Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1492
Título: Melodrama e nação no cinema brasileiro dos anos 1940
Título em inglês: Melodrama and nation on brazilian cinema of the forties
Autor(es): CARVALHO, Cid Vasconcelos de
Orientador(es): HENRIQUES, Júlia Maria Pereira de Miranda
Palavras-chave: Comunicacao visual
Gonzaga, Adhemar, 1901-1978.Romance proibido - Crítica e interpretação
Mauro, Humberto, 1897-1983.Argila - Crítica e interpretação
Roulien, Raul,1905-2000.Aves sem ninho - Crítica e interpretação
Roteiros cinematográficos - História e Crítica - Anos 1940
Cinema brasileiro - Aspectos sociais - Anos 1940
Ideologia
Cinema e estado - Anos 1940
Mulheres no cinema - Anos 1940
Brasil - História - Estado Novo,1937-1945
Brasil - Usos e costumes - Anos 1940
Brasil - Condições sociais - Anos 1940
Data do documento: 2007
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: CARVALHO, C. V. ; HENRIQUES, J. M. P. M. (2007)
Resumo: Procuro realizar uma abordagem sobre a produção nacional cinematográfica ficcional considera mais próxima de valores que diziam interesse ao Estado Novo. Trata-se dos filmes de longa-metragem Aves sem Ninho (1939), de Raul Roulien; Argila (1940), de Humberto Mauro e Romance Proibido (1944), de Adhemar Gonzaga. Minha principal preocupação é observar como tais valores ideológicos convivem com a estrutura notadamente melodramática que acompanha tal produção em harmonia ou não. Para tanto faço uso, sobretudo, da análise fílmica dos filmes em questão, mas igualmente de uma pesquisa bibliográfica sobre a produção em questão e sobre o momento histórico no qual foi produzida e uma pesquisa bibliográfica que fundamente as concepções de nação e melodrama que são trabalhadas na tese. Percebo, em vários momentos, que muito do que é construído em busca de evocar uma nação enquanto “comunidade imaginada” despida de problemas, acaba nas entrelinhas demonstrando uma relação bem mais complexa e difícil na abordagem de temas como a relação entre classes, a representação das raças e a abordagem sobre a mulher, sendo que todas as três produções possuem protagonistas femininas.
Abstract: I wanna to realize an approach about brazilian film production linked with Estado Novo values. The movies are the feature films Birds without Nest (1939) by Raul Roulien, Clay (1940) by Humberto Mauro and Forbidden Romance (1944) by Adhemar Gonzaga. My key matter is to show the easy or difficult relations of those ideological values with the melodramatic structure of its dramaturgy. I use, above all, of the filmic analyses methodology. However, it was important a bibliographical survey under the historical moment and the conceptions of nation and melodrama used. I discovered, in many points, that some constructions of the nation as immagined community, were opposed of the subtitles that could be note on the narratives, specially in some matters like social classes relations and ethnics and gender representations. In respect the last theme, some important matters could be observed in that movies, all of them with women in the main roles.
Descrição: CARVALHO, Cid Vasconcelos de. Melodrama e nação no cinema brasileiro dos anos 1940. 2007. 322f. Tese (Doutorado em Sociologia) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Ciências Sociais, Programa de Pós- Graduação em Sociologia, Fortaleza-CE, 2007.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1492
Aparece nas coleções:PPGS - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese de Cid Vasconcelos de Carvalho_noPW.pdf13,72 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.