Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16270
Título: As Unidades Fitoecológicas do Município de Itapipoca/Ce: Fatores Condicionantes do Estado de Conservação
Título em inglês: Units of the Municipality of phytoecological Itapipoca / Ce: Conditioning Factors of the State Conservation
Autor(es): Sousa, Antônio Sávio Magalhães de
Orientador(es): Oliveira, Vládia Pinto Vidal de
Palavras-chave: Unidades de Conservação, Fitogeografia, Proteção, Degradação.
Units of Conservation, Phyto-ecological Units, Protection, Degradation.
Degradação ambiental
Florestas - Conservação
Ecologia vegetal
Proteção ambiental
Data do documento: 2009
Citação: SOUSA, A. S. M. (2009)
Resumo: Esta pesquisa tem a finalidade de analisar o estado de conservação da vegetação e o nível de degradação ambiental de Itapipoca. O município está localizado na mesorregião geográfica norte cearense, e possui uma área de 154.416 hectares. A pesquisa foi dividida em três etapas: I) na fase de aquisição foi realizada a revisão de literatura e geocartográfica a partir de produções técnicas e científicas, trabalhos de campo para coleta de dados, descrição das comunidades vegetais; II) na fase de análise foram caracterizados os componentes da paisagem, os aspectos históricos e geográficos, bem como realizado uma análise do estado de conservação atual, e; III) na fase de síntese foram agregados e integrados os dados obtidos na fase de aquisição e na fase de análise, resultando na caracterização e delimitação de oito Unidades Fitoecológicas, destacando nelas as formas de uso e ocupação. As Unidades Fitoecológicas são: 1. Floresta ombrófila aberta Montana (Mata Úmida); 2. Floresta estacional semi-decidual submontana (Mata Seca); 3 Floresta mista dicótilo-palmácea das planícies fluviais (Vegetação de Várzea); 4. Caatinga arbórea-arbustiva densa submontana (Vegetação de Caatinga Densa); 5. Caatinga arbustiva aberta da depressão sertaneja (Vegetação de Caatinga Aberta); 6. Floresta mista decídua de tabuleiro litorâneo e pré-litorâneo (Vegetação Sub-caducifólia de Tabuleiro); 7. Floresta perenifólia paludosa de planície flúvio-marinha (Vegetação de Mangue), e; 8. Formação arbustiva-herbácea da retaguarda de dunas, faixa de praia e pós-praia (Vegetação Pioneira Psamófila). Um importante motivo para realização da pesquisa é a reduzida produção de trabalhos sobre o maciço de Uruburetama, área essa bastante degradada se comparado a outras regiões cearenses, associada principalmente ao uso pela atividade agrícola e exploração inadequada de áreas como as margens dos rios (Vegetação de várzea), as vertentes escarpadas da serra (Mata Úmida e Mata Seca) e nas áreas planas (Vegetação de Caatinga Densa). Encontra-se ainda remanescentes de áreas conservadas, passíveis de proteção, sendo necessário o desenvolvimento de práticas conservacionistas em todas as Unidades Fitoecológicas. Assim, conclui-se ao término da pesquisa a necessidade de instituir Unidades de Conservação com o intuito de proteger a cobertura vegetal e a fauna, e até mesmo recuperar danos às áreas degradadas, buscando alternativas de manutenção e proteção do patrimônio natural para um melhor desempenho dos serviços ambientais e do funcionamento dos sistemas ecológicos. São propostos ainda, subsídios para criação, manejo e monitoramento de Unidades de Conservação, ressaltando a importância do conhecimento científico e participação da comunidade para definição de tais espaços, considerando as particularidades de cada região. A base para proteção deve estar pautada no Código Florestal Brasileiro, no Sistema Nacional de Unidades de Conservação e na legislação ambiental pertinente.
Abstract: This research aims to examine the conservation status and level of environmental degradation of Itapipoca. It is located in the geographical middle region north of Ceara, and has an area of 154.416 hectare. The research was divided into three stages: I) acquisition phase was carried out literature review and geo from production techniques and scientific field work and data collection, description of plant communities and analysis; II) phase analysis was characterized components of the landscape historical, geographical, and of the conservation status; III) phase synthesis (aggregation and integration) of data obtained and data extracted from the analysis phase were characterized and defined eight Phyto-ecological Unit in Itapipoca, highlighting the forms of use and occupation. Phyto-ecological Units are: 1. Open rainforest Montana (Humid Forest) 2. Semi-deciduous forest deciduous submontane (Dry Forest), 3 Forest mixed dicot-palmae the river plains (Varzea), 4. Caatinga trees and shrubs dense submontane (Dense Caatinga vegetation), 5. Caatinga open scrub depression sertaneja (Caatinga vegetation Open) 6. Mixed deciduous forest of coastal tableland, and pre-coastal (deciduous Vegetation Sub-Board), 7. Evergreen forest swamp lowland river floodplains (mangrove), and 8. Training shrub-herbaceous rear of dunes, beach strip and post-beach (sandy coastal vegetation pioneer). An important reason for conducting the research is the lack of work on the massive Uruburetama this area is very degraded compared to other regions of Ceara, mainly associated with the use of agricultural activity and use of inappropriate areas such as river banks (flooded vegetation ), in steep slopes of the mountain forest (Wet and Dry Forest) and flat areas (Dense Caatinga vegetation). It can be found remnants of protected areas, eligible for protection, which required the development of conservation practices in all units phyto-ecological. So, it appears at the end of the research need to establish protected areas in order to protect the vegetation and fauna, and even damage to recover degraded areas, seeking alternatives for maintenance and protection of natural heritage for a better performance of environmental services and the functioning of ecological systems. It is proposed subsidies for the creation, management and monitoring of conservation areas, highlighting the importance of scientific knowledge and community participation for identifying these areas, considering the particularities of each region. The basis for protection should be regulated in the Brazilian Forest Code, the National System of Protected Areas, and relevant environmental legislation.
Descrição: SOUSA, Antonio Sávio Magalhães. As Unidades Fitoecológicas do Município de Itapipoca/Ce: Fatores Condicionantes do Estado de Conservação, Fortaleza. 2009. 116 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente, Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16270
Aparece nas coleções:PRODEMA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_asmsousa.pdf10,97 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.