Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14629
Title in Portuguese: Dos fotogramas ao cinema menor: dispositivos, montagem e movimentos na obra de Solon Ribeiro
Title: From the film frames to the minor cinema: apparatus, montage and movements in Solon Ribeiro’s work
Author: Brito, Annádia Leite
Advisor(s): Anjos Júnior, Moacir Tavares Rodrigues dos
Keywords: Ribeiro,Solon,1960- - Crítica e interpretação
Ribeiro,Solon,1960- - Exposições
Fotogramas - Exposições
Apparatus
Montage
Issue Date: 2015
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Brito, A. L.; Anjos Júnior, M. T. R. (2015)
Abstract in Portuguese: O trabalho de Solon Ribeiro com os fotogramas do cinema clássico herdados de seu pai articula dispositivos através de outra montagem para que essas imagens sobrevivam por meio da constante variação operada por seus gestos em um cinema menor. As exposições individuais O golpe do corte (2005), Quando o cinema se desfaz em fotograma (2009) e O cinema é meu playground (2013) são investigadas acompanhando os desdobramentos do trabalho no tempo. A metodologia empregada toma as singularidades do corpo da obra em questão ao tensioná-las com a teoria de importantes autores, tornando-os intercessores na tessitura da discussão. Ademais, foi realizada pesquisa documental, que inclui conversas com o artista – Apêndice A da dissertação – e reunião e análise de material de arquivo referente a suas exposições. A partir da teoria do dispositivo no cinema (BAUDRY), a pesquisa passa aos conceitos de dispositivo na filosofia de Agamben e de Deleuze e de aparelho em Flusser, alargando a noção de cinema para as experiências em campo expandido (PARENTE). Os elementos pertencentes a cada obra são examinados e têm os processos e as singularidades de suas configurações apontados. A característica processual inerente ao trabalho do artista é evidenciada pela reiteração no uso de determinados frames e pelo retorno ou modificação de certos dispositivos já apresentados. As transformações da montagem cinematográfica clássica (LEONE; MOURÃO) para as montagens operadas por Ribeiro no espaço o aproximam da prática filosófico-histórica de Aby Warburg em seu Atlas Mnemosyne (1924-1929). A montagem heurística (DIDI-HUBERMAN) no choque entre os tempos dos fotogramas é relacionada com a imagem-tempo deleuzeana, posto que ambas compreendem uma experimentação que envolve a articulação de um pensamento em imagens, ressaltando a diferença entre a prática afetivo-colecionista do pai e o deslocamento ensejador da sobrevivências (DIDI-HUBERMAN) dos frames pelo artista. As modificações no tempo e no espaço de cada obra apontam para movimentos improváveis (DUBOIS) que se colocam no interstício entre a aparência de fluidez e de imobilidade dos fotogramas (BELLOUR). O devir fotográfico (FATORELLI) do cinema de Ribeiro leva à reflexão sobre a linguagem cinematográfica, conduzindo-a a um cinema menor (DELEUZE; GUATTARI) ao afirmar a possibilidade da construção de um outro cinema engendrado a partir dos elementos da forma cinema (PARENTE) hegemônica.
Abstract: Solon Ribeiro’s work with the frames of classical cinema inherited from his father articulates apparatus through another montage so that these images survive through constant variations made by his gestures in a minor cinema. The solo exhibitions O golpe do corte (2005), Quando o cinema se desfaz em fotograma (2009) and O cinema é meu playground (2013) are investigated following the development of his work over the course of time. The methodology used takes the body of work’s singularities into account to promote the encounter with the theories of important authors, turning them into intercessors in the construction of the discussion. Furthermore, a documental research was accomplished, which included conversations with the artist – Appendix A in the thesis – and the reunion and analysis of archive material regarding his exhibitions. Starting with apparatus theory on film (BAUDRY), the research moves to the concept of apparatus on Agamben’s and Flusser’s philosophy and dispositif on Deleuze’s philosophy, expanding the understanding of cinema to the experiences on an expanded field (PARENTE). The elements of each work are examined to point out the processes and singularities of their configurations. The processual characteristics of the artist’s work is made evident by the repeated use of given frames and by the modification of some apparatuses already shown. The transformation from the classical montage (LEONE; MOURÃO) to the ones Ribeiro produces on space turns him closer to Aby Warburg’s philosophical and historic practice in his Atlas Mnemosyne (1924-1929). The heuristic montage (DIDI-HUBERMAN) found on frames’ time collision is related to Deleuze’s time-image, since both comprise the development of thought through images, emphasizing the difference between the father’s affective and collector practice and the artist’s acts of dislocation which led to frames’ survival (DIDI-HUBERMAN). The changes on each work’s time and space point out to the improbable movements (DUBOIS) placed between the frames’ apparent fluidity and immobility (BELLOUR). Ribeiro’s cinema becoming-photography (FATORELLI) leads to reflection on cinema itself and to the making of a minor cinema (DELEUZE; GUATTARI) that asserts the possibility of other cinema created from the elements of hegemonic cinema’s form (PARENTE).
Description: BRITO, Annádia Leite. Dos fotogramas ao cinema menor: dispositivos, montagem e movimentos na obra de Solon Ribeiro. 2015. 171f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte, Programa de Pós-graduação em Artes, Fortaleza (CE), 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14629
Appears in Collections:PPGARTES - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_dis_albrito.pdf11,09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.