Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16355
Título: Ensaios sobre o mercado de trabalho, ocupação e programa bolsa família, nas áreas rurais do Brasil
Autor(es): Costa, Rayssa Alexandre
Orientador(es): Costa, Edward Martins
Palavras-chave: Mercado de trabalho
Programa bolsa família
Diferencias de salário
Discriminação
Data do documento: 2016
Citação: COSTA, R. A. (2016)
Resumo: A presente dissertação é composta por dois artigos. O primeiro artigo, que tem como título “Impactos do Programa Bolsa Família no mercado de trabalho e na renda das áreas rurais do Brasil”, analisou os efeitos do programa nas horas trabalhadas e na renda do trabalho dos beneficiários. A análise foi feita com utilização dos dados do Censo Demográfico (2010) a através de duas metodologias: Propensity Score Matching (PSM) e Efeito Quantilico de Tratamento de Firpo (2007), que verificam o efeito médio e na distribuição, respectivamente. Os resultados, para o Brasil e regiões, mostraram que o efeito médio nas horas trabalhadas dos beneficiários é inferior a dos não beneficiários, bem como a renda do trabalho, resultando em um efeito desincentivo ao trabalho. Em relação aos efeitos na distribuição, foram constatados efeitos negativos, neutros e positivos nas horas trabalhadas. Quanto à renda do trabalho observou-se que a daqueles que recebem o repasse monetário é menor do que aqueles que não recebem. Dessa forma, não se pode atribuir a menor renda a possíveis efeitos de desincentivo ao trabalho. O segundo artigo denominado “Diferenciais de rendimentos para as áreas rurais do Brasil: Uma análise por ocupação” trata dos diferenciais de renda entre gêneros e raças nas ocupações. Os dados para a análise foram retirados da Pesquisa Nacional de Amostra Domiciliar (PNAD) para o ano de 2014 e foram empregadas as decomposições de Oaxaca e Blinder (1973) e de Melly (2006) para investigar o quanto das desigualdades é explicado pelos efeitos dotação e discriminação. Para os resultados das duas metodologias, a decomposição dos diferenciais de salários entre gêneros apontou que, para o Brasil, o efeito dotação age no sentido de diminuir as diferenças salariais, visto que as mulheres possuem melhores níveis educacionais. Quanto à decomposição dos diferenciais de rendimento entre raças, os resultados para o Brasil mostraram que os efeitos discriminação e dotação foram negativos, sendo os dois efeitos responsáveis pelo aumento das desigualdades. Ao considerar as regiões, foram observadas algumas particularidades, tanto na análise de gênero, quanto de raça. A análise restringiu-se aos subgrupos dos trabalhadores agrícolas para o Brasil e os resultados mostraram que os efeitos diferem em algumas atividades
Abstract: This dissertation consists of two articles. The first article, entitled "Impacts Program Bolsa Família in the labor market and income in rural areas of Brazil", analyzes the effects the program has on hours worked and labor income of the beneficiaries. To do this, data from the Census (2010) and two methodologies were used: Propensity Score Matching (PSM) and Quantilico Effect Treatment Firpo (2007), which check the average effect and distribution, respectively. The results for Brazil and regions, showed that the average increase in hours worked of beneficiaries is less than the non-beneficiaries as well as labor income, resulting in a disincentive effect to work. For the purposes of distribution, negative, neutral and positive effects were observed in hours worked, as in labor income was observed that the income of receiving the money transfer is less than that of not receiving thus not can assign the lower income the possible effects of disincentive to work. The second article called "income differentials for rural areas of Brazil: An analysis by occupation" deals with the income differentials between genders and races in occupations. Data for the analysis were taken from the National Household Sample Survey (PNAD) for the year 2014 and were employed the decomposition of Oaxaca and Blinder (1973) and Melly (2006), to investigate how much inequality is explained by the effects allocation and discrimination. For the results of the two methodologies, the decomposition of wage differentials between genders shows that for Brazil, the endowment effect acts to reduce the pay gap, as women have better educational levels. As for the decomposition of income differentials between races, the results for Brazil showed that the effects of discrimination and allocation were negative, the two effects responsible for the increase in inequality. Considering the regions, there were some peculiarities both in gender analysis, as race. Restricting the analysis to subgroups of agricultural workers in Brazil, the results showed that the effects differ in some activities.
Descrição: COSTA, Rayssa Alexandre. Ensaios sobre o mercado de trabalho, ocupação e programa bolsa família, nas áreas rurais do Brasil. 2016. 126f.: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Economia Agrícola, Pós-Graduação em Economia Rural, Fortaleza-CE, 2016
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16355
Aparece nas coleções:DEA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1_Dissertacao VERSAO FINAL CORRIGIDA 2.pdf2,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.