Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1371
Título: Desenvolvimento de juvenis recentes de lagosta espinhosa Panulirus argus (Latreille, 1804) (Crustacea, Decapoda, Palinuridae) submetidos a diferentes temperaturas em condições de laboratório
Título em inglês: Recent Development of juvenile spiny lobster Panulirus argus (Latreille, 1804) (Crustacea, Decapoda, Palinuridae) under different temperatures under laboratory conditions
Autor(es): Lourenço, Jullyermes Araújo
Orientador(es): Igarashi , Marco Antonio
Palavras-chave: ENGENHARIA DE PESCA
Cultivo
Lagostas
Panulirus argus
Laboratório
Temperatura
Lagosta - Criação
Data do documento: 16-Dez-2006
Citação: LOURENÇO, J. A. (2006)
Resumo: Devido a grande importância econômica da lagosta espinhosa para a Região Nordeste, principalmente para o Estado do Ceará e também pela sobrexplotação em que esse crustáceo encontra-se atualmente, o Centro de Tecnologia em Aqüicultura do Departamento de Engenharia de Pesca da Universidade Federal do Ceará, vêm realizando pesquisas com o intuito de contribuir para o estabelecimento de uma metodologia básica de cultivo para lagosta em laboratório. Dessa forma, o objetivo da presente pesquisa foi verificar a influência de cinco diferentes temperaturas no desenvolvimento de juvenis recentes da lagosta espinhosa Panulirus argus em laboratório, sendo estas delineadas da seguinte forma: 24, 26, 28, 30 e 32 ºC, resultando em cinco tratamentos com quatro repetições, totalizando 20 indivíduos, sendo dado um caráter inteiramente casualizado ao experimento. Os juvenis foram coletados em marés baixas de sizígia (- 0,1 e 0,0 m) através de mergulho e puçá plástico nas imediações da Ponte dos Ingleses, Praia de Iracema, Fortaleza, Ceará, Brasil, onde apresentaram inicialmente peso médio, comprimento médio do cefalotórax e comprimento médio total de 2,680 g; 13,8 mm e 40,4 mm, respectivamente. O desenvolvimento dos indivíduos foi determinado através de análises e observações dos parâmetros de crescimento em peso e comprimento, número de mudas, período de intermudas e taxa de sobrevivência. O procedimento experimental foi realizado em cinco caixas de polietileno medindo 37 x 55,5 cm, com capacidade para 30 L de água, cada. Foram colocados filtros biológicos e aeração artificial para melhorar a qualidade e a taxa de oxigênio dissolvido da água, ambos acoplados a compressores de ar para aquários. O experimento teve duração de 180 dias, sendo realizadas biometrias mensais, observando-se o crescimento e o ganho em peso, bem como, o comportamento dos indivíduos. A alimentação foi composta pelo molusco Tegula sp. e náuplios recém eclodidos de Artemia franciscana na proporção de 2 náuplios/ml, ofertada uma vez ao dia até a saciedade dos juvenis. A temperatura da água foi mantida constante através de aquecedores termostatos, e, os valores de pH e salinidade controlados sempre que necessário com trocas parciais de água. Ao final do experimento, obteve-se os seguintes percentuais de sobrevivência: 75%, 100%, 100% e 75% para os tratamentos 24, 26, 28 e 30 ºC, respectivamente, sendo que os indivíduos pertencentes ao tratamento 32 ºC morreram antes de completar um mês de cultivo. Os valores médios de pH e salinidade para os tratamentos 24, 26, 28 e 30ºC, foram: 7,86 ± 0,31; 7,56 ± 0,3; 7,91 ± 0,31; 7,67 ± 0,31 e 38,6 ± 1,3‰; 38,6± 1,1‰; 38,8 ± 0,9‰; 38,8 ± 1‰, respectivamente, permanecendo dentro da faixa de normalidade segundo o Teste de Kolmogorov-Smirnov e iguais estatisticamente através do Teste t-Student (µ = 0,05). Os dados biométricos finais para os tratamentos 24, 26, 28 e 30 ºC, foram: 5,104 g, 24,3 mm e 52,1 mm; 8,345 g, 29,8 mm e 63,6 mm; 9,129 g, 32,7 mm e 69,9 mm; 5,971 g, 23,2 mm e 52,8 mm para o peso, comprimento do cefalotórax e comprimento total, respectivamente. Foi observado ainda, um total de 39 mudas no experimento, sendo oito para o tratamento 24 ºC, dez para o tratamento 26 ºC, treze para o tratamento 28 ºC e oito para o tratamento 30 ºC. Os procedimentos estatísticos mostraram que houve diferença estatística significativa entre os tratamentos ao final do experimento, comprovado através da ANOVA e do Teste de Tukey (P < 0,05), sendo analisadas as médias de peso e dos comprimentos, bem como, os percentuais dos incrementos em crescimento e período de intermudas dos indivíduos. A taxa de sobrevivência final não apresentou diferença estatística significativa através do Teste do Qui-Quadrado (P > 0,05). Analisando os dados separadamente, podemos concluir que o tratamento 28 ºC representou a melhor temperatura em relação ao desenvolvimento de juvenis recentes de P. argus em ambiente controlado, quando comparado às temperaturas 24, 26, 30 e 32 ºC sob as mesmas condições. Existe um consenso por parte da comunidade científica e de empresários vinculados ao setor lagosteiro que são necessários mais estudos sobre o cultivo de lagostas, cujo objetivo maior é implantar um projeto piloto sustentável no ambiente marinho, visando gerar emprego e renda para as comunidades locais e também aumentar a oferta desse recurso no mercado, pois sua pesca já se encontra com fortes declínios de produção
