Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1367
Título: Biologia populacional de Mellita quinquiesperforata Leske (1778) (ECHINODERMATA: CLYPEASTEROIDA: MELLITIDAE) na praia da Taíba, Ceará, Brasil.
Título em inglês: Population biology of Mellita quinquiesperforata Leske (1778) (Echinodermata: CLYPEASTEROIDA: MELLITIDAE) on the beach of Taiba, Ceara, Brazil.
Autor(es): Dias, Ismália Cassandra Costa Maia
Orientador(es): Barreira, Cristina de Almeida Rocha
Palavras-chave: Mellita quinquiesperforata Leske
Echinodermata
Geologia marinha
Morfodinâmica praial
Data do documento: 2008
Editor: http://www.teses.ufc.br/
Citação: DIAS, I. C. C. M. ; BARREIRA, C. de A. R. (2008)
Resumo: Aspectos da biologia populacional de Mellita quinquiesperforata foram estudados na praia da Taíba, Ceará (03º30,125’S; 038º54,469’W), no período de junho de 2006 a agosto de 2007. A altura, período das ondas, temperatura, salinidade e granulometria foram registrados. Os dados de pluviosidade foram obtidos através da Fundação Cearense de Metereologia e Recursos Hídricos (FUNCEME). Perfis de praia, parâmetros adimensional de Dean (Ω) e escalar da arrebentação (Σ), Índices da Praia (BI) e da Extensão Relativa da Maré (RTR) foram calculados para a descrição do estado morfodinâmico praial. Os animais foram coletados através de arrastos perpendiculares à praia, divididos em duas faixas de coleta (0-30m e 30-60m de distância da zona de varrido das ondas). Para a análise do ciclo reprodutivo, foram retiradas, mensalmente, as gônadas de 30 indivíduos adultos com largura superior a 40mm, 20 delas para o processamento histológico e 10 para o Índice Gonadal (IG). As células iniciais e os estágios de desenvolvimento gonadal foram caracterizados, e cerca de 100 ovócitos foram medidos por mês. As médias do IG foram testadas através da análise de variância unifatorial (ANOVA). Os indivíduos coletados foram divididos em classes de tamanho com 20mm de amplitude. Para a análise da distribuição espacial foi calculada a densidade média por faixa de coleta e os valores foram plotados no software Sigma Plot® (versão 10.0). Histogramas de freqüências de classes de 5mm (largura) foram analisados com o auxílio do software FISAT II (Versão 1.2.2) para a determinação dos parâmetros da curva de crescimento, recrutamento e mortalidade. Análises de correlação de Spearman (STATISTICA® versão 6.0) relacionaram os parâmetros ambientais com a densidade e com os estágios do desenvolvimento gonadal. Salinidade e pluviosidade apresentaram variações significativas durante o período de estudo e a classificação média do sedimento foi composta por areia fina. Os valores do parâmetro de Dean (Ω) e do BI classificaram a praia como intermediária, com perfis topográficos apresentando diferenças durante o estudo. Os valores do parâmetro escalar da arrebentação indicaram dissipação das ondas, e o RTR indicou a ação das marés como principal modificadora dos perfis de praia. Diferenças na coloração das gônadas puderam caracterizar macroscopicamente o sexo; as fêmeas apresentaram gônadas de cor lilás, enquanto que os machos, cor creme. As células da linhagem germinativa e o padrão de desenvolvimento foram semelhantes aos equinóides em geral, com um ciclo reprodutivo caracterizado pela freqüência de indivíduos em estágio de reserva de nutrientes. De modo geral, machos e fêmeas apresentaram sincronismo no desenvolvimento gonadal. A alocação de nutrientes está relacionada à manutenção da espécie na zona de surfe e ao investimento no tamanho do gameta feminino. A densidade dos organismos apresentou diferenças significativas ao longo do estudo (p<0,01); o mês de novembro de 2006 apresentou a maior densidade, caracterizando o evento do recrutamento. Não houve diferença significativa na distribuição dos organismos dentre as faixas, embora exista uma tendência à separação de jovens e adultos, estando os primeiros mais próximos à linha de costa. Apenas os organismos entre 60-80mm foram mais abundantes significativamente na faixa 2 (30-60m). Foi verificada uma alta taxa de crescimento e mortalidade para a espécie, com longevidade estimada de 2,36 anos. A salinidade apresentou correlação positiva significativa com a densidade, enquanto a pluviosidade apresentou correlações com os estágios do desenvolvimento gonadal. Os resultados sugerem que em Mellita quinquiesperforata os fatores ambientais são tão importantes quanto as demandas fisiológicas.
