Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16408
Título: Aberturas de capital no Brasil: análise das ofertas públicas iniciais de ações
Autor(es): Almeida, Antônio José Lima de
Orientador(es): Jorge Neto, Paulo de Melo
Palavras-chave: Mercado de capitais - Brasil
Oferta pública inicial de títulos (Finanças) - Brasil
Data do documento: 2009
Citação: ALMEIDA, A. J. L. (2009)
Resumo: Desde 2004, noticia-se na imprensa especializada um grande dinamismo do mercado de capitais brasileiro. Em 2005, foram realizadas nove ofertas públicas iniciais – IPO, que movimentaram cerca de R$ 5 bilhões. Em 2006, foram 26 novas emissões, quando as empresas estreantes captaram cerca de R$ 15 bilhões. Em 2007, o número de IPOs foi recorde, chegando a 64 novas empresas (captação de mais de R$ 55 bilhões), considerado um marco na história do mercado de capitais brasileiro. Nesse contexto, este estudo analisou o comportamento das ações relativas às ofertas públicas iniciais de ações ocorridas no Brasil no período de 01.01.05 a 31.07.07, com o objetivo de apurar indícios de ocorrência das seguintes anomalias relacionadas aos IPOs: subprecificação (underpricing), alta volatilidade das ações, baixa performance das emissões no longo prazo e performance vinculada ao desempenho geral do setor de atividade das empresas emissoras. O estudo obteve os seguintes resultados: considerando o retorno médio das ações no primeiro dia de negociação (12,34%), ante a variação do CDI e do Ibovespa de apenas 0,07% e 0,46%, respectivamente, conclui-se que existem evidências de underpricing nas emissões analisadas; 83% das ações apresentaram volatilidade superior à do Ibovespa, o que poderia explicar os retornos elevados no primeiro dia de negociação, ou seja, o retorno inicial elevado é uma recompensa ao risco aceito pelos investidores; a maioria das ações seguiu a mesma tendência de desempenho do setor, sugerindo que as empresas abrem o capital em momentos de auge no desempenho do setor ao qual pertencem; as ações apresentaram baixa performance no longo prazo, indicando que os emissores tendem a aproveitar os períodos de grande volume de emissões, quando as ações estão sobrevalorizadas. Dessa forma, os retornos iniciais são elevados e no longo prazo há um movimento de mercado no sentido de posicionar os papéis no seu real valor.
Abstract: Since 2004, it has been noticed through the specialized media a great excitement in the Brazilian stock market. Nine (greatest amount since 1986) Initial Public Offers (IPO) were carried out along 2005 generating about R$ 5 billion. In 2006, 26 new offers were carried out and the beginning companies made around R$ 15 billion. In 2007, the number of IPO’s achieved a record of 64 new companies (more than R$ 55 billion), a landmark in the history of the Brazilian stock market. The enthusiasm of investors towards the initial offers reached a level where the stock markets decided to sell their own stocks. Natural people forgot their fear of the risk for a while trying to increase their income considering the decline of ordinary funds. BM&F’s IPO, for instance, had 275 thousand natural people among the investors. Concerning all this excitement and some notorious cases of success and others of low performance of beginning companies in the stock market, the following work analyses the return of investments made in initial public offers of stocks in Brazil carried out between 2005/01/01 and 2007/07/31. Besides a comparative study of the return of the stocks with the CDI tax variation and the Ibovespa, it was a done an analyses of the behavior of investments according to the market section and a study of the profitability of long term funds. Among 81 companies, only 30 had positive results, which demonstrate a low performance considering the initial enthusiasm and the excessive increase of values. The profitability of stocks was only superior to the CDI and Ibovespa variation in a shot term frame and the papers seemed to be more volatile than the market average. It was also noticed that the return of investments is attached to the performance of each market section and the profitability of funds was not superior in a long term frame.
Descrição: ALMEIDA, Antônio José Lima de. Aberturas de capital no Brasil: análise das ofertas públicas iniciais de ações. 2009. 113f. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária, Contabilidade e Secretariado, Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16408
Aparece nas coleções:PPAC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_ajlalmeida.pdf682,94 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.