Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15555
Title in Portuguese: Senso de coerência e adesão à terapia antirretroviral de pessoas vivendo com HIV/AIDS
Author: Pedrosa, Samyla Citó
Advisor(s): Galvão, Marli Teresinha Gimeniz
Keywords: Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Senso de Coerência
Adesão à Medicação
Issue Date: 2015
Citation: PEDROSA, S. C. Senso de coerência e adesão à terapia antirretroviral de pessoas vivendo com HIV/AIDS. 2015. 80 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
Abstract in Portuguese: Um forte senso de coerência (SCO) permite que o indivíduo enfrente as adversidades diárias, decorrentes da enfermidade e permaneça saudável. Pessoas vivendo com HIV/aids (PVHA) convivem com estresses e vivenciam estigmas, os quais podem comprometer a adesão à terapia antirretroviral (TARV). Nesse contexto, desenvolveu-se um estudo com a finalidade de analisar o senso de coerência e a adesão à terapia antirretroviral de pessoas vivendo com HIV/aids. Trata-se de um estudo longitudinal prospectivo desenvolvido no ambulatório de infectologia do Hospital Universitário Walter Cantídio. A amostra foi constituída por 98 PVHA em uso da terapia antirretroviral. A coleta de dados foi realizada em dois momentos, 2012 e 2013, com um intervalo de 12 meses. Utilizou-se como instrumentos o Formulário de caracterização sociodemográfica e clínica para pessoas com HIV/aids, o Questionário de Senso de Coerência de Antonovsky (QSCA) e o Questionário de avaliação da adesão ao tratamento antirretroviral (CEAT-VIH). Na análise estatística foram aplicados os testes de McNemar, de Wilcoxon, de Mann-Whitney e o coeficiente de correlação de Spearman. A razão de prevalência, média, desvio-padrão, mediana, valores mínimo e máximo foram calculados quando necessário. Os aspectos éticos foram respeitados. Do total de entrevistados, a maioria era do sexo masculino (62,2%), heterossexuais (62,2%), situação laboral ativa (62,1%), católicos (67,3%), com idade média de 39,5 (±10,3) anos. Os pacientes do sexo masculino (p=0,034), homo/bissexuais (p=0,043), escolarizados (0,022), com filhos (p=0,005), situação laboral ativa (p<0,001) e com menor renda (p=0,005) apresentaram maior adesão à TARV. Em relação ao SOC, pacientes do sexo masculino (p=0,039), com situação laboral ativa (p=0,010), renda superior a dois salários mínimos (p=0,033) e que não fazem uso de medicação psiquiátrica (p=0,002) possuem maiores médias no QSCA. Ao analisar os escores do QSCA e a pontuação total da CEAT-VIH, observou-se associação na primeira (p=0,006) e na segunda (p<0,001) avaliação. Através da amostra analisada neste estudo foi possível concluir que as PVHA com melhores valores para o senso de coerência apresentam melhor pontuação para a adesão à TARV.
Abstract: A strong sense of coherence (SCO) allows the indi vidual to face daily hardships as a result of the disease and stay healthy. People living with HIV / AIDS (P V HA) live with stress and experience stigma, which can compromise adherence to antiretroviral therapy (ART). In this context, we developed a study i n order to analyze the sense of coherence and adherence to antiretroviral therapy for people living with HIV / AIDS. This is a prospective longitudinal study developed in the infectious diseases clinic at the University Hospital Walter Cantídio. The sample consisted of 98 PLWHA in use of antiretroviral therapy. Data collection was performed in two stages, in 2012 and 2013, with an interval of 12 months. It used as instruments the characterization Form sociodemographic and clinic for people with HIV / AIDS, Antonovsky Sense of Coherence Questionnaire (QSCA) and the accession Assessment Questionnaire to antiretroviral treatment (CEAT - VIH ). Statistical analysis were applied the McNemar test, Wilcoxon, Mann - Whitney and Spearman correlation coefficient. The preva lence ratio, average, standard deviation, median, minimum and maximum values were calculated when needed. The ethical aspects were respected. Of the total respondents, the majority were male (62.2%), heterosexual (62.2%), act ive employment status (62.1%) , c atholics (67.3%) with mean age of 39, 5 (± 10.3) years. The ma le patients (p=0.034), homo /bisexual men (p =0.043), educated (0.022), with children (p=0.00 5), active employment status (p <0.001) an d lower incomes (p = 0.005). They showed greater adherence to ART. Regarding the SOC, male patients (p = 0.039), with active employment status (p = 0.010), inco me above two minimum wages (p= 0.033) and do not make use of psychiatric medication (p = 0.002) have highest average in QSCA. In analyzing the scores QSCA an d the total score of the CEAT - VIH , an assoc iation was seen in the first (p = 0.006) and in the second (p <0.001) evaluation. Through the sample analyzed in this study it was concluded that the PLWHA with better values for the sense of coherence have better score f or adherence to ART.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15555
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_dis_scpedrosa.pdf1,02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.