Abstract: Population biology aspects of Mellita quinquiesperforata were studied in Taíba Beach, state of Ceará (03º30,125’S; 038º54,469’W) between June of 2006 and August of 2007. Wave height, period, temperature, salinity and granulometry were registered. Pluviosity data was obtained from Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (FUNCEME). Cross-shore profile, Dimentionless Dean’s Parameter (Ω), Surf Scale Parameter (Σ), Beach Index (BI) and Relative Tidal Range (RTR) were calculated for the morphodynamic beach description. Animals were sampled using a dredge perpendicular to the beach, divided into two line-transects (0 – 30 m and 30 – 60 m distant from the wave washing-zone). Monthly, the gonads of 30 adults with width superior to 40 mm were removed for the reproductive cycle analyses, 20 for histological processing and 10 for Gonad Index (GI), respectively. The initial cells and the gonad development stages were characterized and the average of 100 oocytes were measured a month. GI means were tested through unifatorial analysis of variance (ANOVA). Individuals were divided in size classes of 20 mm amplitude. Values of spatial distribution were calculated using the mean density in the sampling line-transect, results were plotted using the software Sigma Plot® (10.0 version). Frequency class histograms of 5 mm (wide) were analyzed using software FISAT II (1.2.2 version) for determination of growth, recruitment and mortality. Spearman correlation analysis (STATISTICA® 6.0 version) compared environmental parameters with density and the gonad development stages. Salinity and pluviosity presented significant variations during the study period and average classification of the sediment was composed by fine sand. Dean’s parameter (Ω) and BI values classified the beach as intermediate, with topographic profile presenting differences during the study. The values of the surf scale parameter indicated a dissipation of waves and the RTR indicated the tidal action as the main modifier of the beach profile. Differences in the gonad colour could macroscopicaly classify gender; females presented lilac coloured gonad and males presented creamy coloured gonad. Germinative cells lineage and development patterns were similar, in general, to echinoids, with reproductive cicle characterized by the frequency of individuals in the nutrient reserve stage. In general, males and females presented synchronism in the gonadal development. The allocation of nutrients is related to the maintenance of the species in the surf-zone and the investment in the size of the females gamete. Organism densities presented significant differences (p < 0,01) along the study period; the month of november of 2006 presented highest density, characterizing the recruitment event. There were no significant differences in the organisms distribution along the transect-lines, although there is a tendency to separate juveniles from adults, where the former are nearest to the shoreline. Only 60 – 80 mm organisms were significantly more abundant in the transect-line 2 zone (30 – 60 m). It was observed a high growth rate and mortality for this species with longevity estimated in 2.36 years. Salinity was positively correlated with density, while pluviosity presented correlation with the gonad development stages. Results suggests that for Mellita quinquiesperforata the environmental factors are as important as the physiological demand.
Descrição: DIAS, Ismália Cassandra Costa Maia. Biologia populacional de Mellita quinquiesperforata Leske (1778) (ECHINODERMATA: CLYPEASTEROIDA: MELLITIDAE) na praia da Taíba, Ceará, Brasil. 2008. 143 f. Dissertação (Mestrado em Ciencias Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1367
Aparece nas coleções:LABOMAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_iccmdias.pdf4,52 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.