Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1661
Título: Redução do óxido de trimetilamina por bactérias
Autor(es): Araújo, Genésio Alves de
Vieira, Gustavo Hitzschky Fernandes
Telles, Francisco José Siqueira
Vieira, Regine Helena Silva dos Fernandes
Palavras-chave: Reação de Oxidação - Redução
Data do documento: 1975
Editor: Arquivos de Ciências do Mar
Citação: ARAUJO, G. A. de.; VIEIRA, G. H. F.; TELLES, F.J. S.; VIEIRA, R. H. S. dos F. ( 1975)
Resumo: O óxido de trimetilamina (TMAO) é uma nitrogenada encontrada em peixes marinhos, bem como em vários grupos de invertebrados, especialmente moluscos e crustáceos (Delaunay, 1967). Sabe-se que a redução do TMAO produz trimetilamina (TMA), sendo este último composto utilizado como indicador da decomposição do tecido muscular, na maioria dos animais marinhos. A qualidade dos filés de peixes tem sido estimada pela quantidade de TMA detectada (Castell et al, 1974). Nos peixes, a formação de TMA a partir de TMAO é atribuída à ação de bactérias (Listem et al., 1968), ou de enzimas encontradas nos cecos pilóricos (Amano & Yamada, 1964). Liston et al (1968) indicam a enzima triaminase como responsável pela redução de TMAO a TMA, causada por bactérias, principalmente as do gênero Pseudomonas (Migula). Entretanto, continua discutível a relação entre a produção de TMA e a deterioração bacteriana do pescado (Laycock & Begier, 1971). Poucos estudos foram feitos para demonstrar a transformação do TMAO em TMA, por seção das bactérias. Os métodos para medir a formação de TMA, a partir da reação entre TMAO e bactérias (meio de Wood & Baird in Wilson & Miles, 1966), preconizam um tempo de reação de quatro dias. O presente trabalho objetiva diminuir este tempo da reação envolvendo TMAO e bactérias, estuda algumas das suas propriedades, e testa a eficiência de bactérias, para a produção de TMA a partir de TMAO.
Descrição: ARAÚJO, Genésio Alves de et al. Redução do óxido de trimetilamina por bactérias. Arquivos de Ciências do Mar. Fortaleza, v. 15, n.2, p. 101-103, dez. 1975.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1661
Aparece nas coleções:LABOMAR - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1975_art_gaaraujo.pdf203,2 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.