Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1361
Título: Relação do tempo de coagulação com a quantidade de Vibrio na hemolinfa de camarões Litopenaeus vannamei oriundos de três fazendas de cultivo do Estado do Ceará
Título em inglês: Relationship of clotting time with the amount of Vibrio in the hemolymph of Litopenaeus vannamei shrimp from three cultivation farms in Ceará
Autor(es): Vieira, Claudia Brandão
Orientador(es): Gesteira, Tereza Cristina Vasconcelos
Palavras-chave: Camarão - Criação
Carcinicultura - Ceará
Litopenaeus vannamei
Data do documento: 2008
Editor: http://www.teses.ufc.br/
Citação: VIEIRA, C. B. ; GESTEIRA, T. C. V. (2008)
Resumo: A maioria das infecções bacterianas em camarões é causada por bactérias do gênero Vibrio. Essas infecções quando instaladas chegam a provocar altos índices de mortalidade com perdas econômicas significativas nos países produtores. A ocorrência de bactérias na hemolinfa é um indicador de bacteriose generalizada. O presente estudo teve como objetivo relacionar o tempo de coagulação com a presença de Vibrio em amostras de hemolinfas de camarões Litopenaeus vannamei cultivados em três fazendas localizadas no Estado do Ceará, entre o período de outubro de 2005 (seco) e outubro de 2006 (chuva). Foram realizadas 18 coletas, compreendendo uma estação chuvosa e outra de estio. Em cada coleta, foram analisados 10 exemplares de camarão com o tempo de cultivo variando de 60 a 120 dias. O intervalo do tempo de coagulação da hemolinfa nas três fazendas e nos dois períodos variou de cinco a 55 segundos, nos 51 camarões que portavam Vibrio e para os 129 que não exibiram essa bactéria, o intervalo foi de quatro a 57 segundos. A Contagem Padrão em Placas (CPP) de Vibrio das hemolinfa de 51 indíviduos, das três fazendas de cultivo e nos dois períodos, variou de 10 a 28.000 Unidades Formadoras de Colônias (UFC)/mL. Para as fazendas A, B e C os intervalos das CPPs de Vibrio, tanto no período seco, quanto no chuvoso, foram, respectivamente, 1.000 e 10 a 140; 1.000 a 28.000 e 10 a 2.000; e 110 a 1.000 e 10 a 1.605 UFC/mL na hemolinfa. Das 132 cepas isoladas das hemolinfas dos camarões portadores de Vibrio, foram identificadas 13 espécies deste gênero. A maior diversidade de víbrios nas três fazendas foi detectada por ordem decrescente, B, C e A. O período chuvoso favoreceu a contaminação das hemolinfas infectadas com Vibrio. A presença da bactéria na hemolinfa não teve relação com o seu tempo de coagulação.
Abstract: Most of the time, shrimp infection by bacteria is mainly caused by Vibrio. These kinds of infections can bring about high level of mortality with significant economic damages in shrimp-producing countries. When bacteria are located in haemolymph, it indicates a general bacterial infection The purpose of the present study is to relate coagulation time with Vibrio presence in the haemolymph of shrimps reared in three farms located in Ceará State, from October, 2005 (dry period) to October, 2006 (rainy period). In all, 18 samples were withdrawn, in each of which 10 shrimps were analyzed. The cultivation time of the experiment varied from 60 to 120 days. The intervening time of haemolymph coagulation in the farms and in both periods varied in the range of 5 - 55 seconds, in the 51 shrimps infected with Vibrio and, for the remaining ones (129) not infected, the intermission time ranged from 4 to 57 seconds. The Plate Standard Counting (PSC) of Vibrio in haemolymph referring to 51 individuals varied from 10 to 28.000 Colony-Forming Units (CUF/mL). For the farms A, B and C the intervening times of Vibrio PSC in haemolymph in the dry period were, respectively, 1,000, from 10 to 140, and from 1.000 to 28.000; for the rainy period, they varied from 10 to 2,000, from 110 to 1,000 and from 10 to 1,605 CFU/mL. Out of 132 isolated strains of the shrimp haemolymph which contained Vibrio, 13 species were identified. The highest diversity of Vibrio was observed in the following decreasing order of the farms, namely B, C and A, and also that haemolymph contamination was mostly favoured by rainfall. No relationship was found to exist between bacterian presence in the haemolymph and coagulation time.
Descrição: VIEIRA, Claudia Brandão. Relação do tempo de coagulação com a quantidade de Vibrio na hemolinfa de camarões Litopenaeus vannamei oriundos de três fazendas de cultivo do Estado do Ceará. 2008. 69 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1361
Aparece nas coleções:LABOMAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_cbvieira.pdf513,62 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.