Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15637
Título: Adolescentes vítimas de violência sexual : crenças e valores relacionados à prevenção das doenças sexualmente transmissíveis e a AIDS
Título em inglês: Adolescent victims of sexual violence : beliefs and values related to the prevention of sexually transmitted diseases and AIDS
Autor(es): Silva, Kelanne Lima da
Orientador(es): Pinheiro, Patrícia Neyva da Costa
Palavras-chave: Violência Sexual
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Adolescente
Data do documento: 2011
Citação: SILVA, K. L. (2011)
Resumo: A violência sexual caracteriza-se como um grave problema de saúde pública que acarreta distúrbios no desenvolvimento biopsicossocial e sexual de suas vítimas, principalmente quando essa agressão ocorre na fase da adolescência, pois esses sujeitos se encontram numa etapa da vida marcada por mudanças e adaptações, especialmente no âmbito da sexualidade. Portanto, as crenças e valores das vitimas de violência sexual precisam ser compreendidas para promover a adoção de comportamentos sexuais saudáveis. Objetivou-se compreender como as crenças e valores das adolescentes vitimas de violência sexual influenciam no comportamento de prevenção das DST e da AIDS com base no Modelo de Crenças em Saúde (MCS) . Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva, realizada numa Instituição de Acolhimento no Municipal de Fortaleza, no período de maio a julho de 2011, com oito adolescentes vitimas de violência sexual. Foram utilizados como instrumentos e procedimentos para a coleta de informações: a observação participante de todos os encontros, que foram registrados no diário de campo; todo o material produzido durante os grupos focais, como cartazes, desenhos, entre outros; e a transcrição da gravação dos diálogos durante as estratégias de grupo e do roteiro de entrevista semiestruturada. As informações foram organizadas conforme as dimensões do MCS. Todos os aspectos legais e éticos da pesquisa envolvendo os seres humanos foram respeitados. Inicialmente, foi necessário caracterizar as participantes do estudo e observou-se que as histórias de vida dessas adolescentes estavam condizentes com a literatura. Em relação às categorias criadas conforme o MCS: as adolescentes tem um défice de conhecimento em relação a essas doenças e não se consideraram susceptíveis as DST/AIDS por acreditarem que não irão se relacionar sexualmente com homens, mesmo identificando a maior vulnerabilidade da mulher a essas patologias; em relação à percepção da gravidade, elas classificaram essas doenças como graves, incuráveis e que alteram o convívio social, demonstrando medo de contrair uma dessas patologias; identificaram como benefícios e barreiras do método preventivo ser de fácil acesso e utilização e prevenir tanto doenças como gravidez, mas interferem no prazer sexual; e seu uso está relacionado com questões culturais e sociais, ressalta-se também, que o abuso de álcool e drogas intervém na adoção de comportamentos saudáveis. Conclui-se que as crenças e valores dessas adolescentes as tornam vulneráveis a DST/AIDS, sendo necessário refletir sobre as consequências da violência sexual na vida dessas adolescentes para a elaboração de estratégias e ações preventivas voltadas para esse publico-alvo no que concerne ao desenvolvimento da sexualidade de forma segura, minimizando traumas e sofrimentos advindos dessa experiência na vida dessas adolescentes, tornando-as conscientes dos seus direitos sexuais e reprodutivos.
Abstract: Sexual assault is characterized as a serious public health problem that leads to disorders in the bio-psychosocial and sexual development of the victims, especially when the aggression happens in adolescence, because these subjects are in a stage of life marked by changes and adaptations, especially concerning sexuality. Therefore, the values and beliefs of the victims of sexual assault must be understood to promote the adoption of a healthy sexual behavior. It was aimed to understand how beliefs and values of adolescent victims of sexual assault influence the behavior of prevention of STD/AIDS based on the Health Belief Model. It is a qualitative descriptive research carried out at a Host Institution in the City of Fortaleza from May to July 2011 with eight adolescent victims of sexual assault. Using as tools and procedures for data collection: participant observation of all meetings, which were registered in a field diary; all the material produced during the focus groups, such as posters, drawings, among others; and the transcription of the dialogue recording during the group strategies and semi-structured interviews. The information was organized according to the Health Belief Model dimensions. All legal and ethical aspects of researches involving human beings were respected. Initially, it was necessary to characterize the study participants and it was found that the life stories of these adolescents were consistent with the literature. Regarding the categories created according to the Health Belief Model: the adolescents lack knowledge about these diseases and don't considered them susceptible to STD/AIDS because they believe that they will not relate sexually with men, in spite identifying the greater vulnerability of women to such pathologies; concerning the perception of gravity, they classified these diseases as serious, incurable, and that changes social life, demonstrating fear of contracting these diseases; they identified as benefits and barriers of preventive method: it is easy to access and use, and prevents both diseases as pregnancy, but interferes with sexual pleasure; and its use is related to cultural and social issues, we also emphasize that the abuse of alcohol and drugs interferes in the adoption of healthy behaviors. We conclude that the beliefs and values of these adolescents make them vulnerable to STD/AIDS, being necessary to reflect on the consequences of sexual violence in their lives to build strategies and preventive actions aimed at this target audience in terms of a safe development of sexuality, minimizing trauma and suffering resulting from this experience in their lives, making them aware of their sexual and reproductive rights.
Descrição: SILVA, Kelanne Lima da. Adolescentes vítimas de violência sexual : crenças e valores relacionados à prevenção das doenças sexualmente transmissíveis e a AIDS. 2011. 86 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15637
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_klsilva.pdf613,31 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.