Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16288
Título: Efeito de diferentes agentes naturais biomodificadores na adesão à dentina hígida e afetada por cárie
Título em inglês: Influence of plant-derived biomodification agents on bonding to sound and caries-affected dentin
Autor(es): Lemos, Marcelo Victor Sidou
Orientador(es): Santiago, Sérgio Lima
Palavras-chave: Dentina
Colágeno
Cárie Dentária
Proantocianidinas
Data do documento: 19-Fev-2016
Citação: LEMOS, M. V. S. ; SANTIAGO, S. L. (2016)
Resumo: A Odontologia restauradora minimamente invasiva tem priorizado cavidades mais conservadoras. Por isso o uso de estratégias como a biomodificação da dentina com o intuito de melhorar as propriedades mecânicas da camada híbrida e de proteger as fibrilas colágenas da degradação, tem ganhado cada vez mais destaque. O presente estudo tem o objetivo de avaliar a influência de diferentes agentes naturais de biomodificação sobre a resistência de união (RU) resina-dentina, nanoinfiltração e micropermeabilidade em dentina hígida e afetada por cárie. Os fatores sob investigação são (1) pré-tratamento dentinário: álcool absoluto (controle negativo), proantocianidinas a 2%; cardanol-metacrilato a 2%, cardol a 2%, cardol-metacrilato a 2% e epigalocatequina-3-galato (EGCG) a 0,1%; (2) tipo de substrato dentinário: dentina hígida e dentina afetada por cárie artificialmente. Microtração (n=6), micropermeabilidade dentinária (n=3) e nanoinfiltração interfacial (n=6), foram avaliados em uma máquina de ensaios universais, microscopia confocal a laser e microscopia eletrônica de varredura, respectivamente. Os valores de RU em dentina hígida foram superiores nos grupos tratados com cardol-metacrilato e EGCG. Já em dentina afetada por cárie, o grupo pré-tratado com cardol-metacrilato apresentou resultados superiores aos demais grupos. Todos os grupos de dentina hígida apresentaram redução de nanoinfiltração em relação ao controle, exceto o grupo pré-tratado com cardanol-metacrilato. Para selamento, em dentina hígida, os grupos cardol-metacrilato e cardanol-metacrilato apresentaram os melhores resultados. O cardol-metacrilato mostrou-se como um agente promissor para biomodificação dentinária tanto em dentina hígida como em dentina afetada por cárie.
Abstract: Minimally invasive dentistry has been prioritizing more conservative cavity preparations. For this reason, the employment of strategies as dentin biomodification, to ameliorate the mechanical properties of resin-dentin interface and to protect collagen fibrils from biodegradation, is highlighted as a promising technique. The present study aimed to evaluate the influence of different natural biomodification agents on resin-dentin bond strength, nanoleakage and micropermeability at sound and caries-affected dentin. The variable investigated were (1) dentin pre-treatment: absolute ethanol (control), proanthocyanidins (PACs) 2%, cardol (from cashew nut shell liquid) 2%, cardol-methacrylate 2%, cardanol-methacrylate 2% and epigallocatechin-3-gallate (EGCG) 0.1%; and (2) dentin substrate: sound dentin and artificial caries-affected dentin. Microtensile bond strength (n=6), dentin micropermeability (n=3) and interfacial nanoleakage (n=6) were assessed on a universal testing machine, confocal-laser scanning microscope and scanning electron microscope respectively. The bond strength on sound dentin was higher by using cardol-methacrylate and EGCG. On caries-affected dentin, pre-treatment using cardol-methacrylate achieved the highest bond strength. All biomodification agents reduced the nanoleakage in comparison with control, except cardanol-methacrylate. On sound dentin, the micropermeability was decreased when using cardanol- and cardol-methacrylate. Cardol-methacrylate has shown to be a promising biomodification agent thereby improving dentin bonding at both sound and caries-affected dentin.
Descrição: LEMOS, M. V. S. Efeito de diferentes agentes naturais biomodificadores na adesão à dentina hígida e afetada por cárie. 2016. 52 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16288
Aparece nas coleções:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_mvslemos.pdf2,7 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.