Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15572
Title in Portuguese: Relação entre imagem corporal e fatores biológicos, sociais e comportamentais : estudo com adolescentes de escolas de tempo integral em Fortaleza-Ce
Title: Relationship between body imagem and biological, social and behavioral factors : study with adolescents in all-day schools in Fortaleza-CE
Author: Araujo, Thabyta Silva de
Advisor(s): Vieira, Neiva Francenely Cunha
Keywords: Imagem Corporal
Adolescente
Saúde Escolar
Promoção da Saúde
Issue Date: 2016
Citation: ARAUJO, T. S. Relação entre imagem corporal e fatores biológicos, sociais e comportamentais: estudo com adolescentes de escolas de tempo integral em Fortaleza-CE. 2016. 69 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
Abstract in Portuguese: Os primeiros estudos sobre a imagem corporal a definem como uma percepção da aparência que o indivíduo tem do corpo no que se refere ao tamanho, imagem e forma. O estudo teve como objetivo verificar associação entre percepção da imagem corporal e fatores biológicos, sociais e comportamentais. Estudo transversal, de abordagem quantitativa. A pesquisa foi realizada em 2014 nas escolas de tempo integral da rede pública municipal de Fortaleza-CE com adolescentes de ambos os sexos com faixa etária entre 11 e 17 anos, cursando 7º, 8º e 9º anos. A coleta de dados envolveu a aplicação de um questionário contendo questões sobre fatores biológicos, sociais e comportamentais, escala de Silhuetas e medidas antropométricas. A escala permite identificar a percepção corporal e a satisfação com a imagem do corpo entre os adolescentes por meio de nove silhuetas. Analisou-se os dados através dos testes Qui-Quadrado de tendência para proporções, Qui-Quadrado e correlação linear de Spearman, considerando estatisticamente significantes as análises com p<0,05. O estudo foi aprovado sob Parecer Consubstanciado nº 301.456. Dos 1181 adolescentes, 51,5% era do sexo masculino e 48,5%, sexo feminino, prevalecendo adolescentes na faixa etária da adolescência inicial, de 11 a 14 anos. Na prática de atividade física, 58,0% foi considerado insuficientemente ativo. No último ano, 78,7% referiu não ter tido relação sexual e dos sexualmente ativos, 40,5% às vezes fazia uso do preservativo. Em relação à percepção da imagem corporal, evidenciou-se predomínio de insatisfação entre os adolescentes escolares. Na percepção das imagens que representariam um corpo saudável e o que gostaria de ter (ideal) pela escala de silhuetas, houve diferença significativa entre os gêneros (p<0,0001). Evidenciou-se ainda que a percepção da imagem corporal tem influencia significativa dos fatores série escolar (p=0,005), percepção de qualidade de vida e saúde (p<0,0001) e IMC (p<0,0001), não tendo influencia de nenhum fator comportamental. Mesmo assim, o estudo apontou para o uso irregular do preservativo masculino nos adolescentes sexualmente ativos no último ano, principalmente na adolescência inicial (42,3% às vezes usa e 30,5% nunca usa). Conclui-se que mais de 75% dos adolescentes das escolas de tempo integral de Fortaleza-CE referiu insatisfação na percepção da imagem corporal, caracterizado pelo desejo de aumentar a silhueta. Dessa forma, faz-se necessário que o profissional enfermeiro trabalhe a temática com foco na promoção da saúde e prevenção de doenças.
Abstract: The first studies on the body image as a set perception of the appearance that the individual has body in relation to the size and shape image. The study aimed to assess the association between the perceptions of body image and biological, social and behavioral factors. Cross-sectional study with a quantitative approach. The survey was conducted in 2014 with adolescents in all-day schools of the municipal network of Fortaleza-CE of both sexes, aged between 11 and 17 years, attending 7th, 8th and 9th grades. The data collection involved the application of a questionnaire containing questions about biological, social and behavioral factors, the silhouettes of scale and anthropometric measurements. The scale allows to identify the body perception and satisfaction with body image among adolescents through nine silhouettes. We analyzed the data using the chi-square tests for trend proportions, chi-square and linear correlation of Spearman, considering statistically significant analysis with p <0.05. The study was approved under Embodied Opinion No. 301,456. Of 1181 teenagers, 51.5% were male and 48.5% female, prevailing teenagers in the age group of early adolescence, 11-14 years. In the practice of physical activity, 58.0% was considered insufficiently active. In the past year, 78.7% reported not having had sexual intercourse and of sexually active, 40.5% sometimes made use of condoms. Regarding the perception of body image, it was showed a predominance of dissatisfaction among adolescent students. In the perception of body image that represent a healthy body and would like to have (ideal), there was a significant difference between genders (p <0.0001). It was showed that the perception of body image has significant influence factors of school grade (p = 0.005), perception of quality of life and health (p <0.0001) and BMI (p <0.0001), with no influence from any behavioral factor. Even so, the study pointed to the irregular use of condoms by sexually active teenagers in the last year, especially in early adolescence (42.3% sometimes uses and 30.5% never use). It was concluded that more than 75% of adolescent students in all-day schools of the municipal network of Fortaleza-CE reported dissatisfaction in the perception of body image, characterized by the desire to increase silhouette. Thus, it is necessary that the nurse work the theme focusing on health promotion and disease prevention.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15572
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_dis_tsaraujo.pdf1,95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.