Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1422
Título: A mineração de agregados na região metropolitana de Fortaleza: impactos ambientais e conflitos de uso e ocupação do solo
Título em inglês: The mining of aggregates in the metropolitan region of Fortaleza: environmental impacts and use conflicts and land use
Autor(es): Batista, Clístenes Teixeira
Orientador(es): Veríssimo, César Ulisses Vieira
Palavras-chave: GEOCIENCIAS
Mineração
Crescimento Urbano
Zoneamento Ambiental
Agregados (Materiais de construção)
Solo - Uso
Impacto ambiental - Avaliação
Data do documento: 22-Jul-2010
Citação: BATISTA, C. T. (2010)
Resumo: A Região Metropolitana de Fortaleza possui grande potencial natural e socioeconômico para o desenvolvimento da mineração de agregados. A diversidade litológica garante boa oferta desse material de uso imediato na construção civil e o crescimento econômico associado à demanda reprimida por construções habitacionais e ainda, as deficiências da estrutura urbana formam o cenário favorável á expansão dessa atividade na região. A mineração é uma atividade de impactos ambientais no meio físico e no meio socioeconômico notórios, tanto positivos como adversos. É responsável pela geração de empregos e receita pública, é uma atividade imprescindível ao crescimento de outros ramos da economia e no desenvolvimento urbano e, ao mesmo tempo, provoca sérias alterações na paisagem e no meio ambiente. Na Região Metropolitana de Fortaleza, muitas empresas de mineração não seguem os cuidados necessários nas suas atividades para mitigar os impactos que ela causam no seu entorno. Outro ponto crítico é a questão dos conflitos de uso e ocupação do solo. A mineração disputa com outras formas de ocupação e atividades como a indústria, a agricultura e o próprio crescimento da malha urbana, espaço territorial na região. Somam-se a isso, as limitações naturais do meio físico da região metropolitana e as áreas de interesse ambiental na forma de Unidades de Conservação e Áreas de Preservação Permanente, onde a mineração deve ser proibida ou executada com limitações mais rigorosas. A Região Metropolitana de Fortaleza possui um bom conjunto de áreas de interesse ambiental legalmente instituídas, mas carece de planejamento territorial que leve em conta a importância da mineração no crescimento da região e amenize ou evite os conflitos de uso e ocupação do solo, assegurando a oferta dos agregados à economia local, insumo básico ao seu crescimento.
Abstract: The Metropolitan Area of Fortaleza has great potential natural and economic for the development of mining of aggregates. Diversity of lithology ensures good supply of material for immediate use in civil construction and economic growth associated pent-up demand by building housing and also the deficiencies, of urban structure form the scenery favorable to expansion of this activity in the region. It is a activity of environmental impacts in the physical and social, both positive and adverse. Is responsible for the generation of jobs and revenue publics, an activity very important the growth of other branches of economy and urban development and at the same time causes serious changes on landscapes and environment. In The Metropolitan Area of Fortaleza, many companies do not observe care in their activities to mitigate the consequences it can have on their surroundings. Another important is the conflicts of soil use. The mining dispute with other forms of occupation and activities such as industry, agriculture and the urban growth, territorial space in the region. Added to this, limitations natural and physical environment of regions and metropolitan areas of environmental interest in the form of Units Conservation e Areas of Permanent Preservation, where mining should be prohibited or limitations performed with more stringent. The Metropolitan Area of Fortaleza has a good set of areas of environmental interest established legally, but lacks territorial planning that takes into account the importance of mining in the growth of regions reduce or avoid conflicts of use and occupancy of the soil, ensuring the supply of aggregates the local economy, input to its growth.
Descrição: BATISTA, Clístenes Teixeira. A mineração de agregados na região metropolitana de Fortaleza: impactos ambientais e conflitos de uso e ocupação do solo. 2010. 147f. Dissertação(Mestrado em Geologia)- Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1422
Aparece nas coleções:DGL - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010-dis-ctbatista.pdf9,88 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.