Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16718
Título: Mucuripe:verticalização, mutações e resistências no espaço habitado
Título em inglês: Mucuripe: verticalization, mutations and resistências in the inhabited space
Autor(es): Ramos, Lidiane da Costa
Orientador(es): Souza, Maria Salete de
Palavras-chave: Solo - Uso Fortaleza (Ceará)
Urbanização
exclusão social
Ground - use Fortaleza (Ceará)
urbanization
social exclusion
Data do documento: 2003
Citação: RAMOS, L. C. (2003)
Resumo: O Mucuripe, um dos bairros mais antigos de Fortaleza, vem passando por um processo de renovação urbana do qual a população de baixa renda é excluída. O bairro, conhecido por sua forte tradição pesqueira, vem sendo descaracterizado ao longo dos anos em razão da grande especulação imobiliária nessa área da cidade, que, ao remover a população de origem, fragmenta as relações sociais, pondo em risco a identidade do lugar. A remoção dos moradores de baixa renda, dentre eles os pescadores, é um processo antigo no Mucuripe, o que provoca conflitos de uso e movimentos de resistência. Mas, foi com a verticalização, produto da especulação imobiliária no bairro, que os conflitos se tornaram mais intensos. Com efeito, o objetivo central desse estudo é compreender o processo de produção e apropriação do Mucuripe, ante a crescente verticalização da área. Para a compreensão desse processo, fez-se necessária a busca de um referencial teórico-conceitual capaz de proporcionar uma abordagem interdisciplinar. Também foi de fundamental importância a análise do material cartográfico com informações sobre a renda por domicílio, a densidade demográfica, o número de apartamentos no bairro e a identificação dos edifícios no Mucuripe, com a finalidade de demonstrar a concentração espacial da verticalização. O material cartográfico, por sua vez, proporciona uma noção de temporalidade, ao mostrar as transformações ocorridas nesse espaço ao nível da paisagem. A verticalização no Mucuripe revela forte segregação sócio-espacial, e tem contribuído para o agravamento das questões ambientais no bairro. O Edifício Caravelle, construído na encosta do morro do Teixeira, a poluição do riacho Maceió e a precária condição de vida das populações que habitam em áreas de risco no Mucuripe, demonstram o nível de degradação ambiental nesse bairro. Entendemos que a verticalização no Mucuripe, faz parte de um processo global de produção das cidades, de um projeto modernizador, em que, ao se tornar mais “moderna”, a cidade torna-se mais excludente.
Abstract: Mucuripe, one of the most ancient boroughs of Fortaleza is undergoing a process of urban reform in which the poor part of the population is being excluded. This borough is famous for its strong fishing tradition and it is loosing its characteristic as time goes by, due to the great property speculation in this area of the city, in which we can see that when they relocate people from their social area they fragment the social relationships, thus risking the identity of the place. In removing the poor people, as well as the fishermen, who are part of the ancient process of Mucuripe, provokes conflicts and resistance of the people. But with the verticalization, which is a product of property speculation in this borough, the conflict became more intense and the main goal of the study is to understand the process of production and appropriation of Mucuripe before the crescent verticalization of this area. And to understand this process it was necessary the seach of a theoretical-countersign concept able to provide a approach intersubjective. It was also worth the analyses of the cartographic material which information about the income of each property, as well as the population density and the numbers of apartment in the borough and the identification of the Mucuripe´s buildings, which the purpose of demonstrating a space concentration of this verticalization. The cartographyc material, on the other hand provides a notion of time, by showing the transformation in this space at the level of lansdcape. The verticalization of Mucuripe reveals a strong socialspecial segregation and it has contributed to aggravation of the problem of the environmental situation of this borough, The Caravelle building, which was built on the edge of the Teixeira´s hill, while the population of the Maceió´s brook demonstrated the terrible conditions of life of the population that lived in risky areas in Mucuripe demonstrating the enviromental degradation in this borough. We see verticalization in Mucuripe as part of a global process of production in the cities of a modern project, in which as turning into a more “modern city”, it also becomes more excluding.
Descrição: RAMOS, Lidiane da Costa. Mucuripe:verticalização, mutações e resistências no espaço habitado. 2003. 147 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente, Fortaleza-CE, 2003.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16718
Aparece nas coleções:PRODEMA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2003_dis_lcramos.pdf4,06 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.