Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16309
Título: Perfil de resistência a antimicrobianos de estirpes de Enterococcus spp. isoladas do entorno da pluma do emissário submarino de Fortaleza – CE
Autor(es): Araújo, Alberto Jorge Gomes de
Orientador(es): Vieira, Regine Helena Silva dos Fernandes
Palavras-chave: Emissário submarinos - Fortaleza (CE)
Poluição marinha
Esgotos
Data do documento: 2013
Citação: ARAÚJO, A. J. G. de (2013)
Resumo: O Sistema de Disposição Oceânica dos Esgotos Sanitários (SDOES) de Fortaleza atua no tratamento e disposição final de parte dos esgotos gerados na região. A eficiência desse sistema se dá através do aproveitamento da elevada capacidade de autodepuração das águas marinhas que promovem a diluição, dispersão e decaimento de cargas poluentes a elas lançadas. O emissário submarino recebe e lança em profundidades de 12 metros e a uma distância de 3.204 m, das praias da Costa Leste, esgotos domésticos que sofreram apenas um pré-tratamento, sendo este um peneiramento para retirada de sólidos. As bactérias do gênero Enterococcus spp. por resistirem mais tempo na água do mar que os coliformes termotolerantes, são consideradas indicadores mais precisos de contaminação fecal recente do ambiente marinho e de doenças transmitidas ao homem pelo contato com a água. O objetivo desse trabalho foi identificar estirpes de Enterococcus spp. isoladas do entorno da pluma do emissário submarino, determinar o perfil de susceptibilidade a antimicrobianos, Ampicilina – AMP (10 μg), Clindamicina – CLI (2μg), Cloranfenicol – CLO (30 μg), Estreptomicina – SM (300 μg), Gentamicina – GM (10 μg), Penicilina G – PEN (10 U.I.), Tetraciclina – TET (30 μg) e Vacomicina – VAN (30 μg), normalmente empregados em doenças onde estes micro-organismos estão implicados, proceder a cura plasmidial das estirpes resistentes aos antimicrobianos e detectar fatores de virulência através da produção de gelatinase, hemolisina, substância de agregação e proteínas de superfície. Os resultados mostraram a ocorrência de sete espécies: Enterococcus durans (n=2), E. faecalis (n=18), E. faecium (n=9), E. hirae (n=29), E. mundtii (n=14), E. pseudoavium (n=3) e E. raffinosus (n=5). Cerca de 61,25% das estirpes apresentaram resistência a pelo menos um dos fármacos testados e 30% apresentaram-se multirresistentes, com variação do Índice de Múltipla Resistência (MAR) entre 0,33 e 0,5. Os maiores índices de resistência estavam relacionados aos fármacos CLI (61,2%), SM (27,5%) e TET (13,8%), enquanto que CLO, PEN e VAN mostraram-se 100% eficientes. Observou-se ainda a ocorrência de estirpes produtoras de gelatinase (n=16), de hemolisinas com atividades β-hemolítica (n=14), de substância de agregação (n=5) e proteínas de superfície formadoras de biofilme (n=30). A ocorrência de resistência e multirresistência a antimicrobianos no ambiente aquático é um motivo de preocupação, sugerindo que os Enterococcus spp. podem vir a constituir reservatórios de genes de resistência.
Abstract: Fortaleza's Oceanic Disposal of Sewage system (SDOES) is responsible for the treatment and final disposal of a part of the sewage generated in the area. The efficiency of the system is due to the high capacity of sea water to treat waste released into it through dilution, dispersion and decay of pollutents in the waste. The submarine outfall pipe receives and throws away at depths of 12 meters and at a distance of 3,204 m, from the beaches of the East Coast, domestic sewage which suffered only one pre-treatment, consisting of a screening process to remove solids. The bacterias of genus Enterococcus spp. by living longer in seawater than faecal coliforms are considered the most accurate indicator of recent faecal contamination of the marine environment and transmission of diseases to humans by contact with water. The objective of this work was to identify strains of Enterococcus spp. isolated from the surrounding marine outfall plume, determine the susceptibility profile of the antimicrobial, Ampicillin – AMP (10 μg), Clindamycin – CLI (2μg), Chloranphenicol – CLO (30 μg), Streptomycin – SM (300 μg), Gentamicin – GM (10 μg), Penicillin G – PEN (10 U.I.), Tetracycline – TET (30 μg) e Vacomycin – VAN (30 μg), usually employed in diseases where these microorganisms are involved, the plasmidial cure of antimicrobial-resistant strains and verify the occurrence of virulence factors by producing gelatinase, hemolysin, aggregation substance and surface proteins. The results showed the occurrence of seven distinct species: Enterococcus durans (n=2), E. faecalis (n=18), E. faecium (n=9), E. hirae (n=29), E. mundtii (n=14), E. pseudoavium (n=3) and E. raffinosus (n=5). About 61.25% of the strains showed resistance to at least one of the drugs tested and 30% with multidrug-resistant variation of Multiple Resistance index (MAR) between 0.33 and 0.5. The highest rates of resistance were related to the drugs CLI (61.2%), (27.5%) SM and TET (13.8%), while CLO, PEN and VAN were 100% efficient. It was also noted the occurrence of strains producing gelatinase (n=16), hemolysins with activities β-hemolytic (n=14), aggregation substance (n=5) and surface biofilm-forming proteins (n=30). The occurrence of antimicrobial resistance and multidrug resistance in the aquatic environment is a cause for concern, suggesting that Enterococcus spp. may be reservoirs of genes of resistance.
Descrição: ARAÚJO, A. J. G. de; Perfil de resistência a antimicrobianos de estirpes de Enterococcus spp. isoladas do entorno da pluma do emissário submarino de Fortaleza – CE. Fortaleza, 2013. 91 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16309
Aparece nas coleções:LABOMAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_dis_ajgdearaujo.pdf2,24 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.