Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14371
Title in Portuguese: Formação feminina no Internato de Bor (1933-2011) na Guiné-Bissau: reflexos na educação da sociedade guineense contemporânea
Author: Cá, Cristina Mandau Ocuni
Advisor(s): Cavalcante, Maria Juraci Maia
Keywords: Educação feminina – África
Mulheres – Condições sociais – África
Educação feminina – História – Guiné-Bissau
Boarding Bor
Colonial period and after independence
Issue Date: 2015
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: CÁ, Cristina Mandau Ocuni. Formação feminina no Internato de Bor (1933-2011) na Guiné-Bissau: reflexos na educação da sociedade guineense contemporânea. 2015. 293f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2015.
Abstract in Portuguese: Esta pesquisa trata da formação feminina oferecida no Internato de Bor, na Guiné-Bissau, no período de 1933 a 2011, e dos seus reflexos na sociedade guineense contemporânea. Tem apoio no debate teórico estabelecido no campo da história da educação e da educação comparada, através dos estudos de António Nóvoa e Maria Juraci Maia Cavalcante, que entendem instituições escolares, como movidas por processos sociais maiores que colocam em circulação ideias e modelos de educação, especialmente, em situações que envolvem relações coloniais entre diferentes nações e tradições culturais. Utiliza fontes documentais, historiográficas, iconográficas e orais para reconstituir a trajetória do Internato de Bor, entre o período da colonização portuguesa e a independência da Guiné-Bissau. Apresenta como resultados, os seguintes aspectos a destacar: 1) a instituição escolar estudada integrou uma missão católica dirigida pela ordem franciscana na Guiné portuguesa, com a finalidade de promover a assimilação do indígena; 2) a estrutura administrativa, processo de seleção dos internos, a rotina diário do Internato, o modelo de formação oferecido à infância desvalida, o motivo da sua criação e a origem social das crianças e adolescentes recebidadas; 3) a mudança de nome e organização do Internato, configurado numa cronologia que comporta mudanças políticas havidas, entre o período colonial, a guerra da independência e a construção da nova sociedade guineense; 4) as diferenças culturais existentes, entre o projeto missionário do período colonial e os moradores das zonas rurais, por meio de relatos sobre processo educacionais e memórias de mulheres em relação ao casamento poligâmico; 5) conflitos advindos de códigos culturais distintos implantados pela colonização portuguesa em confronto na Guiné-Bissau contemporânea, em relação ao casamento e o uso da língua portuguesa. Esse conjunto articulado de achados permite lançar luzes para se entender os dilemas hoje existentes, no campo social, político e educacional mais amplo da sociedade guineense.
Abstract: This research deals with the female training offered in Internship Bor in Guinea-Bissau in the period 1933-2011, and its effects on contemporâea Guinean society. Has support in the theoretical debate established in the field of the history of education and comparative education, the studies of Antonio Nóvoa and Maria Juraci Maia Cavalcante, who understand educational institutions as part of larger societies process that puts outstanding ideas and models of education, especially, in situations involving colonial relations between different nations and cultural traditions. Uses documentary, historiographical, iconographic and oral sources to reconstruct the trajectory of the Internship Bor, between the period of Portuguese colonization and independence of Guinea-Bissau. Reveals that: 1) the educational institution studied entegrou a Catholic mission run by the Franciscan order in Portuguese Guinea in order to promote the indigenous assinalização; 2) the administrative structure, internal selection process, the daily routine of the internship, the training model offered to needy children, the reason for its creation and the social background of children and adolescents recebidadas; 3) the change of name and internship organization set a timeline that holds havidas change policies between the colonial period, the war of Indepedencia and construction of the new Guinean society; 4) cultural differences between the missionary project of the colonial period and morradores of rural areas, through accounts of educational process and memories of women in relation to polygamous marriage; 5) conflicts arising from different cultural codes implemented by the Portuguese colonization in confrontation in contemporary Guinea-Bissau, in relation to marriage and the use of the Portuguese language, which allow us to understand the existing dilemmas in the social field and wider educational.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14371
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_tese_cmoca.pdf10,14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.