Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13720
Title in Portuguese: Desenvolvimento do extrato seco padronizado por Spray-drying de Amburana cearensis A. C. Smith (CUMURU): otimização, caracterização e avaliação farmacológica
Title: Extract of development standard for dry spray drying of Amburana cearensis AC Smith (Cumuru) : optimization, characterization and evaluation drug
Author: Araruna, Sandra Miranda
Advisor(s): Leal, Luzia Kalyne Almeida Moreira
Keywords: Antioxidantes
Farmacologia
Issue Date: 2013
Citation: ARARUNA, Sandra Miranda. Desenvolvimento do extrato seco padronizado por Spray-drying de Amburana cearensis A. C. Smith (CUMURU): otimização, caracterização e avaliação farmacológica. 2013. 100 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento e Inovação Tecnológica em Medicamentos) – Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013.
Abstract in Portuguese: Amburana cearensis (Fabaceae) é uma árvore silvestre, típica da caatinga nordestina, conhecida popularmente como cumaru ou imburana-de-cheiro. Sua casca do caule é utilizada na medicina tradicional principalmente no tratamento da asma, tosse e bronquite. Estudos químicos e farmacológicos têm permitido caracterizar o cumaru, com definição de princípios ativos, como a cumarina e o amburosídio A, e do seu potencial anti-inflamatório, antioxidante e relaxante do músculo liso traqueal de roedores. Diante do exposto o objetivo do presente estudo foi prosseguir os estudos farmacêuticos com a casca do caule de Amburana cearensis relacionado ao desenvolvimento e a caracterização do extrato seco por spray drying de Amburana cearensis, incluindo validação de método analítico e avaliação farmacológica não clínica. Inicialmente, foi desenvolvido método para quantificação dos teores dos marcadores químicos, Amburosidio A (AMB) e cumarina (CM), por cromatografia líquida de alta eficiência acoplada ao detector de arranjo de diodos (CLAE-DAD). O método foi validado (Brasil, ANVISA RE 899, 2003), com estabelecimento dos seguintes parâmetros de performance: especificidade, linearidade, precisão, exatidão e avaliação da robustez. Na etapa seguinte foram investigadas a influência de alguns parâmetros (temperatura do ar de entrada: 100ºC, vazão de alimentação: 1l/h e taxa de fluxo de ar: 40l/h) no processo de secagem do extrato etanólico de cumaru por spray-drying com auxílio do planejamento fatorial 23 empregando como resposta: concentração dos marcadores, umidade e rendimento do processo. O método selecionado produziu um extrato com o melhor teor de marcadores (AMB: 74.54±1.45 e CM: 26.23±1.20 mg/g extrato), teor de umidade aceitável e um máximo rendimento (41.10±1.45 %). Ademais, o presente extrato foi submetido a novos ensaios para caracterização tecnológica (higroscopicidade, atividade da água, propriedades reológicas, morfologia, tamanho de partícula e avaliação microbiológica). O extrato seco de cumaru (100; 200 and 400 μg/mL) padronizado mostrou atividade sequestradora do radical DPPH. Por outro lado, ao contrário da vitamina C (padrão) o extrato não foi capaz de sequestrar o ânion superóxido. O tratamento de camundongos com extrato de cumaru (100 e 200 mg/Kg, v.o.) reduziu significativamente as duas fases de nocicepção induzida pela formalina, apresentando melhores respostas na 2ª fase (inflamatória). Os resultados obtidos no presente estudo permitiram agregar novas tecnologias na produção de produtos derivados de Amburana ceraensis, produzindo um extrato seco por spray-drying padronizado (CLAE-DAD), incluindo caracterização tecnológica, além da comprovação de propriedades farmacológicas do produto que são de interesse para o tratamento de doenças inflamatórias, como a asma.
Abstract: Amburana cearensis (Fabaceae) é uma árvore silvestre, típica da caatinga nordestina, conhecida popularmente como cumaru ou imburana-de-cheiro. Sua casca do caule é utilizada na medicina tradicional principalmente no tratamento da asma, tosse e bronquite. Estudos químicos e farmacológicos têm permitido caracterizar o cumaru, com definição de princípios ativos, como a cumarina e o amburosídio A, e do seu potencial anti-inflamatório, antioxidante e relaxante do músculo liso traqueal de roedores. Diante do exposto o objetivo do presente estudo foi prosseguir os estudos farmacêuticos com a casca do caule de Amburana cearensis relacionado ao desenvolvimento e a caracterização do extrato seco por spray drying de Amburana cearensis, incluindo validação de método analítico e avaliação farmacológica não clínica. Inicialmente, foi desenvolvido método para quantificação dos teores dos marcadores químicos, Amburosidio A (AMB) e cumarina (CM), por cromatografia líquida de alta eficiência acoplada ao detector de arranjo de diodos (CLAE-DAD). O método foi validado (Brasil, ANVISA RE 899, 2003), com estabelecimento dos seguintes parâmetros de performance: especificidade, linearidade, precisão, exatidão e avaliação da robustez. Na etapa seguinte foram investigadas a influência de alguns parâmetros (temperatura do ar de entrada: 100ºC, vazão de alimentação: 1l/h e taxa de fluxo de ar: 40l/h) no processo de secagem do extrato etanólico de cumaru por spray-drying com auxílio do planejamento fatorial 23 empregando como resposta: concentração dos marcadores, umidade e rendimento do processo. O método selecionado produziu um extrato com o melhor teor de marcadores (AMB: 74.54±1.45 e CM: 26.23±1.20 mg/g extrato), teor de umidade aceitável e um máximo rendimento (41.10±1.45 %). Ademais, o presente extrato foi submetido a novos ensaios para caracterização tecnológica (higroscopicidade, atividade da água, propriedades reológicas, morfologia, tamanho de partícula e avaliação microbiológica). O extrato seco de cumaru (100; 200 and 400 μg/mL) padronizado mostrou atividade sequestradora do radical DPPH. Por outro lado, ao contrário da vitamina C (padrão) o extrato não foi capaz de sequestrar o ânion superóxido. O tratamento de camundongos com extrato de cumaru (100 e 200 mg/Kg, v.o.) reduziu significativamente as duas fases de nocicepção induzida pela formalina, apresentando melhores respostas na 2ª fase (inflamatória). Os resultados obtidos no presente estudo permitiram agregar novas tecnologias na produção de produtos derivados de Amburana ceraensis, produzindo um extrato seco por spray-drying padronizado (CLAE-DAD), incluindo caracterização tecnológica, além da comprovação de propriedades farmacológicas do produto que são de interesse para o tratamento de doenças inflamatórias, como a asma. Palavras chaves:
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13720
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PGDITM - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_tese_smararuna.pdf2,06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.