Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13216
Title in Portuguese: Os discursos do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas: adolescência, sexualidade e subjetivação
Title: The discourses from the Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas: adolescence, sexuality and subjectification
Author: Medeiros, Nathássia Matias de
Advisor(s): Miranda, Luciana Lobo
Keywords: Sexuality
Adolescence
Saúde do Adolescente
Serviços de Saúde do Adolescente – Análise do discurso
Educação Sexual
Adolescentes – Comportamento sexual
Issue Date: 2015
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Medeiros, N. M.; Miranda, L. L. M. (2015)
Abstract in Portuguese: Atualmente, a sexualidade humana tem sido muito discutida e a sexualidade dos adolescentes tem estado sob foco. As práticas nessa área têm sido cada vez mais desenvolvidas pelas escolas através de ações de educação sexual. Uma dessas ações trata-se do projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE), promovido pelos Ministérios da Educação e da Saúde. O projeto já publicou e distribuiu diversos materiais documentais aos alunos, professores e comunidade. Esta dissertação objetivou analisar que sujeito e sexualidade adolescentes o projeto Saúde e Prevenção nas Escolas pretende produzir com os seus materiais documentais voltados à saúde sexual e reprodutiva dos adolescentes. Este trabalho segue uma perspectiva arqueogenealógica de análise do discurso inspirada em Michel Foucault, que considera que os discursos funcionam como práticas e possuem a função de subjetivação. No primeiro capítulo, é feita uma exposição teórica-metodológica sobre as principais noções que guiam este estudo: pesquisar a partir de Foucault, sujeito e subjetividade, sexualidade e análise do discurso, assim como também foram expostos os caminhos e escolhas teórico-metodológicas da pesquisa. No segundo capítulo, foram buscadas algumas pistas históricas sobre os saberes e poderes envolvidos na interlocução entre sexualidade e escola, problematizando-as a partir de um olhar genealógico. O terceiro capítulo trabalhou as diferenças de endereçamento encontradas nos materiais do projeto SPE, assim como as estratégias através das quais ele quer operar. No quarto e último capítulo, uma problematização dos enunciados do projeto foi feita. Foi possível observar que os materiais do SPE são uma rede de diversos discursos, como o pedagógico, jurídico, psicológico e médico, que se organizam, dialogam, anulam, reforçam e fazem emergir um discurso pedagogizado sobre educação sexual. Foi possível concluir que uma luta de forças constante e heterogênea cerca a sexualidade adolescente e a educação sexual nas escolas. O SPE parece querer se afastar de uma perspectiva moral e estritamente biológica da sexualidade, ao mesmo tempo em que busca produzir um adolescente que possua liberdade sexual, mas que seja capaz de exercê-la de forma saudável e com responsabilidade. Produzem-se sexualidades, corpos e subjetividades condizentes com o biopoder, que parece ainda operar na atualidade.
Abstract: Nowadays, the human sexuality has been much discussed and the teenager’s sexuality has been under focus. The practices at this field have been more and more developed by the schools through sexual education’s actions. One of those actions is the project Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE), promoted by the Ministries of Education and Health. The project has already published and distributed many documentary materials to the students, professors and community. This dissertation aimed analyze which teenager subject and sexuality the project Saúde e Prevenção nas Escolas intends to produce with his documentary materials focused on the teenager’s sexual and reproductive health. This work follows an archeogenealogical perspective of the discourse analysis inspired by Michel Foucault, which considerers that the discourses work as practices and have the function of subjectivity production. At the first chapter, it is done a theoretical and methodological exposition about the main notions that guide this study: research with Foucault, subject and subjectivity, sexuality and discourse analysis, and also were exposed the research’s theoretical and methodological paths and choices. At the second chapter, some historical clues were searched about the knowledge and power involved at the interlocution between sexuality and school, questioning them with from a genealogic view. The third chapter worked the differences of addressing found at the materials from the SPE project, as also the strategies through which it wants to operate. At the fourth and last chapter, a questioning of the project’s enunciations was made. It was possible to observe that the materials from the SPE are a network of many discourses, like the pedagogical, juridical, psychological and medical, that organize dialogue, cancel, reinforce between themselves and make emerge a pedagogic discourse about sexual education. It was possible to conclude that a constant and heterogeneous struggle of forces surround the adolescent sexuality and the sexual education at schools. The SPE seems to want to take distance from a moral and strictly biological perspective of sexuality, while seeks to produce a teenager that has sexual liberty, but that is able to exercise it in a healthy and responsible way. Sexualities, bodies and subjectivities consistent with the biopower, that seems to still operate nowadays, are produced.
Description: MEDEIROS, Nathássia Matias de. Os discursos do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas: adolescência, sexualidade e subjetivação. 2015. 225f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Psicologia, Fortaleza (CE), 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13216
Appears in Collections:PPGP - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_dis_nmmedeiros.pdf3,01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.