grupos envelhecidos (18 meses), Já nos grupos tratados com etanol e extraídos após 18 meses foram observadas áreas sem pigmentação vermelha indicando a degradação do colágeno exposto. Conclusão: o uso de etanol 70% na dentina previamente a aplicação de um sistema adesivo de condicionamento total simplificado diminui a resistência de união.
Descrição: SILVA, Francisco Cláudio Fernandes Alves e. Avaliação do uso do etanol como pré-tratamento da dentina na resistência de união de um adesivo simplificado de condicionamento total. 2014. 71 f. Tese (Doutorado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10991
Aparece nas coleções:DCOD - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_tese_fcfasilva.pdf1,33 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.