Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16346
Título: Análise do aproveitamento energético do biogás do aterro sanitário metropolitano oeste em Caucaia sob a perspectiva do mecanismo de desenvolvimento limpo
Título em inglês: Analysis of the energetic utilization of the biogas from the Caucaia west metropolitan sanitary landfill under the perspective of the clean development mechanism
Autor(es): Linard, André de Freitas Gomes
Orientador(es): Aquino, Marisete Dantas de
Palavras-chave: Engenharia sanitária
Resíduos sólidos
Aterro sanitário
Biogás
Viabilidade econômica - projetos
Saneamento
Data do documento: 8-Nov-2010
Citação: LINARD, A. F. G. (2010)
Resumo: A geração expressiva de resíduos sólidos urbanos (RSU) no Brasil tem-se tornado foco convergente de apreensão do Poder Público e da sociedade pela constatação de que à grande parte de todo o montante desse lixo não são dados tratamento nem destinação final apropriados. Dispostos em lixões, aterros controlados e sanitários, os RSU, após ação de mecanismos de degradação, emitem para a atmosfera gases poluentes, sobretudo metano (CH4) e dióxido de carbono (CO2), os quais contribuem para o agravamento do fenômeno do Efeito Estufa. O Protocolo de Quioto, documento adotado no âmbito da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (CQNUMC), estabeleceu metas de redução de emissões de Gases causadores do Efeito Estufa (GEEs) para os países industrializados e, para alcançar efetivamente tal propósito, instituiu um instrumento de flexibilização denominado Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). Este estabelecia que as nações desenvolvidas que tivessem dificuldades em cumprir suas quotas de redução de emissões poderiam investir em projetos redutores ou removedores de GEEs em nações em desenvolvimento. Este trabalho analisou o aproveitamento energético do biogás do Aterro Sanitário Metropolitano Oeste em Caucaia (ASMOC) através dos critérios do MDL, procedendo primeiramente à análise da viabilidade técnica da utilização do Gás do Lixo (GDL) para fins energéticos, como também às diretrizes do MDL, quais sejam: i) Linha de Base, definição do conjunto de emissões de GEEs na ausência do projeto; ii) Adicionalidade, verificação do caráter redutor ou removedor de GEEs do projeto, ou seja, as reduções devem ser adicionais após a implantação deste; iii) viabilidade econômica condicionada à contabilização da receita oriunda das Reduções Certificadas de Emissão (RCEs), título comercializável no Mercado de Carbono que comprova e registra a quantidade de GEEs evitada pela atividade; iv) verificação da contribuição do projeto para o Desenvolvimento Sustentável. Utilizou-se, para o cálculo do biogás gerado no ASMOC e da potência disponível a partir da conversão energética do GDL, o programa Biogás – Geração e Uso Energético (Aterros-Versão 1.0) e, para avaliar a viabilidade econômica do empreendimento, realizou-se análise baseada no Valor Presente Líquido (VPL) e na Taxa Interna de Retorno (TIR). Os resultados demonstraram a viabilidade técnica e econômica do aproveitamento energético do biogás do ASMOC, com implantação de planta geradora de energia elétrica cuja potência é de 10MW, redução de emissões de aproximadamente 9 milhões de toneladas de dióxido de carbono, bem como o MDL constituir ferramenta poderosa no fomento e na viabilização de projetos de aterros energéticos, repercutindo positivamente do ponto de vista ambiental, econômico e social (tríade do Desenvolvimento Sustentável).
Abstract: The great generation of Municipal Solid Waste (MSW) in Brazil has become a convergent focus of concern of Government and society by the evidence that it’s not given appropriate treatment or final disposal to the large part of this amount of garbage. Disposed in landfills, controlled and sanitary landfills, MSW, after the action of degradation mechanisms, emit polluting gases into the atmosphere, mainly methane (CH4) and carbon dioxide (CO2), which contribute to the aggravation of the phenomenon of the Greenhouse Effect. The Kyoto Protocol, a document adopted under the United Nations Framework Convention on Climate Change (UNFCCC), set up limits on emissions of Greenhouse Gases (GHG) for industrialized countries and to effectively get this purpose instituted a flexible instrument called Clean Development Mechanism (CDM). It established that the developed nations that had troubles to accomplish their quotas for reducing emissions could invest in GHG reducer or remover projects in developing nations. This research analyzed the energetic utilization of the biogas from the Caucaia West Metropolitan Sanitary Landfill (ASMOC) through the criteria of the CDM, proceeding firstly the analysis of the technical viability of the energetic utilization of Landfill Gas (LFG) as well as the CDM rules, which are: i) Baseline, definition of the whole GHG emissions in the absence of the project; ii) Additionality, verification of the project GHG reducer or remover feature, ie, reductions must be additional after the project implantation; iii) economic viability linked to the accounting of revenue from the Certified Emission Reductions (CERs), a negotiable deed in the Carbon Market that proves and registers the quantity of GHG avoided by the project; iv) verification of the project contribution to Sustainable Development. It was used for the calculation of the biogas generated in ASMOC and power available from the LFG energetic conversion the software Biogás – Geração e Uso Energético (Aterros-Versão 1.0) and to evaluate the undertaking economic viability analysis was performed based on Net Present Value (NPV) and Internal Rate of Return (IRR). The results demonstrated the technical and economic viability of the energetic utilization of ASMOC biogas, with the implementation of electricity generating plant whose output is 10MW, emissions reduction of approximately 9 million tons of carbon dioxide as well as the CDM be a powerful tool in promoting and making possible energetic landfill projects, reflecting positively in terms of environmental, economic and social (Sustainable Development triad).
Descrição: LINARD, A. F. G. Análise do aproveitamento energético do biogás do aterro sanitário metropolitano oeste em Caucaia sob a perspectiva do mecanismo de desenvolvimento limpo. 2010. 100 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Saneamento Ambiental) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16346
Aparece nas coleções:DEHA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_afglinard.pdf1,61 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.