Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15854
Title in Portuguese: Experimentações, aprisionamentos e posicionamentos: narrativas de história de vida de pessoas que passaram por tratamento em comunidades terapêuticas
Title: Experimentation, imprisonments and positioning: narratives of life history of person who has been treated in therapeutic communities
Author: Holanda, Renata Bessa
Advisor(s): Lima, Aluísio Ferreira de
Keywords: Critical Social Psychology
Therapeutics Communities
Comunidades terapêuticas - Brasil
Acompanhamento terapêutico - Brasil
Psicologia social - Brasil
Narrativas pessoais
Issue Date: 2016
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: HOLANDA, R. B.; LIMA, A. F. (2016)
Abstract in Portuguese: Esse estudo se trata de uma pesquisa em Psicologia Social Crítica, que toma como base teórica-metodológica autores das teorias críticas contemporâneas. Tem como objetivo compreender as experiências de sujeitos que passaram por tratamentos em comunidades terapêuticas e os efeitos destas nas metamorfoses identitárias. A pesquisa tem caráter qualitativo, e está ancorada no método de narrativas de história de vida, o qual possibilitou um amplo relato acerca do que foi vivenciado pelos participantes da pesquisa, reconhecendo-os como sujeitos ativos e implicados, e não simplesmente indivíduos assujeitados ao seu processo de produção de cuidado. Para essas entrevistas, não estabelecemos previamente um questionário estruturado, mas nos orientamos por duas perguntas disparadoras: “quem é você?” e “como você se tornou quem você é hoje?”. A partir disto, nossa pesquisa contou com dois participantes, que falaram das experiências concernentes a este recorte de realidade. Para análise das narrativas que os sujeitos trouxeram, seguimos a proposta apresentada por Ciampa e Lima, organizando cada uma das personagens vividas pelos sujeitos, de modo a construir cada trajetória individual. Dividimos as narrativas dos participantes em momentos importantes de suas vidas, destacando as primeiras experimentações das drogas e suas consequências, as internações e as experiências de tratamento, o uso de drogas e os impactos nas relações interpessoais, a religião e o uso de drogas, os efeitos destes usos e das internações e o posicionamento atual frente ao uso de drogas e às comunidades terapêuticas. Como considerações finais deste estudo, destacamos os impactos que pudemos perceber dos tratamentos das comunidades terapêuticas na vida destes sujeitos, discutindo sobre as formas de aprisionamentos, as políticas de cuidado impostas, os processos de estigmatização e hegemonia do saber técnico-psiquiátrico e a importância de se pensar formas do que chamamos de cuidados políticos, que promovam maior autonomia e emancipação nos processos vivenciados por estas pessoas.
Abstract: This study is a research in Critical Social Psychology, which takes as its theoretical and methodological basis authors of contemporary critical theories. It aims to understand the experiences of persons that have been treated in therapeutic communities and how they affected identity metamorphosis. This is a qualitative research, and is anchored in the method of life history narratives, which enabled a comprehensive report on what was experienced by the participants, recognizing them as active and involved subjects, and not as just subjects who does not understand about their care production processes. For these interviews, we did not previously established a structured questionnaire, but we are guided by two triggering questions: "Who are you?" and "how you became who you are today?". From this, our research involved two participants, who spoke of their experiences concerning this reality clipping. To analyze the content that subjects brought, we followed the proposal of Ciampa and Lima, organizing each of the characters experienced by subjects in order to build each individual trajectory. The narratives of the participants were divided into important moments of their lives, highlighting the first trials of drugs and its consequences, hospitalizations and experiences of treatment, drugs uses and the impacts on interpersonal relationships, religion and drug use, the effects of these uses and hospitalizations and the current position relative to the use of drugs and therapeutic communities. As conclusion of this study, we highlighted the impacts that we could realize the therapeutic communities treatments caused in the life of these subjects, discussing forms of imprisonment, imposed care policies, stigmatization processes and the hegemony of technical and psychiatric knowledge and the importance of thinking about ways on we called political care, promoting greater autonomy and empowerment in the process experienced by these people.
Description: HOLANDA, Renata Bessa. Experimentações, aprisionamentos e posicionamentos: narrativas de história de vida de pessoas que passaram por tratamento em comunidades terapêuticas. 2016. 105f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Psicologia, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15854
Appears in Collections:PPGP - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_dis_rbholanda.pdf926,63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.