Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15850
Title in Portuguese: Aplicação de técnicas espectrométricas e cromatográficas na caracterização de seis tipos químicos de Myracrodruon urundeuva (Aroeira-do-sertão)
Author: Aquino, Nayara Coriolano de
Advisor(s): Uchoa, Daniel Esdras de Andrade
Keywords: Aroeira-do-sertão
Química vegetal
Issue Date: 2013
Citation: AQUINO, N. C.; UCHOA, D. E. A. (2013)
Abstract in Portuguese: Myracrodruon urundeuva Fr. Allem (Anacardiaceae) é a designação científica para a aroeira-do-sertão, uma das plantas cujo uso medicinal é dos mais difundidos na população rural no Nordeste do Brasil. O decocto da entrecasca apresenta uso etnofarmacológico no tratamento de afecções cutâneas, problemas relacionados com doenças respiratórias e urinárias, além de excelente “banho-de-assento” no pós-parto e outros problemas ginecológicos. Recentemente a aroeira-do-sertão foi incluída na lista oficial de plantas ANVISA, preconizadas pelo uso popular, com potencial uso fitoterápico, mas o extrativismo predatório a tem colocado na lista do IBAMA das espécies da caatinga nordestina em risco de extinção. Este trabalho tem como objetivo a análise fitoquímica das folhas de Myracrodruon urundeuva, visando o detalhamento da composição química volátil, e o isolamento dos constituintes não voláteis. As folhas frescas de 52 espécimes silvestres de aroeira-do-sertão foram submetidas à extração por hidrodestilação, para obtenção dos óleos essenciais. As análises por RMN 1H e CG-MS das diversas amostras de óleos essenciais provenientes de folhas de aroeira-do-sertão silvestres permitiu a caracterização de seis marcadores quimiotaxonômicos e, em conseqüência de seis diferentes tipos químicos ((E)-β-ocimeno, (Z)-β-ocimeno, Δ3-careno, α-pineno, mirceno e limoneno) revelando, portanto uma variação química intra-específica. Também foram analisados os óleos essenciais das folhas de plantas cultivadas, caracterizando-se a constituição química volátil semelhante as plantas silvestres. Os extratos aquoso (decocção) e etanólico (maceração) da folhas de aroeira-do-sertão foram submetidos a testes farmacológicos de citotoxicidade e anti-inflamatório em neutrófilo humano, revelando que os extratos não apresentaram citotoxicidade, mas tinham potencial anti-inflamatório. O estudo fitoquímico dos extratos resultou no isolamento e caracterização de quatro compostos: ácido gálico, galato de metila, ácido quínico e N-metil-3R*,5R*-di-hidroxi-2-piperidinona, uma lactama inédita na literatura.
Abstract: Myracrodruon urundeuva Fr. Alem. (Anacardiaceae) is the scientific designation of “aroeira-do-sertão”, a tree well dispersed at the northeasttern of Brazil characteristic “caatinga”, whose medicinal use is widespread throughout the rural population. The inner trunk bark decoction is ethnopharmacologically used to treat cutaneous affections, urinary and respiratory diseases, as an aseptic bath postpartum, and as a remedy to other gynecological problems. Recently, “aroeira-do-sertão” has been included by ANVISA, in the official list of plants with reputed folk medicinal use having potential for phitoterapic exploration. On the hand, due to its predatory extractivism, it has also been included in the IBAMA list of native species under extinction threat. This work has as the main objective the phytochemical analysis of the leaves of “aroeira-do-sertão” seeking for scientific details about the volatile chemical composition as well as the non-volatile constitution. Fresh leaves of 52 wild “aroeira-do-sertão” specimens were submitted to hydrodistillation. Analyses by 1H NMR and GC-MS of all oil samples permited the characterization of six chemomarkers and, in consequence, the characterization of six “aroeira-do-sertão” chemotypes: (E)-β-ocimene (Z)-β-ocimene, Δ3-carene, α-pinene, myrcene and limonene. The volatile composition of oil samples from leaves of 43 cultivated “aroeira-do-sertão” revealed the same type of behavior for young plants. Both the aqueous (obtained by decoction) and the ethanol (by maceration) extracts from leaves of “aroeira-do-sertão” were submitted to pharmacological assays showing no cytotoxic effect, but antiflammatory potential. The phytochemical analysis of both extracts, using spectroscopic and chromatographic techniques, lead to the isolation and characterization of gallic acid, methyl gallate, quinic acid and the unknown N-methyl-3R*, 5R*-dihydroxy-2-piperidinone
Description: AQUINO, N. C. Aplicação de técnicas espectrométricas e cromatográficas na caracterização de seis tipos químicos de Myracrodruon urundeuva (Aroeira-do-sertão). 2013. 112 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15850
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DQOI - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_dis_ncaquino.pdf4,76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.