Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16433
Título: Avaliação da qualidade de vida no trabalho dos servidores da saúde do Complexo Hospitalar da UFC
Título em inglês: Quality of working life evaluation of the Hospital Complex of UFC health professionals
Autor(es): TEIXEIRA, Marcelo Pinheiro
Orientador(es): ALEXANDRE, João Welliandre Carneiro
Palavras-chave: Quality of working life
Worker health
Motivação no trabalho
Relações humanas
Relações Interpessoais
Saúde do Trabalhador
Data do documento: 2016
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: TEIXEIRA, M. P.; ALEXANDRE, J. W. C. (2016)
Resumo: Atualmente novas exigências trazem constantes mudanças nas instituições, no que se refere à gestão de pessoas. A interação do homem com o seu trabalho e os processos advindos desta relação estão cada vez mais na ordem do dia. No setor público, o estudo da Qualidade de Vida no Trabalho se reveste de fundamental importância, notadamente no setor saúde com suas limitações orçamentárias. Este estudo teve como objetivo principal avaliar a Qualidade de Vida no Trabalho dos profissionais de saúde do complexo hospitalar da UFC (HUWC e MEAC). Ademais, visou comparar o perfil de QVT em suas quatro premissas básicas - física, psicológica, relações sociais e meio ambiente -, levando em consideração as seguintes variáveis sócio demográficas: gênero, faixa etária, função, setor de trabalho e turno de trabalho. O estudo caracteriza-se por ser de levantamento, com abordagem quantitativa. Trata-se de uma pesquisa descritiva, onde a coleta de dados realizada se deu através do instrumento de avaliação de qualidade de vida – World Healthy Organization Quality of Life Instrument Bref (WHOQOL-bref) - da Organização Mundial da Saúde, associado ao questionário de variáveis sociodemográficas. O WHOQOL-bref já encontra-se amplamente validado, apresentando boa consistência interna, validade discriminante, validade concorrente, validade de conteúdo, confiabilidade teste-reteste, e boa consistência interna medida pelo coeficiente a de Cronbach. A amostra foi estabelecida com 182 profissionais da saúde nas funções de médicos, enfermeiros, auxiliar de enfermagem e técnico de enfermagem. A análise dos dados envolveu a aplicação de métodos estatísticos clássicos: análise exploratória de dados e inferência estatística, em particular, os testes de hipóteses de Mann-Whitney e Kruskal Wallis. A amostra pesquisada é predominantemente do sexo feminino, e de meia idade. O domínio psicológico foi o melhor avaliado. Por sua vez, o domínio meio ambiente destacou-se negativamente entre os demais. A faceta melhor avaliada foi a que pesquisou a respeito da “espiritualidade, religião e crenças pessoais”, enquanto a faceta com pior desempenho foi a “ambiente físico”. Quando avaliamos o perfil de QVT dos servidores das duas instituições hospitalares foi evidenciada diferença estatística significativa somente no domínio relações sociais, onde a MEAC apresentou médias mais elevadas do que o HUWC. Com os achados encontrados, sugere-se o foco na implantação de programas de QVT relacionados com o meio ambiente. Projetos que visem à melhoria das instalações físicas do complexo hospitalar seriam os mais urgentes de acordo com a avaliação encontrada.
Descrição: TEIXEIRA, Marcelo Pinheiro. Avaliação da qualidade de vida no trabalho dos servidores da saúde do complexo hospitalar da UFC. 2016. 96f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16433
Aparece nas coleções:POLEDUC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_mpteixeira.pdf1,52 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.