Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14907
Title in Portuguese: Uso do bagaço de caju como fertilizante em pomar de cajueiro estabelecido
Title: Use of bagasse as fertilizer cashew cashew orchard them established
Author: Queiroz, Ronialison Fernandes
Advisor(s): Corrêa, Márcio Cleber de Medeiros
Co-advisor(s): Crisóstomo, Lindbergue Araujo
Keywords: Caju
Processamento industrial
Produtividade agrícola
Adubos e fertilizantes
Issue Date: 2013
Citation: QUEIROZ, R. F.; CORRÊA, M. C. M.; CRISÓSTOMO, L. A. (2013)
Abstract in Portuguese: A utilização agrícola tem sido a principal opção de aproveitamento de resíduos orgânicos, urbanos ou industriais, minimizando o descarte a céu aberto ou em aterros controlados e sanitários, com a consequente elevação na vida útil dos mesmos e, beneficiando a reciclagem de nutrientes, com melhoria da produtividade e sustentabilidade dos sistemas agrícolas. Entretanto, são necessários estudos de avaliação específicos dos resíduos existentes e de seus efeitos nos solos, a fim de que se possa ter o máximo benefício, sem comprometer o ambiente. Com o objetivo de avaliar os efeitos do resíduo do processamento do pedúnculo do caju (bagaço de caju), na presença e na ausência de adubação mineral, sobre a fertilidade do solo, nutrição e produtividade das plantas e qualidade dos frutos e pseudofrutos de cajueiro, foi desenvolvido um experimento em pomar estabelecido de cajueiros, localizado no município de Pacajus, CE. Os tratamentos consistiram da combinação de cinco doses do bagaço de caju (0; 3,3; 6,6; 9,9 e 13,2 t ha-1, em base seca, correspondentes a 0; 5,3; 10,6; 15,9 e 21,4 t ha-1 do bagaço após pré-secagem ao sol (considerando-se cerca de 38% de H2O no resíduo) na ausência e presença da adubação mineral. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso (DBC), sob esquema fatorial 5x2. Foram feitas avaliações químicas do solo, aos 6, 12, 18, 24 e 30 meses após aplicação do bagaço de caju. Na planta foram avaliadas a produção, composição química das folhas e frutos, anualmente. Houve incremento nas concentrações de P, K e H + Al no solo; houve aumento dos teores foliares de N, P e Zn; a qualidade dos pseudofrutos foram melhoradas e a produção de frutos foi afetada positivamente na segunda safra aos dezoito meses após a aplicação do bagaço de caju. De modo geral o efeito da aplicação do bagaço como adubo orgânico sobre a fertilidade do solo, estado nutricional das plantas, qualidade dos pedúnculos e produtividade, foi linear crescente, sendo necessário a realização de novos estudos, incluindo doses mais elevadas ou reaplicações para a determinação das doses ótimas econômica e física.
Abstract: Organic, domestic and industrial residues have recently been used as agricultural fertilizer, providing many advantages such as minimizing the problem of garbage left in the open or in controlled landfills, increasing the usage period of the landfills as well as increasing the nutrients recycling, besides improving the productivity and sustainability of agricultural systems. However, evaluation studies of residues and their effects on the soils, mainly concerning the maximization of their benefits and environmental problems are meager. The aim of the present study was to assess the potential of industrial residues of cashew apples, with and without mineral fertilization, on the soil fertility, plant production and quality of fruits and apples of cashew nut adult plants in field conditions. The experiment was conducted in an orchard located at the Pacajus County, in the Ceará state (Brazil). Treatments were as follows: five dosages of dried cashew bagasse (metric ton per hectare): 0; 3.3; 6.6; 9.9 and 13.2, corresponding to 0; 5.3; 10.6; 15.9 and 21.4 t ha1 of bagasse before sun drying (equivalent to approximately 38.0% of humidity). Treatments included the presence and the absence of additional mineral fertilizers. The experimental design was in randomized blocks with a factorial of 5x2. The soil chemical analyses were carried out at 6, 12, 18, 24 and 30 months after the bagasse incorporation. Parameters annually assessed were plant production (fruits and apples), chemical composition of leaves and fruits. Results showed increase in concentrations of P, K and H+Al in soil, besides increases of N, P and Zn in leaves. Apples exhibited better quality and the fruit production increased 18 months after the bagasse application. The results showed that the incorporation of bagasse in soil as an organic fertilizer improved the nutritional status of cashew plants, the quality of apples and the productivity in an increasing linear function, although more studies involving higher dosages of bagasse as well as higher number of replications are suggested in order to determine the best economical and physical dosages.
Description: QUEIROZ, R. F. Uso do bagaço de caju como fertilizante em pomar de cajueiro estabelecido. 2013. 86 f. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14907
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGFIT - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_tese_rfqueiroz.pdf1,79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.