Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1497
Título: A arte e a brincadeira e suas interfaces com a dramatização em psicologia comunitária: um estudo de processos de mediação simbólica
Autor(es): PINHEIRO, Francisco Pablo Huascar Aragão
Orientador(es): COLAÇO, Veriana de Fátima Rodrigues
Palavras-chave: Psicologia comunitária
Dramatização
Arte
Brincadeira
Mediação simbólica
Community psychology
Dramatization
Art
Play
Symbolic Mediation
Brrincadeiras – Fortaleza (CE)
Arte – Psicologia
Psicologia comunitária
Psicologia do adolescente – Fortaleza (CE)
Adolescentes – Fortaleza (CE) – Conduta
Data do documento: 2008
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: PINHEIRO, F. P. H. A. ; COLAÇO, V. D. F. R. (2008)
Resumo: Este trabalho intenta investigar como se dão os processos de mediação simbólica através do uso de técnicas de dramatização em intervenções de Psicologia Comunitária, tendo em vista compreender e articular teoricamente a técnica de dramatização com questões relativas à arte e à brincadeira. As bases teóricas se fundamentam na teoria histórico-cultural para a compreensão do funcionamento psíquico e dos processos psicológicos mediados. O estudo empírico foi realizado no contexto de uma situação de intervenção em Psicologia Comunitária com um grupo de jovens de uma ONG em Fortaleza, sendo analisado apenas um encontro em que se trabalhou com a técnica de dramatização, no qual o tema do debate era a “adolescência”. Foi feito o registro em vídeo da situação de intervenção escolhida para análise, especificamente a atividade dramatizada, compreendendo esta em suas diferentes etapas, a fase de debate inicial (aquecimento), a dramatização propriamente dita e o momento de reflexão posterior gerado a partir da mesma. O procedimento de análise foi tomado como construtivo-interpretativo, de modo que se realizou uma análise de conteúdo com a intenção de produzir indícios que permitissem traçar nexos de inteligibilidade diante dos fenômenos estudados. Tendo em vista que no encontro analisado estava em questão o modo como os participantes do grupo concebiam e qualificavam características e papéis tomados como pertinentes à “adolescência”, elegeu-se duas categorias de análise, a saber: “conhecimento social” e “julgamento moral”. Os resultados da análise apontam para as construções possibilitadas a partir da dramatização e são considerados nas articulações possíveis entre a arte, a brincadeira e o funcionamento psíquico. Neste sentido, a situação de dramatização pode se constituir um processo mediado, na medida em que traduz e objetifica não somente uma experiência individual, mas também diz de uma vivência perpassada pela história do lugar e pelas interações sociais estabelecidas, bem como abre espaço para reelaboração da experiência como ato criador. Ao mesmo tempo, a dramatização pode ser compreendida como ato de imaginação, assim como é concebida a brincadeira numa visão histórico-cultural, ou seja, esta não é concebida como uma ação simbólica isolada, mas está vinculada à imaginação, que tal como as demais funções psicológicas superiores, é oriunda da ação. A imaginação, portanto, é tomada como o brinquedo sem ação e compõe o cenário da dramatização.
Abstract: This work has the purpose of investigate how occur the process of symbolic mediation through the use of dramatization techniques in Community Psichology’s interventions, having the will to comprehend and theoretically articulate the dramatization technique with related questions to art and play. The theoric bases are found in the Cultural-Historical theory for the comprehension of the psychical unctioning and the psychological mediated process. The empiric study was fulfilled in the context of a Community Psichology’s intervention situation with a group of teenagers from a NGO at Fortaleza, being analyzed only one meeting in which the dramatization technique has been worked with and the topic of the debate was “adolescence”. The intervention situation choosed for analysis was registered in video, specifically the dramatized activity, acknowledging that in it’s different stages, the initial debate phase (warming), the dramatization itself and the later moment of reflexion generated by the dramatization. The analysis proceeding was handed as interpretative-construtive, in a way that was realized a contend analysis with the intent to produce clues that allowed to trace links of of intelligibility on the studied phenomena. Observing that the question in the analyzed meeting was the way how the teenagers of the group conceived and qualified the characteristics and papers captured as relevant to “teenager”, two analysis categories were elected: “Social Knowledge” and “Moral Judgment”. The analysis results point to the constructions allowed by the dramatization and are considered in the possible articulations between the art, the play, and the psychical functioning. In this sense, the dramatization situation can constitute a mediated process, in so far as translate and objectifies not only an individual experience, but also says about a living per passed by the history of the place and the social interactions made, and also opens space for the re-elaboration of the experience as creator act. In the same time, the dramatization can be comprehended as an imagination act, so as it is conceived the play in a cultural-historical vision, meaning that it isn’t conceived as an isolated symbolic act, but it is linked to the imagination, that, just as the others psychical functions, is originated by the action. Therefore, the imagination is captured as the toy without action and composes the scenery of dramatization.
Descrição: PINHEIRO , Francisco Pablo Huascar Aragão. A arte e a brincadeira e suas interfaces com a dramatização em psicologia comunitária: um estudo de processos de mediação simbólica. 2008. 110f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Fortaleza-CE, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1497
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_FPHAPinheiro.PDF864,07 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.