Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1430
Título: Envelhecimento artificial, osmocondicionamento e estresse osmótico em sementes de sorgo: parâmetros fisiológicos, bioquímicos e citoquímicos
Título em inglês: Artificial aging, osmoconditioning and osmotic stress in sorghum seeds: physiological, biochemical and cytochemical parameters
Autor(es): Oliveira, Alexandre Bosco de
Orientador(es): Gomes Filho , Enéas
Palavras-chave: FITOTECNIA
Sorghum bicolor
envelhecimento acelerado
priming
resistência à salinidade
germinação
Data do documento: 22-Mar-2010
Citação: OLIVEIRA, A. B. (2010)
Resumo: Esta pesquisa foi realizada visando a obtenção de dados básicos que possam auxiliar na compreensão dos mecanismos fisiológicos, bioquímicos e citoquímicos responsáveis pela deterioração de sementes envelhecidas, revigoração daquelas osmocondicionadas e inibição da germinação e estabelecimento de plântulas de sorgo sob condições de estresse salino, bem como estudar alguns dos mecanismos de adaptação ao estresse. No primeiro capítulo foram avaliados os efeitos dos estresses hídrico (0, -0,2, -0,4 e -0,8 MPa) e salino (0, 75, 150 e 300 mM de NaCl) na germinação e vigor de sementes de dois genótipos de sorgo forrageiro (CSF 18 e CSF 20). No segundo e terceiro capítulo, a fim de avaliar a qualidade fisiológica das sementes em laboratório e o estabelecimento de plântulas de sorgo no campo, respectivamente, utilizou-se um delineamento experimental inteiramente casualizado com quatro repetições, no esquema fatorial 2 x 2, constando de quatro tratamentos: 1. sementes envelhecidas; 2. sementes não envelhecidas; 3. sementes envelhecidas e condicionadas osmoticamente e 4. sementes não envelhecidas e condicionadas osmoticamente. No quarto trabalho foram avaliadas a absorção de água, germinação e crescimento inicial de plântulas oriundas de semente envelhecidas, osmocondicionadas e sob estresse salino (0, 100, 200 ou 300 mM de NaCl). No quinto capítulo foram realizadas análises citoquímicas em sementes de sorgo submetidas aos tratamentos descritos no quarto capítulo, contudo sob salinidade de apenas 100 mM. Os mesmos tratamentos foram utilizados no sexto capítulo para avaliar o efeito desses fatores sobre o estabelecimento das plântulas, absorção de íons, acúmulo de solutos orgânicos, peroxidação de lipídios e alterações no sistema enzimático antioxidativo em plântulas cultivadas sob hidroponia na presença ou ausência de NaCl. Os genótipos de sorgo apresentam tolerância diferencial aos estresses osmóticos provocados pelo PEG-6000 e pelo NaCl, sendo que a sensibilidade aos mesmos varia em função do estádio de desenvolvimento da planta. O envelhecimento artificial e o estresse salino promovem efeitos prejudiciais à germinação, vigor e estabelecimento de plântulas de sorgo, os quais podem ser parcialmente atenuados com a técnica do condicionamento osmótico de sementes. O estresse salino provoca reduções significativas na qualidade fisiológica das sementes e no crescimento inicial das plântulas de sorgo, provocando algumas alterações citoquímicas nas sementes e várias alterações fisiológicas e bioquímicas em plântulas sob cultivo hidropônico.
Abstract: This research was carried out in order to obtain basic data that can help them understand the physiological, biochemical and cytochemical responsible for the deterioration of aged seeds, reinvigoration of those primed and inhibition of germination and seedling establishment of sorghum under salt stress and study some of the mechanisms of adaptation to stress. The first chapter studies the effects of water stress (0, -0.2, -0.4 and -0.8 MPa) and saline (0, 75, 150 and 300 mM NaCl) on germination and seed vigor two genotypes of sorghum (CSF 18 and CSF 20). In the second and third chapter, to assess the quality of the seeds in the laboratory and the establishment of sorghum seedlings in the field, respectively, used a completely randomized design with four replications and a 2 x 2, consisting of four treatments: 1. aged seeds, 2. aging seeds 3. aged seeds and osmotically conditioned and 4. aging seeds and osmotically conditioned. In the fourth study we evaluated the water uptake, germination and early growth of seedlings derived from seeds aged, primed and under salt stress (0, 100, 200 or 300 mM NaCl). In the fifth chapter cytochemical tests were performed on seeds of sorghum subjected to the treatments described in the fourth chapter, but under a salinity of only 100 mM. The same treatments were used in the sixth chapter to evaluate the effect of these factors on seedling establishment, absorption of ions, organic solutes accumulation, lipid peroxidation and changes in enzymatic antioxidant system in seedlings grown in hydroponics in the presence or absence of NaCl. The sorghum genotypes show differential tolerance to osmotic stress caused by PEG-6000 and by NaCl, and the sensitivity to them varies depending on the stage of plant development. The artificial aging and salt stress promote adverse effects on germination, vigor and stand establishment of sorghum, which can be partly alleviated by the technique of priming seeds. Salt stress leads to significant reductions in the quality of the seeds and early growth of sorghum seedlings, causing some cytochemical changes in the seeds and various biochemical and physiological changes in seedlings under hydroponic cultivation.
Descrição: OLIVEIRA, Alexandre Bosco de. Envelhecimento artificial, osmocondicionamento e estresse osmótico em sementes de sorgo: parâmetros fisiológicos, bioquímicos e citoquímicos. 2010. 231f. Tese(Doutorado em Agronomia/Fototecnia)- Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1430
Aparece nas coleções:PPGFIT - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010-tese-aboliveira.pdf7,15 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.