Abstract: Because of the great economic importance of the spiny lobster in North-east Brazil, mainly in Ceara State and also most fisheries are overexploited, Aquaculture Technology Center, Federal University of Ceara has been directed research towards essential technical design for basic methodology to the culture of spiny lobster in laboratory. Then, the objective of the present study is to verify the influence of five differents temperature in development of early juvenile spiny lobster Panulirus argus in laboratory. An entirely random delineation was applied: 24, 26, 28, 30 e 32 ºC, resulting in 5 treatments, repeated 4 times, coming to a total of 20 individuals, Recent offspring of P. argus lobster were captured with a plastic fish trap in the low tides of spring tides (0.0 and – 0.1m) near English bridge, Iracema Beach, Fortaleza, Ceara, Brazil. The initial average weight (g), average cephalotorax (mm) and total (mm) length of spiny lobsters were 2.680g; 13.8mm e 40.4mm, respectively. The individuals development was determined through the analyses and observations of the following parameters: increments in weight and length, number of molts, intermolt periods and survival rate. Chemical and physical parameters, biometric data, number and frequency of molts per individual, survival rate were analyzed for the determination of statistical tests. The experiment was conducted in 5 polyethylene box, measuring 37 x 55.5 cm, with capacity each for 30 liters of water. The spiny lobster culture system was provided with biological filter and artificial aeration to improve water quality. The experiment was carried out during 180 days. Biometric data was recorded every month, observing behavior, weight and length of individuals. Animals were fed on mollusk Tegula sp. and live Artemia nauplii consisting of 2 nauplius/ml. The juvenile were fed once a day. Water temperature was maintained constant by a heater with thermostat. When necessary, the value of pH and salinity was maintained changing part of culture water. At the end of experiment, survival rate were 75%, 100%, 100% e 75% for the treatments 24, 26, 28 e 30 ºC, respectively. The individuals died within one month for the treatment 32 ºC. The average value of pH and salinity for the treatments 24, 26, 28 e 30 ºC, were: 7.86 ± 0.31; 7.56 ± 0.3; 7.91 ± 0.31; 7.67 ± 0.31 e 38.6 ± 1.3‰; 38.6± 1.1‰; 38.8 ± 0.9‰; 38.8 ± 1‰, respectively, remaining within the normal level according to the Kolmogorov- Smirnov test and statistically equal through t-Student test (µ = 0.05). The final biometric data for the treatments 24, 26, 28 and 30 ºC, were: 5.104 g, 24.3 mm and 52.1 mm; 8.345 g, 29.8 mm and 63.6 mm; 9.129 g, 32.7 mm and 69.9 mm; 5.971 g, 23.2 mm and 52.8 mm for the weight, cephalotorax and total lengths. It was observed yet in the experiment, a total of 39 molts, 8 for the treatment 24 ºC, 10 for the treatment 26 ºC, 13 for the treatment 28 ºC and 8 for the treatment 30 ºC. The statistical procedure ANOVA and Tukey Test (P < 0.05) at the end of experiment showed that there were significant differences among the treatments being analyzed average weight and length, increments percentage in growth and intermolt period of the individuals. The final survival rate didn´t showed statistical significant differences with Qui-Quadrado test (P > 0.05). We can concluded that the treatment 28 ºC represented the best temperature in relation to the development of early juveniles P. argus in controled environment, when the temperature 24, 26, 30 e 32 ºC were compared under the same condition. There is a consensus of opinion of the scientific communities and businessman linked to the fishing enterprises which more research is needed on the culture of the spiny lobster, whose main objective is to develop a pilot project economically feasible in marine environment, contributing to the generation of profitable activity and employment to the local communities and also increasing yields and delivered to markets. Thus assuming that growth overfishing is bound to be the main cause of decline in the catch of spiny lobster
Descrição: LOURENÇO, Jullyermes Araújo. Desenvolvimento de juvenis recentes de lagosta espinhosa Panulirus argus (Latreille, 1804) (Crustacea, Decapoda, Palinuridae) submetidos a diferentes temperaturas em condições de laboratório. 2006. 147f. Dissertação(Mestrado em Engenharia de Pesca) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1371
Aparece nas coleções:PPGENP - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006-dis-jalourenco.pdf6,96 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.