Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1109
Título: Desenvolvimento de Novos Materiais à base de Goma do Cajueiro (Anacardium Occidentale): Derivados e Microesferas com Gelatina
Título em inglês: Development of New Materials based on Goma Cashew (Anacardium Occidentale): Derivatives and Gelatin Microspheres
Autor(es): Neto, Erico
Orientador(es): Maciel , Jeanny
Palavras-chave: Polissacarídeo
Sulfatação
Oxidação
Géis
Data do documento: 4-Abr-2009
Citação: NETO, E.M. (2009)
Resumo: Gelatina é uma proteína obtida por desnaturação do colágeno que tem gerado grande interesse na preparação de materiais para uso biomédico devido às propriedades como, biocompatibilidade e bioadesividade. No entanto, devido a solubilidade de microesferas de gelatina em meio aquoso, a interação com outros polímeros e reticulação tem sido proposta para melhorar suas propriedades físicoquímicas. A goma do cajueiro foi modificada por reação de sulfatação (GCS) e oxidação (GCX), e os derivados foram utilizados no desenvolvimento de microesferas por interação com gelatina. Os derivados da goma foram caracterizados por espectroscopia na região do infravermelho, ressonância magnética nuclear, análise elementar, cromatografia de permeação em gel, viscosidade intrínseca e análise termogravimétrica. As reações foram eficientes na modificação, resultando grau de substituição de 0,02 a 0,88 para a goma sulfatada, e relação de 10:3 e 10:4 de unidades glicosídicas/unidades oxidadas. Análises de RMN 13C DEPT indicam sulfatação em C-6 da galactose. Os espectros de RMN 1H das GCX´s mostraram sinal de aldeído em 8,3 ppm. As microesferas foram preparadas pelo método de emulsão óleo/água e caracterizadas por MEV, RMN 1H e IV. Essas técnicas mostraram mostraram a presença dos dois polímeros nas esferas. Microesferas de GEGC reticuladas com genipina por 24 e 72 h (RGEGC) foram caracterizadas quanto a capacidade de intumescimento. O aumento da concentração de GC nas esferas de RGEGC e o tempo de reticulação (24 e 72h) diminuem a capacidade de intumescimento. Para as esferas de GECX, o aumento da oxidação da goma (GCX) de 10:3 para 10:4 diminui em até 12,3% a capacidade de intumescimento, o que indica maior grau de reticulação, via formação da base de Schiff, entre gelatina e GCX (10:4). As microesferas de GEGCS mostraram maior capacidade de intumescimento em relação a todos os sistemas estudados neste trabalho.
Abstract: Gelatin is a protein obtained from denaturation of collagen that has been used in the preparation of biomedical materials due to its biocompatibility and bioadhesive properties. However due to gelatin solubility in aqueous solution, the interaction of gelatin with other polymers and also its cross-linking have been carried out in order to improve the gelatin physico-chemical properties. Cashew gum was modified by sulfation (CGS) and oxidation (CGX) reactions. The derivatives were characterized by infrared (IR) and nuclear magnetic resonance (NMR) spectroscopy, elemental analysis and gel permeation chromatography (GPC). The degree of substitution for sulfation reaction range from 0.02 to 0.88 and the oxidation reaction produced two samples of 10:3 and 10:4 (number of anhydrogalactose units per number of oxidized units). The 13C DEPT NMR experiment shows that the sulfation occurs at C-6 of galactose. 1H-NMR spectra of CGX samples shows aldehyde proton at 8.3 ppm. Cashew gum and its derivatives were used on the preparation of microsphere with gelatin by oil/water emulsion method. Microspheres were characterized by IR, NMR and thermogravimetric analysis (TGA). That method shows modifications that indicates the presence of both polymers on the microspheres. Microspheres with cashew gum unmodified (GECG) and crosslinked with genipin for 24 and 72 h (RGECG) were characterized in terms of the swelling behavior. The increase of CG content and crosslinking time decrease the swelling behavior in water of RGECG sample. For microspheres of gelatin and oxidated cashew gum (GECGX), the increase of oxidation from 10:3 to 10:4 decrease the swelling ratio in 12.3% indicating an increase in crosslinking density by Schiff base formation between gelatin and CGX sample (10:4). Microsphere with sulfated cashew gum (GECGS) shows the highest swelling ratio among all systems investigated
Descrição: NETO,E.M. Desenvolvimento de Novos Materiais à base de Goma do Cajueiro (Anacardium Occidentale): Derivados e Microesferas com Gelatina . 2009. 95 f. Dissertação (Mestrado em Química Inorgânica) – Centro de Ciências , Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1109
Aparece nas coleções:DQOI - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_ dis_Er Neto.pdf5,05 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.