Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15460
Title in Portuguese: Púrpura trombocitopênica imunológica crônica e infecção pelo Helicobacter pylori : resposta plaquetária ao tratamento de erradicação da bactéria
Title: Chronic immune thrombocytopenic purpura and infection Helicobacter pylori : platelet response to the bacteria elimination of treatment
Author: Barbosa, Alzira Maria de Castro
Advisor(s): Braga, Lúcia Libanêz Bessa Campelo
Keywords: Helicobacter pylori
Púrpura Trombocitopênica
Issue Date: 2015
Citation: BARBOSA, Alzira Maria de Castro. Púrpura trombocitopênica imunológica crônica e infecção pelo Helicobacter pylori: resposta plaquetária ao tratamento de erradicação da bactéria. 2015. 51 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
Abstract in Portuguese: A Púrpura Trombocitopênica Imunológica Crônica (PTIc) é uma afecção causada por resposta auto-imune decorrente da sensibilização das plaquetas por auto anticorpos antiplaquetários, causando lise das plaquetas. A infecção pelo H. pylori tem sido mostrada como provável fator para o desenvolvimento de PTIc, com possível relação de resposta plaquetária na PTIc após o tratamento de erradicação da bactéria. O objetivo foi avaliar possíveis efeitos da erradicação do Helicobacter pylori no número de plaquetas dos pacientes com PTIc atendidos no Hospital Universitário Walter Cantídio. Foram convidados a participar do estudo 29 pacientes com PTIc, 15 permaneceram e todos foram tratados para o H. pylori, sendo acompanhados por um período de 6 meses a um ano para a avaliação clínica e contagem de plaquetas. Todos realizaram endoscopia digestiva para diagnóstico da infecção e, após o tratamento, realizaram teste respiratório para confirmação da erradicação. Foi realizado PCR para averiguar a presença do gene cagA do H. pylori. Dos 15 pacientes tratados 01 (6,6%) era do gênero masculino e 14 (93,3%) foram do gênero feminino, a média de idade foi de 47,7 anos (27-68), O tempo médio de doença foi de 7,43 anos (1-25). Após o tratamento, 13 pacientes (86,7%), erradicaram o H. pylori, 04 (30,7%) obtiveram reposta clínica; sendo 03 (75,0%) resposta completa e 01 (25,0%) resposta parcial à PTIc. Foi possível avaliar a presença do gene cagA do H. pylori em cepas de 09 pacientes, desses 06 (54,5%) apresentaram cepas cagA-positivas. Dos 04 pacientes do grupo que responderam ao tratamento, 03 (75,0%) foram cagA-positivos. O tratamento para erradicação do H.pylori aumentou de forma sustentada, mais de seis meses de seguimento, o número de plaquetas dos pacientes com PTIc, em trinta por cento dos pacientes avaliados. Não houve associação estatística significativa com nenhum dos fatores de risco avaliados, tais como, idade, gênero e tempo de doença dos portadores e presença do gene cagA
Abstract: The Chronic Immune Thrombocytopenic Purpura (ITPc) is a condition caused by autoimmune response resulting awareness of platelets by self antiplatelet antibodies, causing lysis of platelets. Infection with H. pylori has been shown to likely factor for the development of PTIc, with possible platelet response relationship in PTIc after treatment of bacterial eradication. The objective was to evaluate possible effects of eradication of Helicobacter pylori in the number of platelets of patients with PTIC patients at the University Hospital Walter Cantídio. Were invited to participate in the study 29 patients with PTIc, 15 remained and all were treated for H. pylori and were followed for a period of 6 months to a year for clinical evaluation and platelet count. All patients underwent endoscopy for diagnosis of infection and, after treatment, held breath test to confirm eradication. PCR was performed for the presence of H. pylori cagA gene. Of the 15 patients 01 (6.6%) were male and 14 (93.3%) were female, the mean age was 47.7 years (27-68), the mean disease duration was 7.43 years (1-25). After the treatment, 13 patients (86.7%) eradicated H. pylori 04 (30.7%) had clinical response; and 03 (75.0%) complete response and 01 (25.0%) partial response to PTIc. It was possible to evaluate the presence of H. pylori CagA gene in 09 patients strains, 06 of these (54.5%) had CagA-positive strains. Of the 04 patients of the group who responded to treatment, 03 (75.0%) were cagA-positive. The treatment for eradication of Helicobacter pylori increased the number of platelets in 30% of patients with PTIc after six months of follow-up of these patients.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15460
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DCIR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_dis_amcbarbosa.pdf904,99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.