Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1545
Título: Os efeitos dos sistemas previdenciários sobre a acumulação de capital e o bem estar econômico: uma revisão da literatura
Autor(es): Barreto, Flávio Ataliba Flexa Daltro
Palavras-chave: Seguridade Social
Acumulação de capital
Bem estar
Data do documento: Jul-1998
Editor: Revista Econômica do Nordeste
Citação: BARRETO, Flávio A.F.D. (1998)
Resumo: Na maioria dos países, em todo o mundo, os sistemas previdenciários baseados nos regimes de repartição simples apresentam dificuldades de financiamento, motivados principalmente pela modificação da composição etária da população. No Brasil, o déficit fiscal do governo vem sendo pressionado nos últimos anos pelo peso dos inativos no orçamento dos governos. A implementação de reformas em direção a sistemas privados de aposentadoria tem sido um dos caminhos perseguidos pelos países, na América Latina, nesses últimos anos. Um dos elementos importantes que motivam estas reformas é a possibilidade de geração de poupança interna que estas economias passam a apresentar quando da reforma desses sistemas. Este artigo discute como os sistemas previdenciários podem afetar a atividade econômica em termos de acumulação de capital, distorção no mercado de trabalho e seus efeitos sobre o bem-estar dos indivíduos de diversas gerações.
Descrição: BARRETO, Flávio Ataliba F.D. Os efeitos dos sistemas previdenciários sobre a acumulação de capital e o bem-estar econômico: uma revisão da literatura. Revista econômica do Nordestes, v.29, n.esp., p.1049-1065, jul. 1998.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1545
ISSN: 01004956
Aparece nas coleções:CAEN - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1998_art_fafdbarreto.pdf114,86 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.