Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12089
Título: Malinowski & Procusto: considerações metodológicas
Autor(es): VIEIRA, Epitácio Fragoso
Palavras-chave: Relação entre Procusto e Malinowski
Sociologia
Antropologia
Funcionalismo
Data do documento: 1984
Editor: Revista Educação e Debate
Citação: VIEIRA, E. F. (1984)
Resumo: Que relação pode haver entre Procusto e Malinowski? Que tem a ver uma figura lendária da antiga Grécia com um cientista moderno, cioso de seu rigor metodológico, científico, lidando com dados empíricos? Procusto tinha um leito no qual suplicava suas vítimas. Se a vítima era maior do que a cama, cortava-lhe as pernas. Se o viajor capturado era menor do que o leito, Procusto tinha uma técnica de espichá-lo, contanto que o torturado ficasse exatamente do tamanho da cama. Qualquer bom dicionário da língua portuguesa, ao tratar do verbete leito, faz referência ao famoso leito de Procusto. Aurélio Buarque de Hollanda registra a expressão, embora não hifeniza os seus elementos para torná-la um substantivo composto. Gostaríamos de incorporar a expressão, até então literária, à terminologia científica, grafando-a como um substantivo composto hifenizado, à semelhança do que já acontece com a expressão - já dicionarizada - calcanhar-de-aquiles. Aliás, há também muita relação entre leito-de-procusto e calcanhar-de-aquiles. E muita relação com os cientistas modernos, principalmente os chamados cientistas sociais. O problema do marco teórico constitui o calcanhar-de-aquiles das ciências sociais, pois frequentemente o marco teórico torna-se um leito-de-procusto ao qual os dados da pesquisa devem se adequar. Optar pela ausência de um marco teórico e partir para a observação de campo esperando que "os fatos falem por si", na verdade, não resolve o problema, pois aí são os nossos preconceitos pessoais (e os preconceitos de nossa cultura) que vão constituir um igual ou mais perigoso leito-de-procusto. Assim, todos nós, os cientistas sociais, quase sempre temos o nosso leito-de-procusto...
Descrição: VIEIRA, Epitácio Fragoso. Malinowski & Procusto: considerações metodológicas. Revista Educação em Debate, Fortaleza, v. 6/7, n. 2/1, p. 1-16, 1983/1984.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12089
ISSN: 0102-1117
Aparece nas coleções:PPGEB - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1984_art_efvieira.pdf7,98 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.