Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1316
Título: Determinantes sociais da gravidez na adolescência em um município de porte no nordeste do Brasil : um estudo prospectivo
Título em inglês: Socias determinants of adolescent pregnancy in an minicipuoi sized in northeast Brazil : a prospective study
Autor(es): Queiroz, Olivan Silva
Orientador(es): Cunha, Ivana Cristina de Holanda
Palavras-chave: Gravidez na Adolescência
Estudos Prospectivos
Data do documento: 2010
Citação: QUEIROS, O. S. (2010)
Resumo: Esse estudo tem por objetivo identificar associações entre a gravidez na adolescência e alguns determinantes sociais na saúde, relacionados às condições sócio-demográficas, escolaridade, religião e trabalho em adolescentes na zona urbana de Sobral-CE, município de médio porte no nordeste do Brasil. Caracteriza-se por estudo prospectivo, realizado com 903 adolescentes, pertencentes a uma amostra original de 1.638 meninas de 5 a 9 anos de idade, de pesquisa realizada em 2000, na cidade. Buscou-se identificar quantas haviam engravidado nesse intervalo de 10 anos. Daquelas encontradas, 19,5% haviam engravidado pelo menos uma vez na vida, incluindo os abortos. A média de idade daquelas que engravidaram, levaram a gravidez ao termo e lembravam a data do parto (N=159) foi de 17,2 anos. Foi realizada análise bivariada, encontrando uma associação da gravidez na adolescência com a idade atual (OR 1,6; IC95% 1,3-1,8); com a repetência de série (OR=2,0; IC95%: 1,4-3,1); com realização de atividade laboral (mesmo não remunerada) (OR= 2,4; IC95%: 1,7-3,4); além do caráter protetor da maior renda familiar per capita (OR= 0,6; IC95%: 0,5-0,8) e escolaridade da mãe da adolescente (OR= 0,5; IC95%: 0,4-0,7), principalmente aquelas que estudaram até o ensino médio ou graduação universitária. Após análise multivariada, permaneceram no modelo as variáveis idade atual, única dentre os determinantes individuais, evidenciando que o aumento na idade da adolescente, aumenta em 50% a chance de engravidar (OR= 1,5; IC95%: 1,3-1,8); morar na zona urbana da sede do município, que aumentou em 90% a chance de engravidar (OR= 1,9; IC95%: 1,1-3,4) e o fato de realizar algum trabalho, com aumento de 80% (OR=1,8; IC95%: 1,2-2,6), exemplos de determinantes intermediários em saúde. Surgiram como fatores protetores a renda familiar per capita, com diminuição de 30% de chance de gravidez precoce naqueles com maior renda (OR= 0,7; IC95%: 0,6-0,8) e a escolaridade da mãe da adolescente, que diminui em 40% tal chance (OR= 0,6; IC95%: 0,5- 0,9), esses representantes dos determinantes macro-econômicos da pesquisa. Desse modo, a gravidez antes dos 20 anos de idade, entre adolescentes da zona urbana de Sobral (CE), esteve associada a fatores determinantes individuais, como a idade; intermediários, como o trabalho infantil e a zona de residência; e estruturais, como a renda familiar per capita e a escolaridade de suas mães.
Abstract: The aim of the study was to identify associations between teenage pregnancy and some social determinants on health related to socio-demographic, education, religion and labor in adolescents in the city of Sobral-CE, medium-sized municipality in northeast Brazil. This was a prospective study, conducted with 903 adolescents belonging to an original sample of 1638 girls 5-9 years of research conducted in 2000 in the city. We tried to identify how many had become pregnant in the interim 10 years. Of those found, 19.5% had become pregnant as least once in life, including abortion. The average age of those who became pregnant, the pregnancy led to the term and remember the date of delivery (N = 159) was 17.2 years. Analysis was performed, finding an association of teenage pregnancy with current age (OR 1.6, 95% from 1.3 to 1.8), with the repetition of the series (OR = 2.0, 95% CI: 1.4 to 3.1) with performance of work activity (even unpaid) (OR = 2.4, 95% CI 1.7 to 3.4) beyond the protective character of the highest per capita income (OR = 0.6, 95% CI 0.5 to 0.8) and education of the mother of a teenager (OR = 0.5, 95% CI: 0.4-0.7), especially those who studied until high school or university graduate. After multivariate analysis, included the variables age at present, only one of the individual determinants, indicating that the increase in the age of adolescent, 50% increase in the chances of pregnancy (OR = 1.5, 95% CI: 1.3 to 1.8); live in the urban area of headquarters of the city, which increased by 90% the chance of becoming pregnant (OR = 1.9, 95% CI 1.1-3.4) and the fact some work, an increase of 80% (OR = 1.8, 95% CI 1.2 to 2.6), examples of the intermediate determinants of health. Emerged as protective factors in family income, which decreased 30% chance of pregnancy in those with higher income (OR = 0.7, 95% CI 0.6 to 0.8) and education of the mother of the teenager, who decreases by 40% this chance (OR = 0.6, 95% CI: 0.5-0.9), these representatives of the determinants of macro-economic research. Thus, the pregnancy before 20 years of age, adolescents between the village of Sobral (CE), was associated with individual factors such as age, intermediaries such as child labor and area of residence, and structural, such as family income and schooling of their mothers.
Descrição: QUEIROS, Olivan Silva. Determinantes sociais da gravidez na adolescência em um município de porte no nordeste do Brasil : um estudo prospectivo. 2010. 84 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1316
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_osqueiroz.pdf1,17 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.