Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1572
Título: Pesquisa de Vibrio no cultivo do camarão marinho Litopenaeus vannamei no Estado do Ceará
Título em inglês: Search Vibrio in the cultivation of marine shrimp Litopenaeus vannamei in Ceará
Autor(es): Costa, Renata Albuquerque
Orientador(es): Vieira, Gustavo Hitzschky Fernandes
Palavras-chave: Litopenaeus vannamei
Camarão - Criação - Ceará
Data do documento: 2006
Editor: http://www.teses.ufc.br/
Citação: COSTA, R. A. ; VIEIRA, G. H. F. (2006)
Resumo: As bactérias pertencentes ao gênero Vibrio têm sido apontadas como um dos grandes problemas no cultivo de camarão. Autóctones de ambiente marinho e estuarino, algumas espécies de víbrios são capazes de provocar doenças, representando perdas econômicas para a indústria e perigo potencial para saúde pública quando veiculadas ao produto final destinado ao mercado. O presente estudo teve por objetivo pesquisar as espécies de Vibrio presentes no cultivo do Litopenaeus vannamei e do meio onde é cultivado. Foram acompanhados dois ciclos de cultivo do L. vannamei em uma fazenda de camarão marinho situada no estuário do rio Coreaú (CE) no período de maio a novembro de 2005, sendo analisadas 24 amostras de água de captação, 24 de água do viveiro e 24 de camarão nos estágios de pós-larva, juvenil e adulto. As análises foram concernentes à determinação do Número Mais Provável (NMP) de Vibrio, contagem de colônias sacarose positivas e negativas, identificação das espécies e testes de suscetibilidade das cepas a antibióticos. Os resultados mostraram que o índice de víbrio foi maior nas amostras de água do viveiro e de camarão nos dois ciclos quando comparadas às amostras de água de captação. Das 76 cepas isoladas de camarão nos diferentes estágios de desenvolvimento foram obtidas 14 espécies, com predominância das espécies de V. harveyi e V. cholerae nas pós-larvas; V. cholerae, V. anguillarum, V. alginolyticus e V. harveyi nos juvenis; e V. parahaemolyticus, V. harveyi e V. anguillarum nos adultos. A espécie que apresentou maior grau de resistência aos antimicrobianos foi V. cholerae, onde 33,33% das 12 cepas testadas mostraram-se resistentes a sulfazotrim, 25% a ampicilina e 33,33% a ceftriaxona. A elevada incidência de víbrios nas amostras de água e camarão pode ser indicativa de risco para a atividade, se condições ambientais desfavoráveis forem estabelecidas no ambiente de cultivo. Além disso, o isolamento feito de cepas patogênicas da microbiota acompanhante dos camarões pode representar risco para a saúde pública.
Abstract: Infections with bacteria of the genus Vibrio represent a major challenge to shrimp farmers today. Some species of vibrios, autochthonous of marine and estuarine environments, can cause severe infection in livestock, leading to economic loss and, when communicated to marketed foods, public health hazards. The objective of the present study was to identify and determine the incidence of vibrios present in a marine shrimp (Litopenaeus vannamei) culture in Northeastern Brazil. The study covered two culture cycles of L. vannamei, from May to November 2005, on a shrimp farm located in the estuary of Rio Coreaú (Ceará). Analyses were based on 24 samples of inflow water, 24 samples of pond water, and 24 samples of postlarval, juvenile and adult shrimp. The outcome measures included most probable number (MPN) of vibrios, number of sucrose-positive and negative strains, species identification and susceptibility to antibiotics. Vibrio concentrations were higher in pond water and shrimp samples than in inflow water samples. Out of 76 strains isolated from samples of shrimp at different development stages 14 species were identified, the most prevalent of which were V. harveyi and V. cholerae (in postlarvae), V. cholerae, V. anguillarum, V. alginolyticus and V. harveyi (in juveniles), and V. parahaemolyticus, V. harveyi and V. anguillarum (in adults). The hardiest species was V. cholerae of which one third out of 12 strains tested were resistant to sulfazotrim, one fourth to ampicillin, and one third to ceftriaxone. Depending on culture conditions, a high incidence of vibrios, as observed in the present study, may lead to substantial losses for the shrimp farming industry. In addition, the possibility of communicating pathogenic strains to marketed foods represents a major concern to public health.
Descrição: COSTA, Renata Albuquerque. Pesquisa de Vibrio no cultivo do camarão marinho Litopenaeus vannamei no Estado do Ceará. c2006. 301 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1572
Aparece nas coleções:LABOMAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_dis_racosta.pdf1,45 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.