Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1246
Título: Ultilização da sintaxe espacial na analise da expansão urbana da Cidade de Fortaleza-CE: uma aboragem morfológica
Autor(es): Cavalcante, Antonio Paulo de Hollanda
Jales, A.W. L.
Palavras-chave: Transportes
Crescimento urbano
Planejamento urbano
Data do documento: 2008
Editor: SIT/CETEPE/EESC/USP
Citação: CAVALCANTE, A. P. H. ; JALES, A.W. L. (2008)
Resumo: A análise tradicional de expansão urbana das cidades utiliza-se uma abordagem historicista baseada na coleta de mapas antigos associado à catalogação de atividades por meios pouco acessíveis como: jornais de época, notas radiofônicas, registros cartoriais, etc. A presente pesquisa busca contribuir com a análise de expansão de cidades não em uma abordagem histórico-semântica, mas sintático-morfológica utilizando a teoria, métodos e técnicas da Teoria Descritiva do Espaço, mundialmente conhecida como Sintaxe Espacial. A SE tenta responder a duas questões: 1) o desenho do espaço origina conseqüências para o padrão de vida espacial ao qual ela pertence?; 2) a vida espacial sofre conseqüências da patologia social? O presente trabalho contribui na primeira pergunta com base exclusiva na análise da própria malha urbana em si, sem a necessidade de dados que contextualizem momentos históricos. Para tanto serão desenhados mapas axiais sobre mapas históricos oficiais extraídos de gestores urbanos (surgidas com as propostas de ordenamento viário de Fortaleza, desde 1726 até os dias atuais) associados ao índice de forma urbana (IFU) A metodologia contempla a utilização de pacotes computacionais em Sintaxe Espacial e de técnicas de computação gráfica CAD. Como resultados, esperam-se encontrar respostas quanto: 1) a inserção dos mapas (planos urbanísticos), no tempo, em tipos de malhas sintaticamente identificadas na literatura; 2) mudança ou permanência do eixo de expansão da cidade, ou seja, do ponto de vista morfológico, respostas que expliquem a movimentação de pessoas e veículos e a definição dos principais eixos e centralidades das épocas investigadas e; 3) o deslocamento da centralidade em função das medidas sintáticas subjacentes encontradas nos mapas que poderiam contribuir, em outros aspectos, com nova metodologia de análise de expansão e identificação de problemas em malhas viárias atuais.
Descrição: CAVALCANTE, A. P. H. ; JALES, A. W. L. Utilização da sintaxe espacial na análise da expansão urbana da Cidade de Fortaleza-CE: uma abordagem morfológica. In: CONGRESSO LUSO BRASILEIRO PARA O PLANEJAMENTO URBANO REGIONAL INTEGRADO E SUSTENTÁVEL-PLURIS, 3., 2008, Santos. Anais... Santos : SIT/CETEPE/EESC/USP, 2008. p. 162-173.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1246
Aparece nas coleções:DET - Trabalhos apresentados em eventos



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.