Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15898
Title in Portuguese: A eficiência da inserção da variável ambiental nas instituição financeiras perante o protocolo verde e os princípios do Equador.
Title: The efficiency of the financial institutions in the inclusion of the environmental variable through the Green Protocol and the Equator Principles
Author: Rabelo, Melca Silva
Advisor(s): Lima, Patrícia Verônica Pinheiro Sales
Keywords: Protocolo Verde, Princípios do Equador, Variável Ambiental
Green protocol, The Equator Principles, Environmental Variable
Impacto ambiental - Avaliação
Desenvolvimento econômico - Aspectos ambientais
Responsabilidade social da empresa
Sustentabilidade
Issue Date: 2008
Citation: RABELO, M. S. (2008)
Abstract in Portuguese: A certeza das mudanças climáticas colocou em questão o modelo econômico atual. A busca pelo lucro através do consumo, sem consciência, ganhou novas escalas com o surgimento da globalização e com isso a sociedade percebeu que os recursos são finitos e que é preciso mudar. Dentro deste novo contexto, estão as instituições financeiras, empresas responsáveis pelo financiamento da maioria das atividades econômicas, incluindo as mais poluidoras. Ao financiarem esses tipos de atividades, os bancos tornam-se co-responsáveis pelo impacto ambiental gerado por elas. Deste modo, a fim de evitarem penalizações futuras, foram criadas diversas ferramentas que auxiliam no processo de avaliação de crédito juntamente com a inserção da variável ambiental, dentre elas o Protocolo Verde e os Princípios do Equador. Ambas podem ser consideradas iniciativas que abriram o caminho para uma nova modalidade de negócios - aquela que se inclui o risco ambiental em suas atividades e avalia o impacto destas no meio ambiente e nas comunidades vizinhas. Este estudo teve como objetivo mensurar a eficiência das instituições financeiras na inserção da variável ambiental a partir do Protocolo Verde e Princípios do Equador. Para isso, foi criado o Índice de Eficiência da Inserção da Variável Ambiental (IEIVA), através da adaptação de Alimonda e Leão (2005), que foi aplicado com cinco instituições financeiras, sendo três públicas e duas privadas, atuantes no Brasil. A análise do IEIVA possibilitou conhecer individualmente os índices que o compõem, permitindo deste modo agir preferencialmente nos indicadores que obtiveram resultados abaixo do esperado, para deste modo melhorar o desempenho total. Ao final pode-se constatar que há uma pequena diferença que favorece as instituições financeiras públicas (Protocolo Verde) em relação às privadas (Princípios do Equador). Porém ressalta-se que estas duas ferramentas – Protocolo Verde e Princípios do Equador - não são as únicas que permitem a introdução da questão ambiental nas instituições financeiras, sendo escolhidas por serem as mais difundidas e utilizadas; dessa forma, somente elas não são garantia para a transformação de uma Instituição Financeira em uma empresa sustentável; porém um caminho. O Desenvolvimento Sustentável requer ações conjuntas entre governos, empresas e sociedade. É preciso que todos estejam conscientizados da importância de se introduzir um novo modelo econômico que favoreça a ambos. O que parece ser impossível atualmente, mas que no futuro poderá tornar-se indispensável. Assim, a análise da variável ambiental na concessão de crédito, que hoje parece ser inovadora para o mercado, tem se mostrado apenas necessária, diante de recursos naturais cada vez mais escassos.
Abstract: The certainty of the climatic changes has put in question the current economic model. The search for profit through consumption, without conscience, has reached new levels with the appearance of globalization and with that the society has noticed that the resources are finite and that change is necessary. in this new context, there are the financial institutions, companies responsible for financing most of the economic activities, including the most polluting ones. By financing those types of activities, the banks become co-responsible for the environmental impact generated by their clients. Thus, in order to avoid future penalties, several tools were created to help the process of credit evaluation, together with the inclusion of the environmental variable, among them are the Green Protocol and the Equator Principles. Both can be considered initiatives that paved the way for a new modality of business - that includes the environmental risk in their activities and that evaluates their impact in the environment and in the neighboring communities. This study had the goal of measuring the efficiency of the financial institutions in the inclusion of the environmental variable through the Green Protocol and the Equator Principles. For that, was created the Index of Efficiency of Inclusion of the Environmental Variable (IEIVA), through the adaptation of Alimonda and Leão (2005). That index was applied to five financial institutions, with great performance in Brazil, being three public and two private. The analysis of IEIVA led to the understanding of the indices that compose it individually, allowing this way to act preferentially in the indicators that obtained results below the expected, in order to improve the total performance. At the end it was possible to verify that there is a small difference that favors the public financial institutions (Green Protocol) in relation to the private ones (The Equator Principles). Even so it must be emphasized that these two tools - Green Protocol and The Equator Principles - are not the only ones that allow the introduction of the environmental variable in the Financial Institutions, being chosen because they are the more widespread and used; in that way, they do not guarantee the transformation of a financial institution in a sustainable company; even so they open up a road. Sustainable Development demands actions that include governments, companies and society. It is necessary that everybody become aware of the importance of introducing a new economic model that favors all of them. What seems to be now impossible, but that can become indispensable in the future. Therefore the analysis of the environmental variable in the credit concession, that today seems to be innovative for the market, has been showing necessary, before natural resources become rare.
Description: RABELO, Melca Silva. A eficiência da inserção da variável ambiental nas instituição financeiras perante o protocolo verde e os princípios do Equador. 2008. 144 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Pro-Reitoria de pesquisa e Pós-Graduação, Programa Regional de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente - PRODEMA, Fortaleza-CE, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15898
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PRODEMA - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_dis_msrabelo.pdf2,04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.