Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1625
Título: Evolução morfodinâmica e hidrológica direcionada ao manejo de lagoas costeiras tropicais. Estudo de caso : lagoa das almécegas, Paraipaba - Trairi/Ce
Título em inglês: Evolution morphodynamic and hydrological directed to the management of tropical coastal lagoons. Case Study: Almécegas Pond, Paraipaba - Trairi / Ce
Autor(es): Silva, Raquel Lemos da
Orientador(es): Morais, Jader Onofre de
Palavras-chave: Ecologia lacustre - Ceará - Hidrologia
Data do documento: 2007
Editor: http://www.teses.ufc.br/
Citação: SILVA, R. L. de, ; MORAIS, J. O. de (2007)
Resumo: A lagoa costeira, Almécegas, está localizada no litoral Oeste do Estado do Ceará na divisa dos municípios de Trairi e Paraipaba. O principal objetivo deste trabalho foi avaliar a evolução os processos controladores da morfologia e hidrologia da Lagoa das Almécegas visando gerar informações úteis ao uso e gestão desse recurso hídrico costeiro. A origem da lagoa das Almécegas está subordinada ao comportamento climático-natural da área, bastante influenciado pela dinâmica litorânea. Com a gênese relacionada aos processos transgressivos e regressivos do mar, e barramento do riacho pelo sistema de dunas (transporte eólico) e processos associado (descarga fluvial), sendo posteriormente com a construção da barragem. A metodologia utilizada para realização desta pesquisa baseia-se na compreensão da organização da natureza dentro do espaço, e a relação que ocorre entre seus componentes. Para tanto foram realizadas analises dos parâmetros físicos e químicos da água: temperatura, condutividade elétrica, turbidez, pH e transparência. Ademais, foram coletadas amostras de subsuperfície e fundo para a investigação de material em suspensão. Também, realizou-se a caracterização sedimentológica, analise de matéria orgânica e metais–traço (cobre, cádmio e zinco) no sedimento, e o estudo morfomêtrico e levantamento batimétrico da lagoa. Os resultados demonstram que o sistema estudado apresentou variação sazonal relacionada aos dois períodos hidrológicos distintos. O período chuvoso se caracterizou por precipitações mais intensas e menor insolação, enquanto que o seco apresentou maior insolação e maiores velocidades dos ventos, trazendo conseqüências diretas sobre o nível d’água da lagoa. A coluna d’água apresentou estratificação (térmica) significativa devido principalmente à profundidade do sistema, à atuação dos ventos e transparência da coluna d’água. A composição granulométrica dos sedimentos de fundo da Lagoa das Almécegas resultaram em seis classes principais: areia com cascalho esparso (43,8 %), areia (25%), areia fina (6,3%), areia siltosa (6,3%), areia lamosa (6,3%), silte (6,3%) e silte arenoso (6,3%). Observa-se que as frações grossas do sedimento, maiores que 0,063 mm, ocorrem na grande maioria das amostras, o que pode está relacionado ao processo de assoreamento. A distribuição da matéria orgânica indica os diferentes graus de aeração das diversas áreas do ambiente de sedimentação. Quanto à morfologia a lagoa apresentando uma área de 1,3 km2, perímetro de 9,935 Km, largura máxima de 684 m e comprimento de 3,5 km, volume de 6.688.000 m³, profundidade máxima de 5,85 m, profundidade média de 2,55m. A relevância do volume classifica este reservatório como de capacidade de armazenamento satisfatório. Em termos de ocupação, a lagoa encontra-se com baixa ocupação imobiliária, devido principalmente a pouca especulação. Mas, as ocupações que já ocorrem na região ultrapassam os limites impostos pela lei (Áreas de Preservação Permanente), já a ocupação associada à retirada da cobertura vegetal é possível de ser vista, e este problema pode gerar uma instabilidade das margens e conseqüente alteração das características morfométricas e físicoquímicas da lagoa, podendo ocasionar impactos negativos, como aumento do escoamento superficial, erosão das margens, maior aporte de sedimentos na lagoa, assoreamento, diminuição do volume de água, e maior concentração de poluentes na lagoa, podendo vir a comprometer também a vida da população local.
Abstract: The coastal lagoon, Almécegas, are located in the coastal West of the State of the Ceará in the verge of the cities of Trairi and Paraipaba. The main objective of this work was to evaluate the evolution the controlling processes of the morphology and hidrology of the Lagoon of the Almécegas being aimed at to generate useful information to the use and management of this coastal hídrico resource. The origin of the lagoon of the Almécegas is subordinated to the climatic-natural behavior of the area, sufficiently influenced for the littoral dynamics. With genesis related to the transgression and regression processes of the sea, and slide bars of the extended river for the dune system (aeolian transport) and processes associated (fluvial discharge), being later with the construction of the barrage. The methodology used for accomplishment of this research is based inside on the understanding of the organization of the nature of the space, and the relation that occurs between its components. For they had been in such a way carried through you analyze of the physical and chemical parameters of the water: temperature, electric condutividade, turbidez, pH and transparency. Furthermore, had been collected samples of deep subsurface and for the inquiry of material in suspension. Also, it was become fullfilled sedimentation characterization, analyzes of organic substance and metal-traces (it has covered, cadmium and zinc) in the sediment, and the morfomêtrico study and batimétrico survey of the lagoon. The results demonstrate that the studied system presented related sazonal variation to the two distinct hidrológicos periods. The rainy period if characterized for more intense precipitations and lesser insolation, whereas the dry one presented greater insolation and greaters speeds of the winds, bringing direct consequences on the water level of the lagoon. The water column presented stratification (thermal) significant had mainly to the depth of the system, to the performance of the winds and transparency of the water column. The grain sized composition of the sediments of deep of the Lagoon of the Almécegas had resulted in six main classrooms: slightly gravelly sand (43.8%), sand (25%), fine sand (6.3%), muddy sand (6.3%), slightly gravelly muddy sand (6.3%), silt (6.3%) and sandy silt (6.3%). It is observed that the thick fractions of the sediment, greaters that 0,063mm, occur in the great majority of the samples, what it can is related to the silting. The distribution of the organic substance indicates the different degrees of aeration of the diverse areas of the sedimentation environment. How much to the morphology the lagoon presenting an area of 1,3km2, perimeter of 9,935Km, maximum width of 684m and length of 3,5km, Volume of 6.688.000m ³, maximum depth of 5,85m, average depth of 2,55m. The relevance of the volume classifies this reservoir as of capacity of satisfactory storage. In occupation terms, the lagoon meets with low real estate occupation, had mainly to little speculation. But, the occupations that already occur in the region exceed the limits taxes for the law (Areas of Permanent Preservation) already the occupation associated with the withdrawal of the vegetal covering are possible of being seen, and this problem can generate an instability of the edges and consequence the alteration of the morfométricas characteristics and physicistchemistries of the lagoon, being able to cause negative impacts, as increase of the superficial draining, erosion of the edges, greater arrives in port of sediments in the lagoon, assoreamento, reduction of the volume of water, and greater concentration of pollutants in the lagoon, being able to come also compromising the life of the population place.
Descrição: SILVA, Raquel Lemos da. Evolução morfodinâmica e hidrológica direcionada ao manejo de lagoas costeiras tropicais. Estudo de caso: lagoa das almécegas, Paraipaba - Trairi/Ce . 2007. 110 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2007.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1625
Aparece nas coleções:LABOMAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_dis_rldsilva.pdf4,38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.