Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16489
Título: A Construção de cenários hidrológicos como ferramenta para solução de conflitos: o caso da bacia do Rio Poti
Título em inglês: The construction of hydrological scenarios as a tool for conflict resolution: the case of the river basin Poti
Autor(es): Correia, Carolina de Alcântara
Orientador(es): Studart, Ticiana Marinho de Carvalho
Palavras-chave: Recursos hídricos
Bacias hidrográficas
Reservatórios
Saneamento ambiental
Saúde ambiental
Evaporação
Data do documento: 9-Jun-2006
Citação: CORREIA, C. A. (2006)
Resumo: A água, ao longo da História, demonstrou ser insumo básico ao desenvolvimento das sociedades. Considerado um bem finito e provido de valor econômico, a água, quando escassa, pode levar a uma série de disputas. Esses conflitos são comuns em bacias compartilhadas entre dois ou mais estados. No mundo, os conflitos em bacias internacionais, são geralmente solucionados por meio de Tratados Internacionais. Neste trabalho, procurou-se estudar um caso de bacia compartilhada entre dois estados brasileiros, o Ceará e o Piauí. Trata-se da bacia do Rio Poti. Esta se encontra inserida, em sua maior parte, no clima semi-árido. E ambos os estados, buscando atender suas demandas e promover o desenvolvimento sócio-econômico da região, projetaram novos barramentos para a bacia. O Açude Castelo do Piauí com 2.636,9 hm³, a ser construído no município homônimo, encontra-se a jusante dos três reservatórios previstos para o Ceará. São eles o Fronteiras, o Inhuçu e o Lontras com capacidade de 991,70 hm³, 320,86 hm³ e 134,70 hm³, respectivamente. Como já se encontram em operação no Ceará oito reservatórios a montante da seção de controle do Castelo do Piauí, três questões se colocam – (1) como se comportará o sistema ao ser acrescido de mais quatro reservatórios na bacia?; (2) que capacidades máximas devem ser adotadas, para que os projetos sejam bem dimensionados? e (3) qual a configuração do sistema que representa a distribuição de água mais justa e eqüitativa possível? Procurou-se responder a esses questionamentos através da formulação de diversos cenários hidrológicos que foram simulados para análise do desempenho do sistema e dos reservatórios individualmente e da apresentação de sugestões que se configuraram nas melhores opções em termos de eficiência hídrica diante dos critérios de eqüidade apresentados.
Abstract: Water, throughout history, has proved to be a basic input to the development of societies. Considered a very finite and provided with economic value to water when scarce, can lead to a series of disputes. These conflicts are common in basins shared between two or more states. In the world, the conflicts in international basins are usually solved through international treaties. In this work, we tried to study a case of shared basin between two Brazilian states, Ceara and Piaui. It is of the Poti River basin. This is inserted, mostly in semi-arid climate. And both states, seeking to meet their demands and promote socio-economic development of the region, designed new buses for the basin. The weir Castelo do Piauí with 2636.9 hm³, to be built in the homonymous municipality, is downstream of the three reservoirs planned for Ceara. They are the borders, the Inhuçu and Otters with a capacity of 991.70 hm³, 320.86 and 134.70 hm³ hm³ respectively. As already in operation in eight Ceara reservoirs upstream of Castelo do Piauí control section, three questions arise - (1) how will behave the system to be increased by four reservoirs in the basin ?; (2) maximum capacity should be taken so that the projects are well sized? and (3) which the system configuration is the fairer distribution of water and equitable as possible? He sought to answer these questions through the formulation of various hydrological scenarios were simulated for system performance analysis and reservoirs individually and make suggestions that were configured in the best options in terms of water efficiency before presented equity criteria.
Descrição: CORREIA, C. A. A Construção de cenários hidrológicos como ferramenta para solução de conflitos: o caso da bacia do Rio Poti. 2006. 120 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Recursos Hídricos) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16489
Aparece nas coleções:DEHA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_dis_cacorreia.pdf2,6 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.