Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12439
Title in Portuguese: Traduação e adaptação transcultural : Intermittent Self-Catheterization Questionnaire
Title: Translation and Cross-Cultural Adaptation : Intermittent Self-Catheterization Questionnaire
Author: Campos, Raelly Ramos
Advisor(s): Carvalho, Zuila Maria de Figueiredo
Keywords: Tradução
Adaptação
Questionários
Traumatismos da Medula Espinal
Issue Date: 2015
Citation: CAMPOS, R. R. C. Traduação e adaptação transcultural: Intermittent Self-Catheterization Questionnaire. 2015. 156 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
Abstract in Portuguese: O estudo objetivou traduzir e adaptar culturalmente para a língua portuguesa, no contexto do Brasil, o Intermittent Self-Catheterization Questionnaire. Estudo do tipo metodológico, seguiu os procedimentos de tradução e adaptação transcultural, que compreende cinco fases, a saber: tradução inicial, síntese da tradução, tradução de volta à língua original, revisão por comitê de juízes, e pré-teste da versão traduzida. Os participantes do estudo foram cinco tradutores e cinco juízes, em conformidade com os critérios específicos no referencial metodológico. O pré-teste foi realizado com 30 pessoas com lesão medular traumática em domicílio, recrutados de forma aleatória, a partir de um banco de dados já existente, nos meses de agosto e setembro de 2014, por meio de dois instrumentos: formulário de caracterização sociodemográfica e clínica, e aplicação do Intermittent Self-Catheterization Questionnaire – versão traduzida. Após a adaptação transcultural realizou-se o Índice de Validação de Conteúdo, com 17 especialistas na área de lesão medular e/ou cateterismo intermitente. A análise dos dados de tradução e adaptação transcultural está apresentada na forma de quadro com a análise descritiva. Os dados sociodemográficos do pré-teste foram compilados e analisados por meio do programa estatístico Statistical Package for the Social Sciences versão 19.0, apresentado em forma de tabela, bem como a análise descritiva. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisas da Universidade Federal do Ceará, com o parecer nº 562.693. Os resultados mostram que nas duas versões iniciais, tradução 1 e tradução 2, não houve diferenças significativas entre as traduções. Na síntese da tradução foi contemplada a maioria dos itens da tradução 2. Na etapa da Back Translation, a tradução não apresentou muita disparidade do questionário original, exceto alguns termos em inglês, mas nada que mudasse o contexto de cada item. Na etapa da revisão pelo comitê de juízes aconteceu uma reunião visando a avaliar as equivalências semântica, idiomática, experimental e conceitual de cada item do questionário, de modo a apresentar todas as incoerências das traduções anteriores. Alguns itens sofreram mudanças e, assim, obteve-se a versão pré-final do Intermittent Self-Catheterization Questionnaire – versão traduzida, e, em seguida, aplicada no pré-teste. O Índice de Validação de Conteúdo foi de 0,92 e os valores individuais dos itens variaram de 0,29 a 1. Três itens obtiveram um IVC abaixo do recomendado, no entanto o instrumento total foi considerado válido no conteúdo. Conclui-se, portanto, que a versão traduzida do Intermittent Self-Catheterization Questionnaire mostrou ser um instrumento confiável, claro e compreensível entre os itens, capaz de avaliar a qualidade de vida de pessoas com lesão medular que realizam o autocateterismo. Permite aos enfermeiros conhecer os problemas relacionados ao cateterismo intermitente e incentivar o próprio paciente a promover a sua saúde, tornando-o emponderado, além de ser mais uma contribuição para o conhecimento da enfermagem.
Abstract: The study aimed to translate and culturally adapt to the Portuguese language in the context of Brazil the Intermittent Self-Catheterization Questionnaire. The type of this study was methodological and followed the translation procedures and transcultural adaptation, which comprises five phases, namely: initial translation, translation synthesis, translation back to the original language, review by expert committee, and translated version of the pre-test. The study participants were five translators and five judges in accordance with specific criteria in the methodological reference. The pre-test was conducted with thirty people with spinal cordy injury at home, randomly recruited from an existing database, in the months of Ausgust and September 2014, by means of two instruments: characterization form sociodemographic and clinical, and implementation of the Intermittent Self-Catheterization Questionnaire – translated version. After the the transcultural adaptation was held Content Validation Index, with 17 experts in the area of spinal cord injury and / or intermittent catheterization. The analysis of data translation and the transcultural adaptation is presented in tabular form with the descriptive analysis. The sóciodemographic data of the pre-test were compiled and analyzed using the Statistical Package for the Social Sciences version 19.0, presented in table form, and the descriptive analysis. The study was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Ceará, with the report number 562 693. The results show that in the first two versions, translation 1 and 2, there were no significant differences between translations. In Translation synthesis was contemplated most of the translation of item 2.In the Step Back Translation, the translation did not show much disparity of the original questionnaire, except some English terms, but nothing that would change the context of each item. In step of the committee of judges for review was a meeting in order to evaluate semantic, idiomatic, experimental and conceptual of each questionnaire item, to display all the inconsistencies of previous translations. Some items changes, and thus obtained the pre-final version of Intermittent Self-Catheterization Questionnaire -Version translated and then applied to the pre-test. The Content Validation Index was 0.92 and the individual values of items ranging from 0.29 to 1. Three items obtained an IVC lower than the recommended, however the total instrument was considered valid in the content. It follows, therefore, that the translated version of Intermittent Self-Catheterization Questionnaire proved to be a reliable, clear and understandable instrument among the items which can evaluate the quality of life of people with spinal cord injury who perform the catheterization. Allows nurses know the problems related to intermittent catheterization and encourage the patient to promote their health, making it a person with more independence and control of your situation, besides being more one contribution to the knowledge of nursing.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12439
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_dis_rrcampos.pdf2,96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.