Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1234
Título: Desempenho reprodutivo de ovelhas Santa Inês criadas no nordeste paraense
Título em inglês: Reproductive performance of bred sheep Saint Ines north-eastern paraense
Autor(es): Moura, Ana Carolina de Barros
Orientador(es): Araújo, Airton Alencar de
Palavras-chave: ZOOTECNIA
Clima
Estação de monta
Estação de parição
Época do ano
Taxas reprodutivas
Data do documento: 16-Mar-2009
Citação: MOURA, A. C. B. (2009)
Resumo: O objetivo deste trabalho foi identificar a época de estação de monta que proporcione condições climáticas para melhores índices reprodutivos em ovelhas Santa Inês criadas no município de Igarapé-açu, nordeste do Pará, durante os períodos seco e chuvoso. Utilizou-se 96 fêmeas separadas aleatoriamente em dois grupos, A: 38 animais e B: 58 animais. O Grupo A foi submetido à estação de monta no período seco com parição no período chuvoso ocorrendo o oposto com o Grupo B. As taxas reprodutivas foram submetidas ao teste do Qui-Quadrado ou teste Exato de Fisher e utilizou-se análise de variância através do teste t de Student para as variáveis de peso, pelo pacote estatístico SAS (1993). A distribuição de estro não apresentou diferença significativa entre as épocas do ano (P>0,05). Os Grupos A e B, respectivamente, apresentaram taxas de 86,8% e 93,1% para prenhez, 76,3% e 79,3% para parto, 9% e 7,4% para abortamento, 86,8% e 89,6% para fecundidade, 103,4% e 113% para natalidade, 113,8% e 113% para prolificidade, 2,6% e 13,8% para mortalidade das matrizes e 26,6% e 48% para mortalidade das crias até 10 dias. Somente a taxa de mortalidade das crias mostrou diferença significativa através do teste Qui-Quadrado (P<0,05). As matrizes apresentaram diferença apenas nos pesos ao final da estação de monta e no terço final de prenhez (P<0,05), apresentando melhores resultados os animais com acasalamento na época seca. Porém, os pesos no início da estação de monta, no pós-parto e o peso do borrego ao nascer não diferiram entre as épocas do ano (P>0,05). A época do ano em que a estação de monta foi realizada pareceu não influenciar de forma evidente no desempenho reprodutivo das ovelhas criadas nessa região devendo-se, no entanto, privilegiar a parição durante o período chuvoso, o qual garantiu maior índice de sobrevivência das crias
Abstract: The objective of this study was to investigate the reproductive performance of ewes submitted to reproductive station in the dry and rainy periods and to identify the best period of the year to perform reproductive and birth station in Igarapé-açu county,, Pará northeastern. Was used 96 ewes randomly separated in two groups (Group A: 38 animals and Group B: 58 animals). Group A was submitted to the station reproductive in the dry season and birth station in the rainy season with the opposite occurring with the Group B. The reproductive rates were submitted to Chi-square or Fisher Exact test and analysis of variance by t-Student to weight the variables by statistical package SAS (1993). The distribution of estrus showed no significant difference between the seasons (P>0,05). Groups A and B, respectively, showed rates of 86,8% and 93,1% for pregnancy, 76,3% and 79,3% for kidding rate, 9% and 7,4% for abortion rate, 86,8% and 89,6% for fecundity rate, 103,4% and 113% for birth rate, 113,8% and 113% for prolificacy rate, 2,6% and 13,8% mortality rate of ewe and 26,6% and 48% for mortality rate of lambs until 10 days. Only the mortality rate of lambs until 10 days was shown to be statistically different (P<0,05). The matrices showed only difference in weights to the end of the reproductive station and the in the last 45 days of pregnancy (P<0,05),showing better results with animals mating in the dry season. However, no differences between seasons were found on weights at the beginning of breeding season, postpartum and lamb birth weight (P>0,05). The seasons seemed not influence the reproductive performance of ewes reared in this region, however, the ewes must give birth during the rainy season which would ensure higher survival of lambs
Descrição: MOURA, Ana Carolina de Barros. 2009.65f.Dissertação(Mestrado em Zootecnia)- Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1234
Aparece nas coleções:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009-dis-acbmoura.pdf1,11 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.