Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12484
Título: Uso do partograma em maternidades escola de alagoas
Título em inglês: Use o partogram in maternity hospitals of alagoas
Autor(es): Barros, Luciana de Amorim
Veríssimo, Regina Célia Sales Santos
Palavras-chave: Parto
Trabalho de Parto
Evolução Clínica
Parto Humanizado
Registros Médicos
Data do documento: Jul-2011
Editor: Rev Rene
Citação: BARROS, L. A.; VERÍSSIMO, R. C. S. S. (2011)
Resumo: O objetivo deste estudo foi determinar a frequência de uso do partograma em maternidades escola de Alagoas, Brasil. Foi um estudo descritivo de corte transversal. A amostra constou de 171 prontuários de puérperas assistidas durante o trabalho de parto. Foram coletados dados relativos ao uso do partograma e de seus itens: dilatação cervical, altura da apresentação, variedade de posição, batimentos cardíacos fetais, dinâmica uterina, condições da bolsa, uso de ocitocina, uso de medicamentos/fluidos/anestesia, nome da gestante, data, hora real, hora de registro e assinatura do examinador. Estes foram analisados quanto ao registro total, parcial ou ausência de registro. A frequência de uso do partograma foi de 42%. Conclui-se que a freqüência de uso do partograma na instituição estudada é limitada, devido sua baixa utilização, e quando utilizados, seus itens não foram totalmente preenchidos.
Abstract: The objective of this study was to describe how often partogram is used in school maternities of Alagoas, Brazil. It was a descriptive cross-sectional study. The sample consisted of 171 charts of mothers assisted during labor. Data were collected on the use of partogram and their items: cervical dilation, time of presentation, variety of position, fetal heartbeat, uterine dynamics, conditions of the grant, use of oxytocin, use of drugs/fluids/ anesthesia, name of pregnant, date, real time, time to record and signature of the examiner. These were analyzed to record total, partial or no record. The frequency of use of partogram was 42%. It is concluded that the frequency of use of partogram in the institutions studied is limited, due to low use, and when used, your items have not been fully met.
Resumo em espanhol: El objetivo fue describir la frecuencia de uso en las maternidades escuela partograma de Alagoas, Brasil. Fue un estudio descriptivo de corte transversal. La muestra consistió de 171 históricos de puérperas asistidas durante el parto. Se recogieron datos sobre el uso del partograma y sus temas: la dilatación del cuello del útero, la altura de presentación, la variedad de posición, los latidos del corazón fetal, dinámica uterina, las condiciones de la bolsa, el uso de oxitocina, uso de medicamentos / líquidos / anestesia, el nombre de la gestante, fecha, hora real, hora de registro y firma del examinador. Estos fueron analizados para registro total, parcial o ausencia de registro. La frecuencia de uso de partograma fue del 42%. Se concluye que la frecuencia de uso en las instituciones estudiadas es limitada, debido a la baja utilización, y cuando se utilizan, sus ítems no han sido alcanzados plenamente.
Descrição: BARROS, L. A.; VERÍSSIMO, R. C. S. S. Uso do partograma em maternidades escola de alagoas. Rev. Rene, Fortaleza, v. 12, n. 3, p. 555-560, jul./set. 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12484
ISSN: 2175-6783 online
Aparece nas coleções:DENF - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_art_labarros.pdf649,36 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.