Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12703
Título: Perfil atual e ideal dos gerentes de enfermagem de um hospital universitário do Estado do Ceará à luz da gestão por competências
Autor(es): Albuquerque, Elivane de Oliveira Pereira
Orientador(es): Monteiro, André Jalles
Palavras-chave: Nursing management
Ideal profile manager
Administradores de enfermagem - Conduta
Enfermeiros de saúde pública - Ceará
Liderança
Formação profissional
Data do documento: 2015
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: ALBUQUERQUE, E. O. P.; MONTEIRO, A. J. (2015)
Resumo: O gerenciamento dos serviços de enfermagem é uma atividade complexa e exige competência profissional. As mudanças na área da saúde demandam dos profissionais enfermeiros gerentes um perfil mais flexível e adaptativo, sendo necessário mobilizar novas competências. O presente estudo norteia sobre as competências necessárias ao gerenciamento em enfermagem considerando as mudanças tecnológicas e administrativas observadas em hospitais públicos. Apresentam-se os novos cenários gerenciais e alguns aspectos indispensáveis à aquisição de competências como o conhecimento, habilidades e atitudes. Considera-se que o enfermeiro gerente tem a responsabilidade de proporcionar um ambiente de aprendizado em que os trabalhadores possam adquirir novas competências e exercê-las livremente. A questão de pesquisa do presente estudo consistiu-se em: quais competências essenciais o gerente de Enfermagem precisa ter para gerir uma instituição de saúde e qual seria o perfil ideal para este gestor? O objetivo geral, portanto, versou em identificar o perfil atual do gerente de Enfermagem, analisando comparativamente este perfil real com o perfil ideal preconizado na literatura vigente. A pesquisa de natureza exploratório-descritiva utilizou-se de uma combinação de métodos qualitativo ao quantitativo (quali-quantitativo) e está fundamentada no conceito de gestão por competência e seus atributos: conhecimentos, habilidades e atitudes. Constituiu-se numa pesquisa que envolveu 36 enfermeiros gerentes de unidades ambulatoriais, de imagem, clínicas e cirúrgicas de um hospital público federal, da cidade de Fortaleza, o Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC). Os dados foram coletados no período de novembro de 2014 a janeiro de 2015, por meio de questionário eletrônico no google docs. A população foi predominante do sexo feminino (100%) e com idade entre 48 e 53 anos (36,1%). Os resultados revelaram a percepção dos pesquisados sobre perfil atual e ideal de competência profissional ideal para o exercício de atividades gerenciais no HUWC, com destaque para os atributos relacionados ao conhecimento de gestão e habilidade de planejamento estratégico e operacional, com habilidade de liderança e trabalho em equipe, e atitude de liderança e ética profissional. Verificou-se que 41% dos gerentes têm entre 6 e 10 anos de tempo de serviço no cargo de gerente. Quanto ao perfil para a função gerencial, predominaram as características: liderança (33%), trabalho em equipe (30%) e comunicação/bom relacionamento interpessoal (28%). Através dos resultados, é possível afirmar que os gestores sabem o que é necessário para gerir um hospital de alta complexidade, comprovado no nível de concordância destes com os atributos da competência conhecimentos, habilidades e atitudes. O perfil encontrado indica, na concepção semelhante das colaboradoras, um profissional com postura ética, conhecimento técnico-científico, capacidade de gerenciar e liderar sua equipe, e comprometido com a instituição. Embora as respostas fossem superestimadas, seus efeitos foram minimizados e não atrapalharam os resultados da pesquisa devido à existência de correlação entre as variáveis. Dessa forma, depreende-se que existe empenho das chefias de Enfermagem no desenvolvimento de suas competências gerenciais. Entretanto, essa disposição não tem sido elemento suficiente para superar as dificuldades de ordem política e econômica que perpassam um Complexo Hospitalar Público.
Abstract: The management of nursing services is a complex activity and requires professional competence. Changes in health care demand of professional nurses managers a more flexible and adaptive profile, being necessary to mobilize new skills. This study guides on the skills required to manage nursing considering the technological and administrative changes observed in public hospitals. Presents the new management scenarios and some aspects required for acquiring skills such as knowledge, attitudes and opportunities. It’s considered that the nurse manager has the responsibility to provide a learning environment where workers can acquire new skills and exercise them freely. The research question of this study was: what core competencies the nursing manager must have to manage a health institution and what would be the ideal profile for this manager? The overall objective, therefore, was to identify the current profile of the nursing manager, comparatively analyzing this real profile with the ideal inherent profile in the current literature. The research exploratory and descriptive nature we used a combination of qualitative methods to quantitative (qualitative and quantitative) and is based on the concept of management by competence and their attributes: knowledge, skills and attitudes. It consisted of a Survey involving 36 nurses managers of units of a federal public hospital, in Fortaleza, the University Hospital Walter Cantídio (HUWC). Data were collected from November 2014 to January 2015, through electronic questionnaire on google docs. The population was predominantly female (100%) and aged between 48 and 53 years (36,1%). The results revealed the perception of respondents on the current profile of professional competence ideal for the exercise of managerial activities of HUWC, highlighting the attributes related to knowledge management and strategic and operational planning skills with leadership skills and teamwork, attitude and leadership and professional ethics. It was found that 41% of managers have between 6 and 10 years of service in management position. The profile for managing, predominant characteristics: leadership (33%), teamwork (30%) and communication / good interpersonal skills (28%). From the results, it is clear that managers know what it takes to manage a highly complex hospital, confirmed the level of agreement with these attributes racing knowledge, skills and attitudes. The profile indicates found in similar conception of the collaborators, a professional with ethical, technical and scientific knowledge, ability to manage and lead your team, and committed to the institution. While responses were overestimated, its effects were minimized and not hindered the search results because the correlation between the variables. Thus, it appears that there is commitment of the nursing managers to develop their management skills. However, this provision has not been sufficient element to overcome the difficulties of political and economic order that underlie a Public Hospital Complex.
Descrição: ALBUQUERQUE, Elivane de Oliveira Pereira. Perfil atual e ideal dos gerentes de enfermagem de um hospital universitário do Estado do Ceará à luz da gestão por competências. 2015. 119f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior, Fortaleza (CE), 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12703
Aparece nas coleções:POLEDUC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_dis_eopalbuquerque.pdf1,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.