Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16719
Título: O entorno do parque nacional de Ubajara-Ce: caracterização socioambiental do Distritto de Araticum
Título em inglês: Entorno of the national park of Ubajara-Ce: socioambiental characterization of the District of Araticum
Autor(es): Araújo, Vilma Terezinha de
Orientador(es): Dantas, Eustógio Wanderley Correia
Palavras-chave: Meio ambiente
desenvolvimento rural
ecologia
Environment
agricultural development
ecology
Data do documento: 2008
Citação: ARAUJO, V. T. (2008)
Resumo: Neste trabalho investiga-se a relação existente entre a comunidade de Araticum e o Parque Nacional de Ubajara (PNU), como também as mudanças acontecidas na vida dos moradores desde sua implantação, em 1959. A investigação foi desenvolvida através de pesquisa bibliográfica e empírica. Os depoimentos orais foram coletados no período julho de 2002 a janeiro de 2003 e envolveram representantes de diversos segmentos da população de Araticum fornecendo elementos para a compreensão da problemática e dos conflitos gerados no Distrito. Com a criação do PNU, a maior parte das 133 famílias que moravam na área mudaram-se para Araticum. Algumas delas receberam indenização, compraram terrenos e construíram suas casas, enquanto outras passaram a viver e trabalhar nas terras de terceiros. Parte considerável dos moradores do Distrito vive da agricultura de subsistência e da aposentadoria dos mais velhos. Dessa forma, a falta de alternativas econômicas adequadas à realidade local contribuiu para o empobrecimento da população, pois as atividades extrativas vegetais e minerais, são consideradas ilegais ou irregulares, se não estiverem devidamente licenciadas. A pesquisa verifica que mesmo após 45 anos de criação dessa unidade de conservação, ainda não há integração entre os processos humanos e naturais, e isso contribui para aumentar a degradação e empobrecimento das terras no seu entorno. Assim, em função do conhecimento e percepções da população de Araticum, conclui-se que, apesar do PNU ser considerado um centro de referencia nacional em termos de infra-estrutura de apoio ao turismo e pesquisa, não influenciou positivamente no desenvolvimento de Araticum. De acordo com depoimentos de habitantes da comunidade, durante o processo de instalação do PNU não foi dada atenção às suas necessidades e aspirações, à sua história, sentimentos e condutas. Nessa perspectiva, a presente pesquisa vem discutir a forma como a natureza está sendo preservada no Parque Nacional de Ubajara, transformando-o em ilha, enquanto no seu redor observa-se uma subexploração dos recursos naturais, principalmente pela população que antes habitava a área transformada em Parque. Desta forma fica claro que a criação de unidades de conservação é uma necessidade para a preservação dos recursos naturais ainda existentes, mas também é um assunto complexo que nos estimula a discutir e avaliar sua forma de criação.
Abstract: The aim of this work is to investigate the relationship between the Araticum Town and the National Park of Ubajara (NPU), as well as the changes occurred on the local community way of life since its implantation, in 1959. The study was carried out by both bibliographic and empirical research. Oral interviews were made between July/2002 and January/2003 and included representative members from several levels of the Araticum people, which gave information about the problems and the conflicts generated in the district. As the NPU was created, most of the 133 families that lived in the area had to move to Araticum. Some of them received some money, bought a piece of land and built their houses, whilst others started to live and work as employees. A great part of the locals survives from familiar agriculture and economic resources from the retirement of the elders. The lack of economic alternatives adequate to the local reality has contributed for the impoverishment of the people, as both vegetal and mineral extractive activities are illegal or irregular if not properly licensed. This research also found out that, after 45 years of implantation, there is no integration between human and natural processes, being a factor that leads to an increase of the degradation and impoverishment of the surrounding lands. Based on the knowledge and on the perception taken from the people of Araticum, we conclude that, despite of the NPU be considered a national reference in terms of structure of tourism and research, this fact did not influence positively its development. According to interviews with local habitants, during the NPU installation process any attention was given in respect to their necessities and aspirations, to their history, to their feelings and to their way of life. From this perspective, the current research discuss the way by which nature is being preserved in the NPU, making an island of it, while in the surroundings one can observe a sub exploration of the natural resources, particularly by the population that used to live in the area. It is clear, then, that the creation of conservation units is a necessity for the preservation of natural resources, but is also a complex subject, which deserves a better discussion and evaluation.
Descrição: ARAUJO, Vilma Terezinha de. O entorno do parque nacional de Ubajara-Ce: caracterização socioambiental do Distritto de Araticum, Fortaleza – CE, 2008. 128 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós –Graduação, PRODEMA - Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente, Fortaleza-CE, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16719
Aparece nas coleções:PRODEMA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_vtaraujo.pdf1,57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.