Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14693
Title in Portuguese: A cultura da bananeira (musa sp.) Como fonte alternativa de néctar para a apicultura em períodos de escassez de alimento.
Title: The culture of banana (Musa sp.) As an alternative source of nectar for the bee in times of shortage of food.
Author: Santiago, Ednir Oliveira
Advisor(s): Freitas , Breno Magalhães
Keywords: Apis mellifera
Musa paradisiaca
Pasto apícola
Manutenção de colônias
Issue Date: 2006
Citation: SANTIAGO, E. O.; FREITAS, B. M. (2006)
Abstract in Portuguese: O experimento foi conduzido na fazenda Frutacor no distrito de Lagoinha, município de Quixeré - CE, no período de setembro de 2004 a janeiro de 2005. Objetivou-se avaliar o cultivo irrigado de banana (Musa paradisiaca.), como fonte substituta de alimento para as colônias de abelhas (Apis mellifera) em período de escassez de florada na caatinga. Foram utilizados três apiários com 10, 20 e 30 colônias instalados dentro da cultura de banana e acompanhadas a cada 14 dias durante um período de 140 dias. Avaliaram-se o desenvolvimento da área de cria no ninho, a área de reserva de alimento no ninho e a área de mel armazenado na melgueira. Os dados coletados foram analisados por Análise de Variância e as médias foram comparadas a posteriori pelo teste de Tukey (5%) comparando os apiários entre si a cada data de coleta. Os resultados mostraram que não houve diferenças significativas (P>0,05) na área de cria entre os apiários, e que esta diminuiu pela metade ao longo dos cinco meses de experimento, provavelmente devido à carência de pólen no bananal. As áreas ocupadas com alimento no ninho e com mel armazenado na melgueira também não apresentaram diferenças significativas (P>0,05) entre os apiários a cada data de coleta. Conclui-se que áreas cultivadas com bananeiras podem ser utilizadas para manter colônias de Apis mellifera no período de escassez de alimento na caatinga, que os apiários podem comportar até 30 colônias e que há potencial para produção de mel nessas áreas desde que as colônias sejam mantidas sob condições nutricionais adequadas.
Abstract: The study was carried out in farm Frutacor, district of Lagoinha, in the county of Quixeré, state of Ceará, Brazil, from September 2004 to January 2005. The aim of this research was to evaluate irrigated banana (Musa paradisiaca.) plantation as a substitute source of food to honey bee (Apis mellifera) colonies during the dearth period in caatinga (typical scrub vegetation of NE Brazil). Three apiaries of 10, 20 and 30 hives were installed within a banana plantation and colonies were inspected every 14 days over a period of 140 days. Data on brood area, honey and pollen stores in the nest and honey stores in supers were collected and analyzed by ANOVA. Means obtained to each apiary at each date were compared a posteriori by Tukey tests (5%). Results showed no significant differences (P>0.05) among apiaries to brood area, and that brood area was reduced to half of its initial size by the end of the experiment, probably due to pollen shortage within the banana plantation. There was also no significant differences (P>0.05) among honey store areas in nest and supers among apiaries. It was concluded that banana plantations can be used to keep Apis mellifera colonies during caatinga’s dearth period, that apiaries can bear up to 30 hives and that there is potential to honey production in these areas, provided that colonies be kept under adequate nutritional conditions.
Description: SANTIAGO, E. O. A cultura da bananeira (musa sp.) Como fonte alternativa de néctar para a apicultura em períodos de escassez de alimento. 2006. 90 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14693
Appears in Collections:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_dis_eosantiago.pdf1,62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.