Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1326
Título: Muito mais do que pe(n)sam : percepções e experiências acerca da obesidade entre usuárias da rede pública de saúde do município Fortaleza-Ceará
Título em inglês: Beyond their weight/thoughts : perceptions and experiences of obese womem assistant of public health services of a municipality of Fortaleza - Ceará
Autor(es): Pinto, Maria Soraia
Orientador(es): Bosi , Maria Lúcia Magalhães
Palavras-chave: Pesquisa Qualitativa
Obesidade
Mulheres
Preconceito
Data do documento: 2009
Citação: PINTO, M. S. (2009)
Resumo: A obesidade é um fenômeno complexo que acomete uma parcela importante da população mundial, em especial as mulheres adultas de menor estrato de renda. A obesidade também pode ser vista como um atributo físico, percebido, interpretado e influenciado pelo sistema social. O objetivo deste estudo foi compreender as percepções e experiências de mulheres usuárias de um centro de saúde da família do município de Fortaleza com diagnóstico de obesidade. Trata-se de uma investigação qualitativa com enfoque fenomenológico-hermenêutico, cuja estratégia metodológica adotada foi a articulação entre as entrevistas em profundidade e a observação livre. Foram realizadas 8 entrevistas com mulheres entre 28 e 56 anos, com média de idade de 44 anos. Todas apresentavam obesidade grau II (IMC= 35,0-39,9kg/m2), e referiram a experiência com o excesso de peso há mais de 5 anos, além disso apresentavam hipertensão, diabetes, dislipidemias e problemas osteomusculares, A maioria era casada, dona de casa e tinham filhos. A média de remuneração familiar observada foi de um a dois salários mínimos. O nível de escolaridade ficou entre o ensino médio e o fundamental incompleto. A categorização do material empírico indicou quatro eixos temáticos, e a partir dos quais foram traçados os eixos centrais de análise. 1) Auto-percepção do corpo; 2) Etnoetiologia da obesidade; 3) Estigma e as Repercussões nas distintas esferas da vida; 4) Trilhando os Caminhos da Cura. Cada eixo temático foi desdobrado em diferentes dimensões. Os resultados revelaram que as mulheres se percebem com excesso de peso, porém não se classificam como obesas. O uso de medicamentos,a alimentação e passagens importantes da vida foram consideradas fundamentais para a explicação do perfil de obesidade no grupo. Sobre as mulheres “pesam” estigmas e discriminações atribuídos a sua aparência. Finalmente para as depoentes a obesidade é uma doença que tem cura. Nesse sentido, o estudo chama atenção para importância da multidimensionalidade da obesidade. Tal compreensão é fundamental para a proposição de planos e estratégias de atendimento no campo das políticas de saúde.
Abstract: The obesity is a complex phenomenon that occurs in an important parcel of the world-wide population, in special in the adult women of lower incomes. The obesity also can be seen as a physical attribute, perceived, interpreted and influenced for the social system. The aim of this study was to understand the perceptions and experiences of women attended in a health family center of the city of Fortaleza with obesity diagnosis. This is study is about a qualitative inquiry with phenomenologic-hermeneutic approach, whose adopted methodology strategy was the joint enters the interviews in depth and the free comment. 8 interviews with women between 28 and 56 years had been carried through, with average of age of 44 years. All presented obesity degree II (BMI= 35,0-39,9kg/m2), and had related the experience with the excess of weight at least for 5 years, moreover they presented hypertension, diabetes, dyslipidemia and osteomuscular problems, the majority was married,house owner and had children. The average of family remuneration was 1-2 minimum wages. The education level was between secondary education and the incomplete fundamental education. The categorization of the empirical material indicated four thematic axles, and from which the axles had been tracings analysis central offices. 1) Body Self-perception ; 2)Etnoethyology of the obesity; 3) Stigma and the Repercussions in the distinct spheres of the life; 4) Treading the Ways of the Cure. Each thematic axle was unfolded in different dimensions. The results had disclosed that the women perceive her excess weight, however they are not classified as obese. The medicine use, the feeding and important moments of life had been considered basic for the explanation of the profile of obesity in the group. Under the women “weigh” stigma and discriminations attributed by their appearance. Finally for the deponents the obesity is an illness that has cure. In this direction, the study it calls attention for importance the multidimensionality of the obesity. Such understanding is basic for the proposal of plans and strategies of attendance in the field of the health politics.
Descrição: PINTO, Maria Soraia. Muito mais do que pe(n)sam : percepções e experiências acerca da obesidade entre usuárias da rede pública de saúde do município de Fortaleza-Ceará . 2009. 113 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1326
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_mspinto.pdf1,1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.